História A mais sádica prova de amor - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Mudança não tão boa!


Fanfic / Fanfiction A mais sádica prova de amor - Capítulo 2 - Mudança não tão boa!

Namjoon ~

Saber que meu paciente não dorme me preocupa... Yoongi aparenta ser tão calmo, tão... Normal. Mas pra falar a verdade tem a mente mais louca que já ousei conhecer.

O que vou falar agora pode parecer loucura( o que é loucura) mas eu tenho um sentimento pelo meu sádico e conturbado paciente, mesmo sabendo de todos os ricos possíveis, eu o amo. Sim isso mesmo, eu amo uma pessoa psicopata e masoquista!

Mas eu não vou sustentar esse amor! Eu não posso, sei que o que meu paciente fala sentir é só ilusão, uma coisa da sua cabeça. Psicopatas não amam! Ele só fingi me amar...

Então o idiota sou eu que... Mesmo sabendo de tudo, tem um enorme sentimento por ele. Todos os seus semblantes sádicos, de certa forma são lindos!

Seus cabelos negros e andulados, seus lábios delicados, seu sorriso gengival, sua pele pálida, suas íris castanhas ... Tudo nele é extremamente lindo, sendo sádico, masoquista ou psicopata! Seu jeitinho me quebra!

Jm- oie - sou tirado dos meus pensamentos pelo meu amigo Jimin, ele me ajuda muito! Ele sabe de tudo sobre o que eu sinto. Ele é confiável

N- oi

Jm- como tá indo?

N- na mesma, e eu espero que continue assim

Jm- se você tá falando... - logo ele se tira entrando na sala do seu paciente

Yoongi~

Assim que meu médico saiu, eu cospi todos os comprimidos que ele havia me dado... Não preciso de remédios, eu preciso dele!

Como meu amado médico havia me pedido pra descansar! Me deitei na cama com lençóis e fronhas brancas, fitando o teto também branco, e depois de alguns segundos entrei no incociente

[...]

Meia hora exata se passou. Assim que o despertador (que eu tinha colocado) despertou meus olhos se abriram num susto, rapidamente me a levantando da cama. Foi muito rápido, junto com o meu susto peguei o despertador e o joguei na parede ao lado da porta! O fazendo se desmanchar. Mas algo que eu não havia pervebido era que Namjoon estava na porta, encolhido pelo susto ao ouvir o objeto contra a parede

N- Y-Yoongi??

Sg- sim hyung?

N- tudo bem?

Sg- claro, por que não?

Percebi que seus olhos foram direcionados ao chão, ou melhor aos meus comprimidos que cuspi antes

N- você não tomou os remédios Yoongi?

O puxei pelo braço até ele estar totalmente dentro do quarto, e em seguida fechei a porta a fazendo bater com força

N- responde!

Sg- se você viu os remédios no chão por que insiste em perguntar? - minha voz suou ameaçadora

N- por que você tá assim? Nunca falou assim comigo

Não evitei de soltar uma gargalhada gostosa, o que fez os olhos dos meus se arregalarem ao ouvir

Sg- estres...Só isso

N- eu ainda não sei como eu consigo gostar de você, sádico! - sua voz era ofensiva

Sg- kkkk! Sou mesmo

Sg- adoro seu sorriso hyung

N- que tal me me fazer sorrir ainda mais? - sabia que ele estava jogando com a minha cabeça

Sg- claro... O que eu devo fazer hyung? - entrei em seu fogo

N- tomar os remédios...

Sg- não! Sem chance!

N- Então eu não vou mais falar com você pelo resto do dia! - falou manhoso

Sg- ótimo! A porta está bem ali...

N- Yoonie!! - falou meio manhoso, o que me irritou por sinal

Sg- eu já falei que não!

Nam~

Um silêncio desconfortável se estalou entre nós.

Resolvi fazer algo, não gosto desse clima entre a gente. Então eu me sente na cama de casal que se encontrava perto a parede e dei leves batidas no colchão para o mesmo se sentar.

Ele assim o fez se sentando ao meu lado com o olhar parado em qualquer lugar do quarto, eu já havia me acostumado com isso, ele fazia o ato sem mesmo perceber que estava o fazendo. Eu sei confuso

Sem pensar muito o abraçei, o ouvindo suspirar e também me abraçar, tê-lo em meus braços é muito bom

Sg- posso te fazer uma pergunta hyung?

N- claro! Pode falar...

Sg- você fugiria comigo pra bem longe daqui... Pra viver uma vida de verdade! Sem remédios, tratamentos, ou reuniões?

Eu não sabia o que responder, então pensei um pouco antes de falar

N- eu gostaria... Mas você eu sabemos que não dá... Não podemos Yoonie! Mas eu queria muito!

Sg- o que nos empede?

N-... Muitas coisas meu Yoonie... Muitas coisas - deu um beijo demorado no topo da sua cabeça, o sentindo apertar mais o abraço

Sg- eu te amo

Isso me rasgou por dentro! Parece ser tão verdadeiro, mas não passa de um mero teatro... Suas doces palavras acabam com o meu psicológico

N- eu também te amo... Muito!

Acabamos nos deitando na grande cama, Yoonie logo adormeceu em meus braços me deichando satisfeito por ele estar confortável... Eu por outro lado não consegui dormir.

Então eu simplesmente relaxei, descansei os olhos por algum tempo... E deixei o tempo passar

[...]

