História A maldiçao do time 7 - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusara, Drama, Romance
Visualizações 195
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O sengundo Cap se passa dois anos depois de o Boruto virar um Nukenin e ao longo dos capítulos ele vai mostrando o que aconteceu e os motivos além de mortes bem serias como a de hoje kkkk. Espero que gostem Boa leittura kkk.

Capítulo 2 - Areia em luto.


Já faziam exatamente dois anos que eu havia virado um nukenin classe Kage um dos mais procurados de Konoha e as vezes eu me pego na clássica pergunta " O que eu fiz " e então eu lembro. O genocídio do clã Hyuuga e a destruição de parte de Konoha me trouxe até aqui, me levou para o que há de mais sujo e que eu mais repudio a Kara.
-Bolt, temos uma missão. - falou Kawaki.
-Hm, o que seria ?. - perguntei ainda meditando.
-Faremos o assassinato do Kazekage. - Disse ele. - assim que estiver pronto... - O interrompi.
-Vamos.
   Kawaki é meu parceiro na cara aquele que está ao meu lado, temos filosofias diferente e princípios mais ainda e mesmo assim há um respeito muito grande entre ambas as partes. Kawaki na maior parte do tempo tenta entender meu pensamento sobre mortes necessária e desnecessária e ele sabia que para mim a morte de Gaara o Kazekage da areia era totalmente desnecessário afinal diga-me qual crime ele cometeu ?. Kara acha que no futuro quando os outsutsukis voltarem os Kages atuais e as Bijus seriam um empecilho para o reinado e a soberania dos mesmos e nós deveríamos limpar o terreno para a grande volta. Eu estou pouco me fodendo para eles, acabarei com eles do mesmo jeito.
-Sua mão treme, ainda é sobre seu clã ?. - Perguntou.
  Ele estava certo, minha mão antes daquela noite nunca tremeu e foi assim até o último membro a minha mãe.
-Sim.
   Havíamos chegado a Suna graças ao meu jõgan, além de poder ir para outras dimensões posso realizar também idas a esses lugares gastando menos chakra que o Rinegan de Sasuke. Kawai olhou ao redor procurando sentir o chakra do Kazekage e em um piscar de olhos sumiu me fazendo o seguir, estávamos dentro de seu escritório e dentro havia vários ninjas uns 7 todos na guarda de Gaara. Retirei um pergaminho rapidamente e realizei posições de mão e sussurrei.
-Estilo água: Jutsu prisão.
  Todos os 7 estavam presos em poças de água e ouço Gaara falar.
-Incrível eu nem sequer vi você retirar o pergaminho ou falar algo. - Ele estava serio e de braços cruzados como sempre.
-Desculpe mas chegou sua hora Kazekage. - Falou Kawaki ativando sua marca e apontando seu cajado.
-Ainda não. - Sorriu.
  Os vidros da janela quebraram revelando meus antigos parceiros de equipe, agora anbus de elite. Um sorriso de cato brotou em meus lábios já que fazia tempo que eu não os via.
-Uzumaki Boruto, Kawaki eu recomendo vocês se renderem e ir sob custódia para Konoha agora, caso resistam nos vamos ter que mata-los. - Disse Sarada firme.
  Ela estava linda seus cabelos longos e suas curvas a fazia parecer uma verdadeira princesa, mas diferente das comuns ela é mortal.
-Mata-los é uma palavra forte não Sarada. - Disse.
-Para alguém que assassinou todo o Clã Hyuuga e ainda sua própria mãe essa palavra é leve. - Disse Mitsuki entre dentes.
  Eu dei um sorriso e então explode a prisão de água todos ali já estavam apagados.
-Pensei que havia matado eles. - Disse Kawaki.
-Sem mortes desnecessárias vamos fazer o que viemos fazer e ir embora. - Disse fechando o olho.
  Sarada e Mitsuki foram com tudo para cima de nos dois, a areia de Gaara também vinha ao ataque. Kawaki havia sumido enquanto que eu me esquivava tanto dos ataques de Mitsuki e Sarada como de Gaara que estava mais atrás agindo como um suporte, eu havia dado um sorriso e rapidamente reaparece no teto jogando uma Kunai onde eles estavam e claro que eles se esquivaram. Foi então que tudo parou e eles falaram.
