1. Spirit Fanfics >
  2. A mãe misteriosa >
  3. O que eu faço?

História A mãe misteriosa - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O que eu faço?


Fanfic / Fanfiction A mãe misteriosa - Capítulo 5 - O que eu faço?

9 de Setembro de 1987 após as aulas Laura estava caminhando pelos corredores com suas amigas, enquanto Molly e Bernadette andavam próximas dali conversando.

- Eu vi como olhava para Laura hoje, parece que está se apaixonando mesmo.

Diz Molly.

- Ela olhou de volta e sorriu para mim, aos poucos eu vou conseguindo mais proximidade.

Diz Bernadette.

- (E agora? As duas gostam da mesma garota).

- Estou até achando que ela gosta de você também.

Diz Molly.

- Você acha?

Diz Bernadette.

- Se ela sorriu de volta, deve ser porque ela está te achando mais amigável.

Diz Molly.

- Eu espero que sim, mas acho estranha a forma que Beatrice olhou para Laura.

Diz Bernadette.

Beatrice aparece atrás das duas.

- Sobre o que estão conversando?

Diz Beatrice colocando a mão nos ombros das duas.

- Sobre Laura.

Diz Bernadette.

- Vamos falar sobre outra coisa, por favor.

Diz Molly.

- Por quê? A conversa estava tão interessante.

Diz Bernadette.

- Interessante em que sentido.

Diz Beatrice.

- (Mas que droga, eu não posso deixar que nenhuma saiba de nada. O que eu faço).

Molly tropeça caindo de cara no chão.

- Molly!

Dizem as duas preocupadas.

Molly se levanta.

- Eu estou bem apenas tropecei em uma pedra.

Diz Molly.

- Mas estamos no piso.

Diz Bernadette.

- Eu perdi o equilíbrio, foi isso só não queria passar vergonha andando desajeitada.

Diz Molly.

- Está bem, Bernadette se importa se eu falar com Molly um assunto mais particular?

Diz Beatrice.

- Tudo bem, podem conversar eu encontro vocês no nosso quarto.

Diz Bernadette.

Bernadette começa a andar em direção ao seu quarto e se depara com o trio da equipe vermelha, Rosemary e April empurram Laura até Bernadette que acaba tropeçando caindo com a mão em cima dos seios da Cavendish.

- Me desculpa.

Diz Laura corada tirando a mão dos peitos de Bernadette.

- Tudo bem foi um acidente.

Diz Bernadette.

- E vocês duas vão se ver comigo.

Diz Laura olhando para trás.

- Seus cabelo é tão macio.

Diz Bernadette pegando no cabelo de Laura.

- Obrigada.

Diz Laura.

Laura se levanta e os peitos das duas se esfregam fazendo a camisa de Laura desabotoar.

- (São enormes, ela tem marquinhas nos peitos também, que fofa).

Bernadette vira o rosto quando Laura olha para ela abotoando a camisa.

- É difícil não olhar, eu entendo, não precisa ficar com vergonha.

Diz Laura.

Enquanto isso nos corredores Molly e Beatrice conversam.

- Já pensou em um plano para trazer Laura para o nosso quarto?

Diz Beatrice.

- Não é melhor pensar em outro plano, isso pode dar em um problema maior Bea, Laura pode não querer você.

Diz Molly.

- Ela tem que querer, eu tenho isso.

Diz Beatrice.

- Uma abelha cupido?

Diz Molly.

- Ela não vai resistir a mim desse jeito.

Diz Beatrice.

- Mas isso é errado.

Diz Molly.

- Vai me ajudar ou não? Prometo te dar algo em troca.

Diz Beatrice.

- Está bem, eu vou ajudar.

Diz Molly.

- (Eu não tenho escolha, espero que Bernadette me ajude nisso).

- Então chame Laura para o quarto da nossa equipe.

Diz Beatice.

Enquanto isso Bernadette e Laura seguem caminhos diferentes.

- Porque não conversou com Bernadette?

Diz Rosemary.

- Eu não consegui, não sei o que aconteceu na hora, parece que não tive forças.

Diz Laura.

- Temos uma apaixonadinha por aqui.

