História A Marcada do Alfa - Capítulo 5


Escrita por: e KatiHUchiha

Postado
Categorias Naruto
Tags Alfa, Gaaino, Lobisomens, Lobos, Naruhina, Naruto, Nejiten, Sasusaku
Visualizações 634
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Depois de amanhã chega o próximo

Capítulo 5 - Resgate


Sakura On

 

Não me lembro de nada. Minha cabeça dói, tento me levantar mas não consigo. Olho pra baixo e me vejo em uma cadeira amarrada até às tripa.

 

-Alguém? 

 

-Olha olha a garotinha acordou que pena que a última coisa que verá sou eu...

 

Olhei para trás e vi um homem de cabelos brancos com um chicote na mão. Não! Preciso sair daqui ele vai me matar! 

 

O homem se aproximou de mim e me desamarrou, cai no chão e ele me deu uma chibatada. Gritei de dor. Ele deu outra mais doida, gritei novamente.

 

Ao todo contei 20 chibatadas, quando ele ia bater mas uma vez e ele olhou meu estado, feridas abertas, rosto encharcado e sorriu. Foi a um pequeno armário da sala e pegou um cabo de roseira.

 

-Não por favor..._susurrei.

 

Mas ele só sorriu e olhou para minhas penas e bateu com o cabo de roseira. Não consegui gritar a dor era insuportável não conseguia respirar direito e ele continuavs batendo.

 

A última coisa que pensei foi no Sasuke em como seria bom estar em seus braços e seu cafuné.

 

-Sasuke-kun....._e tudo ficou preto.

 

 

Sasuke On

 

Estava procurando Sakura na floresta com metade da alcateia ao meu lado até que tenho uma "visão".

 

Sakura no chão com o tal de Hidan a machucando ela estava prestes a desmaiar e só ouvi ela susurrar:

 

-Sasuke-kun...

 

Voltei e o cheiro dela ficou mais forte. Corri o máximo que pude. O cheiro ficava cada vez mais forte. Até que ele ficou inundado em uma pequena cabana na floresta.

 

Entrei feito doido e me deparei com uma visão que nunca será apagada da minha cabeça.

 

Minha Sakura jogada no chão com as costas ensanguentadas de feridas abertas, pernas rasgadas. Quase dava para ver sua carne. Mas...o seu rosto não se compara a só resto. Parecia que havia chorado por horas e isso me corrói por dentro.

 

Corri até ela em minha forma humana e a peguei em meus braços o pulso está fraco... Corri para alcateia e fui em direção à Karin.

 

-Rápido a Luna está quase... morrendo!_gritei

 

Era difícil admitir mas seu estado era gravíssimo. Karin correu até ela e uma luz verde saiu de suas mãos. As feridas da Sakura foram se curando até sumirem.

 

-Pode levá-la para casa agora Supremo_ disse ela sorrindo.

 

Fiz um sinal de sim com a cabeça e a peguei em meus braços. O lugar onde nunca deveria ter saído e nunca mais. Levei ela até minha casa.

 

Entrei e minha mãe me a viu e arregalou os olhos sorri fraco. Pelo menos ela está comigo agora. E nunca mais sairá de perto.

 

Subi pro quarto e a deitei na cama ela pode acordar em qualquer segundo. Me sentei na cadeira ao lado dela e esperei ela acordar.

 

Até que ela abriu devagar os seus lindos olhos. Ela não os arregalou como o da última vez só olhou para o lado me viu  sorriu e disse:

 

-Sasuke-kun.

 

Eu por impulso de escutar meu nome sair de sua boca a puxei para os meus braços e ela respondeu no momento.

 

-Sakura...fiquei tão preocupado..._disse a apertando mais forte contra meu peito. Sentia que se ela saísse dos meus braços eu a perderia para sempre.

 

-Desculpa eu não deveria ter ido para a festa eu f....

 

-Calma_coloquei meus dedos em seus lábios_o que importa é que você está bem. A e afinal amanhã nos vamos buscar suas coisas a partir de agora você mora aqui.

 

É óbvio que eu não a deixaria mas sozinha e nem sair sem eu saber onde vai e for junto.

 

-Como?_perguntou confusa mas sorrindo.

 

-Depois do que aconteceu vou cuidar de você_disse levantando seu rosto e vi que ele estava corado.

 

-Eu não quero ser um incômodo.

 

-Voce não será. Mas já está de noite vamos dormir.

 

Dei uma toalha para ela tomar banho e ela pegou uma camisa minha. Depois de uns 20min ela voltou...linda! A minha camisa caía direitinho no seu corpo e deixava duas maravilhosas coxas a mostra. E somente eu terei essa visão divina.

 

-Desculpa é que eu não estou com roupa...

 

-Sakura pare de pedir desculpas tudo que e meu é seu inclusive eu...

 

Ela corou fortemente e eu a puxei para cama a deitei e a mesma acabou se aninhando ao meu peito e dormindo em meus braços.

 

Ela é linda. E quem a fez sofrer deve morrer. Vamos começar o jogo. Quero a cabeça do Akasuna!

 

 

Continua...


Notas Finais


Comments


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...