História A maldiçao do time 7 - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusara, Drama, Romance
Visualizações 199
Palavras 953
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse Cap é uma ponte para o próximo pois o próximo vai ser bem pesado com a morte de vários personagens importantes e o reencontro entre Pai, mestre e aluno hauah Boa leitura!!

Capítulo 3 - Eu nao esqueci de você.


Noite fria
-Boruto... Não leve tudo isso em suas costas.
   Era a voz da mamãe que acordava naquela noite, talvez fosse a segunda vez que ouço sua voz mas eu lembro que é apenas um quase sonho afinal dormir é um privilégio que eu não tenho. Ouvir as vozes de cada inocente que matei naquele dia quase me levou a loucura, batalhar contra o velho e Sasuke-sensei foi mais fácil de levar não ouve tanta conversa apenas sangue, suor e lagrimas.
    Havia saído do meu quarto indo para fora onde a brisa da noite fazia meus cabelos dançar, a lua estava gigante o que me fez lembrar daquela fatídica noite.
   Flashback
   Eu já estava próximo aos portões de Konoha quando Sarada apareceu a minha frente, seu afeição triste e chorosa me fazia sentir um aperto no peito.
-Porque ? Porque fez aquilo. - Disse ela com as lagrimas já caindo.
-Era... Necessário. - Disse sério.
-Não, não era não. Eles não planejavam um golpe ou algo do tipo, o Clã Hyuuga era fiel a aldeia! -   ela bradou.
  Sorri e então olhei para a lua que estava cheia.
-Sarada, lembra que... - Ela me interrompeu quase me acertando um cruzado.
  Rapidamente me esquivei e então veio mais dois socos e um chute, segurei sua mão e rapidamente a coloquei no chão ficando por cima dela. A observei, tão bela e de Sharingan ativo sua beleza parecia aumentar.
-Eu te amo tanto. - Disse.
   Suas lágrimas aumentaram e então ela falou.
-Então larga essa ideia de sair por aquele portão e se entrega... Por mim Boruto. - Ela falou.
-Não dá.
   Minhas lágrimas saíram e molharam o rosto dela. Em um breve movimento a fiz dormir com uma técnica Hyuuga. A coloquei em um banco e então o velho e Sasuke-sensei apareceram.
   Flashback Off.
  Abri um portal que dava direto em Konoha e entrei me deparando com uma nova Konoha ainda mais tecnológica, olhei em volta e abri um sorriso colocando o capuz da jaqueta azul com detalhes escuros que vestia. Caminhava enquanto que varias câmeras vigiava a cidade, era madrugada e os jovens ainda estavam nas ruas em fliperamas e bares boêmios da grande Konoha me deixando um tanto quanto alegre, fechei um sorriso ao parar enfrente do velho Ichiraku e ver pelo o vidro da janela todos os meus amigos antigos reunidos enquanto que se divertiam contando suas aventuras.
-Então o Kazekage esta morto. - Suspirou Shikadai e encostando sua cabeça na mesa.
  Havia entrando com as mãos no Bolso da jaqueta e o capuz ainda na cabeça, sentei normalmente no balcão que ficava atrás deles.
-Ainda não acredito que Boruto fez aquilo. - Disse Sumire lacrimejando os olhos.
-Ele assassinou o clã Hyuuga e a própria mãe e nem ao menos se importou com a metade das vidas de sua própria aldeia Sumire. - Disse Mitsuki batendo a mão na mesa. - Foi ele que me ensinou o peso que é matar alguém... Ele me mudou tanto. - continuou.
  arranhei o balcão e então pedi um Lamen.
-Eu vou prender Uzumaki Boruto por todos os seus crimes. - Sussurrou Sarada.
-É pra você ele se entregaria, afinal ele gosta de você e você dele não é. - falou  Iwabi.
 Sarada rangeu os dentes e disse.
-Eu não gosto dele.
   Havia acabo de comer e quando ouvi Sarada falar aquilo bate fortemente no balcão fazendo com que todos olhassem mas eu já não estava mais ali. Eles haviam visto apenas as moedas no balcão girando até parar, eu havia saído dali ficando em cima de um prédio.   Com alguns minutos todos saíram dali e cada um seguiu  um caminho indicando que iam para suas casas, olhei para Sarada e a segui por cima dos prédios como uma sombra, aproveitava cada escuridão que o caminho possuía até me esconder na escuridão de um beco.
   Ela não havia percebido minha presença até eu aparecer do nada e com poucos movimentos a coloco na parede a surpreendendo.
-Então me odeia não é mesmo. - Sussurrei.
-Com todas as minhas forças, você é a pessoa na qual eu nunca queria ter me apaixonado! - Ela bradou.
  Eu sorri e então falei.
-Com tanto que você esteja bem e a salva, me odiar não importa.
  Havia a soltado e ela falou.
-É um erro sabia, eu tenho varias alternativas agora. - Ela disse.
-Não me importa. - Eu falei.
-Qual seu problema Boruto! Você diz que me ama e então some, devia ter se entregado naquele maldito... - a interrompi.
  Eu havia beijado os lábios dela pela a primeira vez e era doce como morango, um sorriso brotou em meus lábios e falei.
-Daqui a dois dias irei capturar uma biju. As 7 e 35 da noite você deve estar no monte Hokage. - Disse.
  Apareceram alguns ninjas da ambu e eu rapidamente sumi dali indo em  encontrar um velho amigo. O centro de inteligência e tecnologia de Konoha era liderado por Denki um velho amigo e um grande ninja.
-Denki, a quanto tempo.
   Denki parecia trabalhar em uma arma nova, mas ao me ouvir voltou toda a sua atenção a mim.
-Boruto-san, veio pegar a encomenda. - Ele falou sorrindo.
-Sim.
    Andamos um pouco e ele me entregou uma esfera do tamanho de uma laranja.
-Acha que isso segurará uma Biju mais forte que as nove caudas ?. - Perguntei.
-Sim ela é capaz até de prender todas as bijus, ei Boruto o que esta planejando ? - Perguntou ele.
-A Kara planeja atacar Konoha com uma Biju tão poderosa quanto a nove caudas, Irei ao outro mundo e a guardarei para o momento certo. - Falei. - Essa Biju não pode ficar na mãos deles.


Notas Finais


Bem espero que estejam gostando e caso tenham duvidas é so perguntar Ok hauahau boa leitura e teorias também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...