Diz Rosemay.

Molly vai andando em direção ao quarto da equipe vermelha, enquanto Bernadette chega ao quarto da equipe azul e nota um cheiro estranho, Beatrice estava tomando banho.

- O que é isso? Porque velas aromáticas? Isso é estranho.

Diz Bernadette.

Bernadette entra em seu quarto e fica olhando para o teto refletindo.

- (Porque eu não falei nada? Laura é tão fofa, a fofura dela me deixou sem palavras).

Molly chega ao quarto da equipe vermelha batendo na porta, as meninas estavam jogando videogame e Laura tinha acabado de perder.

- Finalmente! É impossível ganhar de você Laura.

Diz Rosemary.

- Que nada, eu ainda estou um pouco enferrujada, faz um tempo que não jogo. Vou ver quem é.

Diz Laura.

Laura chega a porta e nota que é Molly.

- Ah é você Molly Lancaster, o que veio fazer aqui?

Diz Laura.

- Por favor, venha para o quarto da nossa equipe, Beatrice quer pedir desculpas.

Diz Molly.

- Você parece um pouco tensa, Beatrice está te intimidando?

Diz Laura.

- Não é nada disso, apenas venha comigo.

Diz Molly.

- Olha se for alguma armadilha da sua amiguinha saiba que eu não vou ficar sem fazer nada, eu sei me defender.

Diz Laura.

Molly coloca a mão nos ombros de Laura e respira fundo.

- Laura, eu sei que não gosta nada de Beatrice ou de mim, mas, por favor, venha conversar com ela.

Diz Molly.

- Eu vou, não precisa implorar.

Diz Laura.

Laura chega na porta da equipe azul, mas ao tocar na maçaneta, Molly segura sua mão.

- Você não quer que eu entre agora?

Diz Laura.

- Espere um pouco Laura.

Diz Molly.

- Você está esquisita garota.

Diz Laura abrindo a porta.

Ao entrar Laura se depara com Beatrice sentada sensualmente de roupão no sofá.

- Olá Laura McLaren.

Diz Beatrice.

- Mas que porra é essa?

Diz Laura.

- Me desculpe por esse olho roxo, mas ele pode sumir se eu abrir meu roupão assim.

Diz Beatrice ameaçando abrir o roupão.

Bernadette abre a porta do quarto dela e vai correndo até as meninas.

- Que historia é essa Beatrice England!

Diz Bernadette furiosa.

- Ah olá Bernadette, o que foi? Eu estou apenas tendo um momento aqui com Laura McLaren.

Diz Beatrice.

- Um momento? Vestida apenas com um roupão?

Diz Bernadette.

- Que droga eu não consegui evitar que as duas descobrissem.

Diz Molly.

- Descobrir o que?

Diz Laura.

- Laura McLaren, eu estou me sentindo atraída por você.

Diz Beatrice.

- Atraida? Só se for a sua mão deixando meu olho roxo.

Diz Laura.

- Como assim atraída por Laura McLaren?

Diz Bernadette.

- Olha só o que está perdendo Laura.

Diz Beatrice abrindo o roupão.

- Para com isso, por favor, é grotesco.

Diz Laura virando o rosto.

- Você não é lésbica?

Diz Beatrice.

- Eu sou, mas não gosto de você Beatrice.

Diz Laura.

- Eu já me desculpei pelo que fiz, prometo ser mais gentil daqui para frente.

Diz Beatrice.

Beatrice mexe o seu dedo e Laura sente uma picada em sua coxa.

- Ei tira a mão daí...

Diz Laura.

Laura perde o equilíbrio e enquanto abria o olho, Bernadette foi correndo até ela.

- Ei Bernadette não atrapalhe o meu plano.

Diz Beatrice.

See you, lover witches.

Molly Lancaster: Irmã do namorado de Rosemary, Molly é uma garota doce e muito obediente, sendo que faz de tudo para ver as suas amigas se sentirem melhor, ela é apaixonada por Beatrice, tem longos cabelos castanhos, olhos azuis, usa óculos, tem 1,56m de altura, 52 kg e nasceu em 14 de Março de 1972.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...