-Eu nem se quer consigo acerta-lo ou então acompanha-lo, é como se ele se tele portasse. - Disse Sarada. - Nem mesmo a areia do Kazekage conseguiu acompanha-lo. - Ela rosnou.
-É claro que não, vocês são tão lentos que eu os acompanho sem ao menos fazer muito esforço. - Disse encostando na parede.
-Não brinca com a gente!. - Vociferou Mitsuki.
-Kawaki. - Sussurrei.
-Jutsu secreto: Prisão de correntes.
   Varias correntes começaram a sair  das paredes e do teto até prender na Kunai que eu havia jogado.
-Essa não funcionou. - Disse Mitsuki sorrindo.
-saiam dai agora. - Gritou Gaara.
-Estilo raio: Jutsu prisão Elétrica.
  Toquei na corrente fazendo com que a Eletricidade fosse nos caminhos em que as correntes estavam, Gaara até que tentou protegê-los com sua areia mais em vão foi tão rápido quanto um piscar de olhos. Sarada e Mitsuki levaram uma descarga leve apenas para apagar mesmo afinal eu não queria mortes desnecessárias.
   Kawaki em um movimento retirou todas as correntes e mando-as em direção a Gaara que estava dentro de uma esfera de areia endurecida com seu Chakara, as correntes nem sequer arranharam. Um mar de areia entrou dentro da sala quase nos acertando e então vários ninjas vieram ao encontro mas Kawaki usou seu estilo vento para manda-los para bem longe.
-Kawaki, cuide dos ninjas. Eu cuido de Gaara. - Falei.
  Kawaki sumiu e finalmente fiquei a sós com ele.
-Sabe que não pode ficar ai o tempo todo não é, uma hora seu Chakra acaba. - Falei.
-O que aconteceu com você ? Você tinha tudo para ser o ninja mais promissor de Konoha aquele podia suceder Naruto como Hokage. - Falou ele.
-Não sou eu quem irá suceder ele, mas Sarada. - falei. - Desculpe Gaara-Sama mas este é o seu fim, Sabe disso, Você tem algo a pedir antes ?. - Havia um pesar em minha voz.
   Um pequeno buraco se fez em sua defesa e então uma carta me foi entregue, era para seu filho na qual tenho um respeito mútuo.
-Essa defesa será meu túmulo. - Sussurrou ele.
   Foi então que peguei a carta e disse tocado a defesa.
-Desculpe Gaara-Sama. Hyõton: 10 estacas de gelos.
   Dez estacas se fizeram no ar e com um movimento do meu dedo todas perfuraram a defesa de Gaara e o acertaram com perfeição. O vento levou a poeira e então Kawaki apareceu.
-Não pensei que fosse resolver isso tão rápido usando Hyõton. - Disse ele.
    Olhei para cima e então Momoshiki falou.
-Você é ótimo sendo mal. - ele batia palmas.
- Vamos Kawaki. - Sussurrei.
   Olhei para Sarada e Mitsuki com um sorriso e então sumi deixando a cara para o filho do Kazekage, ele seria o próximo Kazekage e continuaria com a paz.
    Não precisei fazer tanto esforço hoje e muito menos precisei usar meus Jutsus mais poderosos, Gaara se entregou sem ao menos querer lutar serio e acho que entendo afinal eu acho que ele sabe o que vem por ai.
-O receptáculo esta ficando muito forte junto a você Bolt. - Disse o líder da Kara.
-Sabe que se algo sair fora do controle eu irei intervir sem mais, afinal o plano da Kara não é a destruição. - Falei frio.
-Não o subestimo Bolt, Estamos de acordo mas sou fiel aos Outsutsukis. Caso isso aconteça e eles queiram eu seguirei fiel. - Disse ele.
-Então o sangue que derramarei será justo.
   O olhei frio e fixo e então me retirei daquela sala onde haviam vários membros que sussurravam minha insolência.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostadoo!! Buahayah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...