História A maldita garota (Imagine SuHo) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho
Visualizações 272
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Eu não sou mais sua namorada


Fanfic / Fanfiction A maldita garota (Imagine SuHo) - Capítulo 7 - Eu não sou mais sua namorada

Tudo ocorreu bem até chegar a hora do bendito intervalo. SungMe encontrou mesmo com a garotinha para que pudessem conversar sobre coisas aleátorias e quem sabe virarem “amigas”. Tudo estaria perfeito se MiChan não tivesse resolvido ir encher o saco das garotas.

 

- Ora, ora. - A voz da garota mimada, mais conhecida como MiChan. Acompanhada de suas amiguinhas idiotas; Sofia e Emy. – Parece que juntaram as duas palhaças de circo, mais conhecidas como vira-latas (mestiça).

– Deixa a gente em paz, MiChan. - A de cabelos alaranjados disse, para tentar defender a ela e sua mais nova colega. – Você é uma idiota!

– Do que é que você me chamou garota ? - Disse MiChan com a voz mais irritante e histérica do mundo.

Por breves minutos, (S\N) pensou que as duas brigariam ali, no meio do refeitório da escola, então pegou com firmeza o braço de SungMee e passou a puxa-lá para fora daquele local. Ela era nova na escola, e se caso a diretora soubesse que já está envolvida em coisas assim, com certeza seria um péssima primeira impressão.

– Você é maluca ? Por que me puxou ? Eu poderia quebrar a cara dela! - Reclamou a mais alta, quando a garotinha parou de correr.

– Desculpe-me. - Pediu com a voz baixa e ofegante, afinal, ela era uma pequena sedentária que com toda certeza não é acostumada com toda essa “adrenalina”. SungMee deixou de lado essa coisa, quando percebeu a respiração da outra.

 

-Credo, parece até que você correu uma maratona.

– Para o meu corpo foi quase isso. - Disse em um fiozinho' de voz, tentando não ligar muito para isso. – Acho que eu estou ainda mais sedentária do que antes.

[4 Meses depois]

Estava tudo nos devidos, a garota se acostumou com a casa, com as pessoas, com a escola, o serviço novo de sua mãe, e aceitou o fato de que dois anos de sua vida não passariam voando. A única coisa que estava chateando a garota no momento, é que JunMyeon ficou ausênte. Parou de responder as mensagens da garota, não a ligou mais e muito menos avisou o motivo de seu sumiço, antes de sumir. Isso estava a preocupar a garota. O que de tão grave havia acontecido, para que ele sumisse dessa forma em sua vida ?
Nesse momento ela estava distraída na janela de vidro da sala de aula, enquanto o professor de história explicava todo aquela blá' blá' blá'. Essa semana foi, com toda certeza, a pior de todos esses quatro meses - Ela se acostumou com tudo aqui, mas isso não quer dizer que ela goste das coisas aqui. Tudo bem que JunMyeon estava estressado e estranho, mas precisava sumir dessa forma.

Ouviu o celular apitar algumas vezes, e foi cuidadosa para o pegar seu celular, afinal, ela não quer que seu professor veja ela mexendo no celular em aula.

 


[Girafa loira\09h30] > Tá' sentada ?

[Você\09h30] Estou, por quê ? <

 

[Girafa loira\09h31] >Promete que não vai chorar ?

[Você\09h31] O que aconteceu ? <

[Girafa loira\09h31] >Apenas prometa.

 

[Você loira\09h32] Tudo bem. Eu prometo que não vou chorar. <

 

A loira do outro lado do mundo, pensou bem no que iria fazer. Afinal, isso poderia prejudicar tanto (S\N), quanto JunMyeon. Olhou para JunMyeon, que estava se agarrando com uma garota que agora ele dizia ser sua namorada, e engoliu a seco. Por quanto tempo (S\N) iria ser enganada por esse babaca ?

Pegou novamente o celular e olhou para uma foto da garotinha nos braços de JunMyeon. Eles formam um casal tão bonito, por quê isso tinha que acabar dessa forma ? Aliás, por que JunMyeon quis que acabasse dessa forma ?

Sem pensar por mais nenhum segundo, tirou uma foto daquela cena e mandou para sua melhor amiga, que a esse ponto já estava chorando.

 

[Girafa loira\09h40] **Mídia

[Girafa loira\09h40] >Você prometeu não chorar.

 

Assim que aquela imagem carregou, a garota abriu sua boca assustada, desacreditada. Então esse era o motivo pelo qual JunMyeon estava todo estressado e ignorante consigo. Uma lágrima acabou escorrendo por seu delicado rosto. Largou o celular sobre a mesa, e passou a encarar a parede com um ponto de interrogação em sua mente. Ela havia sido traída ou JunMyeon não a considerava sua namorada por estar longe ?

 

[Girafa loira\10h00]>Pequena ? Você está aí ?

[Girafa loira\10h00]>Por favor, diz que não está chorando muito.

 

A menina nem ao menos leu a mensagem, apenas pegou seus pertences e saiu da sala de aula. Saiu da escola, ouvindo gritos dos funcionários dali. Na verdade, ela não estava nem aí para nada o que estava acontecendo a sua volta. Correu diretamente para seu refúgio; Um parque abandonado, onde só haviam um balanço, escorregador e um pequeno gira-gira.

Sentou-se próxima a uma árvore, e ali desabou em lágrimas. Ela não sabia ao certo o porque de estar chorando; Se era a dor de ser traída, de odiar sua nova vida, de odiar estar longe da sua melhor amiga ou se era o medo de estar se tornando sozinha novamente. Não sozinha de estar sem um namorado, e sim sozinha em relação a companhia, amigos e um local onde se sinta confortável.

Já tinham se passado horas, seu celular não parava de apitar e seu rosto não conseguia se permanecer seco.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, JunMyeon estava furioso com MinHee, após descobrir o que ela havia feito.

 

-E pensou que ela não iria descobrir JunMyeon ? - Perguntou a loira, agora, estressada. – Você é muito idiota.


Já estava escuro, mas (S\N) não queria voltar para casa, pelo menso não agora. Sua cabeça ainda estava muito desorganizada e ela ainda não se sentia pronta para participar mais uma vez de sua rotina chata e sem sentido de sempre.
Pegou o celular, e o desbloqueou com pressa ao ver que havia uma mensagem de JunMyeon no aplicativo. Correu para ver o que poderia ser, e sem querer um sorriso apareceu em seus lábios ao ler;

[AMOR DA MY LIFE\19h38]>Mianhae, yeoja chingu.

Por breves segundos, ela se sentiu namorando aquele garoto outra vez, mas afinal o que ele queria com ela ? Enganar novamente ?

Foi até o chat de MinHee e viu novamente aquela foto de JunMyeon beijando outra garota. Respirou fundo algumas vezes e limpou seu rosto com a manga da blusa, tentando tomar coragem para fazer aquilo.

 

[Você\19h45] Parece que eu não sou mais sua namorada JunMyeon. Passar bem!<


 


Notas Finais


"Me desculpe, namorada" Foi o que JunMyeon mandou para ela.

Não me matem por favor! Espero que tenham gostado, beijos, até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...