1. Spirit Fanfics >
  2. A marca do passado >
  3. Cap II

História A marca do passado - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Cap II


 

    *A alguns minutos antes com uma azulada*


Como assim estão atacando o norte não tinha nenhum registro de movimente por essa rota eles estavam mais concentrados perto do Porto onde chegavam em navios mais assim que Juvia foi informada de uma possível batalha por la ela mandou um grupo de imediato para la ele não era muito forte mais deviaria ser o suficiente para segurar um pouco até eu terminar aqui em Magnólia e poder ir para la ajudar lancei minha última magia aqui e parti em direção ao norte no meio do caminho fui me regenerador dos meus ferimentos chegando já próximo a onde a batalha acontecia
Fui informada que uma loira tinha se juntado a batalha do nossa lado já tinha ouvido falar sobre ela sempre aparecia do nada e sumia do mesmo jeito nunca dando uma oportunidade para acradecela ou perguntar se queria entrar para o exército com toda a certeza o Conselho daria um cargo superior do somente um simples soldado ela poderia muito bem ser uma excelente líder de um pelotão
Mais assim que estou próxima sinto uma áurea mágica muito familiar procura pelo campo todo estava e la está ele com a parte de cima de um pequini com estampa de vaca e com uma calça com só uma perna e seus fios loiros em dois coques,ela tinha suas curvas muito valorizadas naquela roupas,ela não tinha mudado em nada só seu cabelo que cresceu mesmo amarrado dava para saber que eles estavam muito maior.
Assim que percebia que ela estava lutando praticamente sozinha lancei minha águas como um tsunami assim acabando com a maioria dos soldados que tinha no campo sobrou apenas um oito próximo a ela que ela logo derrotou mais um a acertou não era em um lugar vital mais não deixava de ser perigoso mais ela nem ligo ou apenas o matou e retirou a espada dali e assim dando lugar a chamas que enquanto queimava ali confirmei com ela aconteceu a mesma coisa que comigo,sim também posso me auto-curar mais não é só isso me tornei algo parecido com imortal não envelheço ou morro como consegui esse extraordinário poder e um pouco constrangedor falar já que Juvia conseguiu depois que dormiu com um desconhecido que Juvia jura que ele era tão gelado como o Alasca mais seus toques eram tão quentes o que era totalmente o contrário da sua pele lembro de seus lindos cabelos azuis tão escuros que podiam facilmente ser confundido com preto seu corpo todo definido e sobre ele ter comentado sobre sua estranha mania de tirar a roupa quando fica empolgado com algo Juvia achou tão engraçado na hora foi amor a primeira vista mais Juvia não consegue nem lembro a do seu rosto ou nome,agora Juvia tem uma marca de um floco de gelo em sua coxa esquerda que dá a ele o poder da imortadolidade Juvia dormiu durante 10 anos e desde que acordei tento viver minha vida do jeito mais calmo possível lembro de pensar em ir atrás das meninas mais quando Juvia foi atrás delas Juvia recebeu um disparo de magia de uma criança que estava começado a controlar sua magia e foi nesse momento que descobri que agora Juvia e imortal eu olhando onde era para ter um furo mais ao invés disso tinha gelo se formando no lugar do meu machucado,claro que o machucado regenerador em só era menos já que o corpo de Juvia e feito de água mais mesmo assim aquilo me assusto e sai sem rumo passei dias sem comer e não morri então fui para bem longe e tentei recomeçar no Conselho e me tornei líder do 5° batalhão de defesa estrangeira e desde então estamos em guerra já faz quase 11 anos assim

Mais fui me aproximando mais da Lucy-san e me pronuncie

A quando tempo não é mesmo Lucy - percebi que ele se perdeu em pensamento eu fui ver os sobreviventes que restaram ali e fui perguntando se estavam bem demostrando como me importam com seus bem estar



Lucy on


Juvia-chan -a quanto tempo eu não falava esse nome que me trazia tanta nostalgia de nossos dias de divertimento,de nossas loucuras de tudo,mais ainda sim ele estava igual não mudou um traço seu corpo continua como antes suas curvas bem desenhadas e seu cabelo sempre tão bem arrumado.
Mais o último lugar que eu imagina reencontrar ela seria em um campo de batalha o que eu imagina era totalmente diferente como nos livros que dia em esbarrão com alguém e quando fosse me desculpar seria ela e seria uma total surpresa ou em um parque com sua vida rodeada de duas felicidades azuis como o seus,mais não entre um mar de corpos já sem vidas .
Mais isso nao seria o pior é como um flash me venho uma imensurável dor na coxa direita dando sinal que meu ferimento estava totalmente curada e só agora,eu parei para pensar como explicar isso para ele ainda de como minha aparência continua a mesma mais a dela também não mudou porque será que ela também é como eu?E se sim como será que funciona?Ela também durmiu tanto quando eu ou foi mais? Sao tantas perguntas agora mais ainda estou fascinada e assustada por ela estar aqui e tão forte ele está em um nível superior ao meu e suas águas agora parece que a qualquer momento pode congelar sem alguma explicação,mais como ela ficou tão forte assim,ela deve ter treinado tanto para chegar nesse nível mais ainda não explica o porque de suas águas serem tão geladas e totalmente diferente de antes, ainda mais que suas águas só mudam assim com seus sentimentos mais ela não parece ser tão fria nesse momento nem estar com raiva ela apenas parece calma nem a essa cena brutal em sua frente parece a abalar como e possível,e ainda sim sinto uma gentileza enorme sair do redor dela em quando pergunta se o que sobreviveram estão bem.
Porque parece que só eu perdi a minha gentileza e alegria de antes.
Me sinto tão fraca olhando ela agora ou decepcionada talvez eu poderia muito bem ter tido ao menos um pouco de esperança quando percebia tudo que estava me acontece no lugar de ter me tornado tão vazia como agora onde só me sinto bem no meio de uma batalha, agora vivo a procura de batalhas,brigar qualquer coisa para descontar minha raiva do mundo em um pobre coitado que está apenas a seguir onde de um superior

Mas parece que eu estava errada em questão a isso não me parece que estou tão sem sentimentos assim já que em meu peito uma luz de alegria parece me invadir eu apenas queria poder correr para ela e chorar feito uma criança quando rala o joelho e ela me acalmar passando os desde em meu cabelos falando que a dor já vai passar

Será que ela ainda se lembra daquele terrível noite onde tudo desandou para mim 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...