Ficamos ali em cerca de três a quatro horas... Ja era tarde, não mais manhã.

Aos poços ouvi meu pacinte resmungar

Sg- hum, hyung?

N- sim?

Ele logo se sentou na cama e esfregou os olhos

Sg- a quanto tempo eu dormi?

N- algumas horas, não sei exatamente quanto tempo...

Sg- hum... - algo nele me assustou de certa forma... Seu semblante está medonho! Assustador!

N- t-tudo b-bem Yoonie?

Sg- sim... Por que Nam? Algo de errado?

N- não! Eu só queria saber, eu tenho uma reunião, preciso ir...

Sg- vai voltar?

N- claro! - me a levantei e lhe dei um pequeno selar no topo da sua cabeça - até daqui a pouco

Ao sair do quarto fui logo na sala da reunião, que por sinal já estava acontecendo.

Yoongi ~

Algo em mim está estranho! Eu me sinto... Confuso! Estou disposto a cometer loucuras! Minha cabeça está girando e eu estou ficando fora de mim!... O que tá acontecendo?

Me sinto louco!! ( até que é boa a sensação). Por algum motivo que eu não sei, resolvo me entregar a essa sensação!

Me sento livre... Me sento capaz de fazer qualquer coisa... Me sento eu mesmo!

Isso é muito satisfatório! Então em meio ao meu surto resolvo sair um pouco do meu quarto e tomar um ar no belo jardim que fica atrás da grande e velha clínica

Dentre alguns minutos eu ja me encontro no local. É estranho como eu me sinto bem nesse lugar. Não na clínica em si, mas sim no jardim composto de rosas vermelhas acompanhadas de belos espinhos.

Esse foi o primeiro lugar onde o Namjoon me trouxe assim que eu fim pra cá. Foi a nossa primeira "consulta". Esse lugar é muito especial pra mim.

Então como eu não tinha nada pra fazer, me sentei em meio as rosas e as encarei... Sua coloração mexe comigo de um jeito que eu não sei explicar, é como se seu vermelho sangue me conforta-se

Nam~

A reunião em si estava meio chata. Mas quando o superior ( sp ) falou que iria trocar alguns médicos pra outros pacientes eu fiquei meio preocupado, mas sabia que não iriam fazer isso comigo ( ou eu pensava nisso)

Sp- então o sr. Jimin fica com o o Tae-Yang, o sr. Jungkook fica com o Yoongi, e por último, o sr. Namjoon fica com o Kwan

Eu não podia estar ouvindo isso! Eu não seria mais o médico do Yoonie?!

Sp- bom era só isso, podem se retirar

Sem esperar muito sai daquela sala e me direcionei ao meu dormitório que dividia com Jimin.

Eu estava com medo do que Yoongi poderia fazer com Jungkook, eu realmente tenho muito medo do que ele possa fazer!

Fui tirado dos meus pensamentos por Jimin que acaba de entrar no quarto

Jm- tudo bem aí?

N- não! Não tá nada bem!

Jm- é por causa do Yoongi né?

N- você já pensou no que ele pode fazer com o Jungkook! Ele pode, sla! Mata ele!

Jm- que desperdício! Ele é tão sexy!

N- JIMIN!!

Jm- desculpa, me destrai. Mas pensa pelo lado bom, você se livrou dele!

N- mas eu nunca quis me afastar dele! Eu o amo tanto!

Jm- calma! Pelo...

N- para de tentar falar um lado bom! NÃO TEM UM LADO BOM NESSA PORRA!!

Ficamos em silêncio por longos minutos - desculpa Minnie... Eu tô nervoso!

Jm- tudo bem, eu também não estava ajudando muito

N- eu... Eu vou tomar um ar! - me a levanto e saio me dirigindo ao jardim que fica atrás da cínica.

Ao chegar me surpreendendo com a cena: Yoongi estava entre as rosas, porém com vários cortes pelo seu corpo e em especial sua mão está toda ensanguentada.

N- Yoonie?

Tive seus olhos voltados pra mim, em seus lábios um sorriso medonho

Sg- oie Nam? Já voltou? - senti o desespero me evadir

N- o que faz aqui? - estava com certo medo da sua resposta

Sg- por que você tem tanto medo de mim? - falou com seu tradicional olhar parado - Eu não sei o que eu fiz pra você sentir tanto medo de mim.

N- eu não tenho medo de você - menti - só me... Surpriendo com você

Sg- hum, interessante

N- por que está sujo de sangue?

Sg- foram as rosas, com seus espinhos - ele falou de jeito tão doce que quase derreti, mas manti minha postura

N- sai logo daí! E vem me dar um abraço

O mesmo sorri doce ao ouvir minhas palavras, mas logo vei me dando um abraço forte!

Sg- eu te amo!

N- e-eu também te amo!

Sg- você hesitou! - falou desfazendo o abraço

N- não eu não hesitei

Sg- por que é tão difícil pra você falar que me ama? Eu não entendo!

N- eu te amo! E não é difícil falar isso, eu só estou cansado de... Desse lugar

Sg- então fóge comigo!

N- eu não sei Yoonie... Preciso pensar

Sg- leve o tempo que for necessário

N- tah... Mas agora vamos entrar, eu vou limpar esses seus machucados... Sádico do caralho!

Sg- kkkk!!!

Não evitei e ri junto a ele, sua risada é muito gostosa

Continua? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...