História A melhor amiga da minha mãe ( Imagine Kim Jisoo ) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, TWICE
Personagens Jisoo, Kim Taehyung (V), Lisa, Mina, Nayeon, Personagens Originais, Rosé, Sana
Tags Blackpink, Chaelisa, Imagine Jisoo, Jisoo, Kim Jisoo
Visualizações 291
Palavras 1.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei mores❤

Capítulo 10 - A vingança


Fanfic / Fanfiction A melhor amiga da minha mãe ( Imagine Kim Jisoo ) - Capítulo 10 - A vingança

Agora eu tenho que pensar em um modo de me vingar! Tenho que ser muito calculista, não posso deixar em branco o que elas me fizeram, aquilo foi muita crueldade! Também não posso envolver a Lisa! Ela não tem nada haver com os meus problemas, não vou fazer ela sofrer só pra agradar um capricho meu! Só ela que me ajudou, só ela merece minha confiança, mais ainda não é o momento de falar, ainda não! A Jisoo... a Jisoo vai pagar muito caro por ter me enganado! Já sei até o que vou fazer, se ela não me quiz, outra pessoa vai querer! Vou arrumar um jeito de vê ela e esfregar em sua cara que estou com outra! Isso mesmo! Vou fazer ciúmes! Quero só vê a cara patética dela quando me vê nos braços de outra! Ficarei com a primeira garota que eu ver na minha frente! E minha mãe? Essa... eu vou ter que pensar um pouco mais, por que não terei piedade em destruíla!

Agora eu tenho que arrumar um emprego! Não sou mais criancinha, tenho 17 anos! Daqui uns meses vou fazer 18, não posso depender da Lisa toda vez que eu tiver um problema, isso já é um abuso! Ela já fez muito por mim...

Acordo e me espreguiço, levanto da cama, escovo meus dentes, troco de roupa e coloco meu uniforme. Lisa ainda estava dormindo, é muito preguiçosa tenho que acordala.

— Lisa! Lisa!

— Só mais cinco minutinhos mãe! - Reclama.

— Aish! Não é tua mãe não viu!

— Já tá arrumada S/N? - Diz com olheiras no rosto.

— A muito tempo! E por que essa cara? Parece que nem dormiu.

— Pelo contrário... tive um sonho tão bom... - Fica sonhando acordada.

— Ahh é mesmo? Sonhou com o que?

— Eu!? Nada! Nada! Até me esqueci! Deixa eu me arrumar! - Levanta de uma vez na cama.

Lisa termina de se arrumar e vamos juntas para a  escola. Jisoo não venho me ver mesmo sabendo que o primeiro lugar que eu iria era a casa de Lisa, não ligou, nem mandou mensagens pedindo desculpa, algo muito estranho está acontecendo...

Quando entramos na sala, vejo um alvoroço! Todo mundo em cima da Sana só porque ela venho pro colégio! Ela não pode faltar um dia que todos ficam preocupados! Realmente essa garota gosta de ser o centro das atenções! Pra que fez toda essa polêmica?

— Vamos nos sentar Lisa, esse alvoroço não é nada demais.

— Essas pessoas parecem cachorrinhos atrás da Sana!

— É melhor ignorar!

Depois de alguns minutos toda "aquela gente" pararam "aquela confusão" por causa da chegada da Sana. Vejo Mina, Nayeon, e a chata da Sana se aproximando, calma tudo que tenho que fazer é ignorar!

— S/N precisamos falar com você. - Diz Sana.

— Ahh Sana, o que quer?

— Não se preocupe, não vi brigar.

— Nós viemos te falar que queremos parar com essas discussões, essas brigas por besteira, queremos ser sua amiga! - Diz Mina.

— É verdade S/N, cansei disso, nunca tive nada contra você. - Diz Nayeon.

— Bem... eu acredito em você Mina, por que você nunca implicou comigo, você Nayeon... até que no primeiro dia que me conheceu me perturbou um pouco, mais de uns tempo pra cá, parou com isso, então eu acredito em você! Agora você Sana! O que pretende? Acha mesmo que eu vou cair de novo na sua armadilha!?

— Não é armadilha S/N, estou dizendo a verdade!

— Hahaha, não me faça rir!

— Quer saber o motivo por que eu sempre impliquei com você? - Seus olhos enchem de lágrimas.

— Fala Sana! Faz teu teatrinho!

— Por que eu sempre senti inveja de você!

— Inveja? Inveja de que? Olha pra mim! Não tenho nada pra alguém sentir inveja de mim! Sou uma derrotada!

— Tem! Tem sim, você tem uma melhor amiga, é bem sucedida, é bonita, e tem uma mãe...

— Tudo que você disse, você tem em dobro! E a Nayeon e a Mina? Não são suas amigas? E essa gente que corre atrás de você "sra.popular"?

— Elas são sim, por que eu as obriguei! E essa gente? Acha mesmo que eles gostam de mim? Só são pessoas que fingem se importar comigo... mais tudo bem, eu já sabia que essa seria sua reação, não vou forçar nada. - Enxuga às lágrimas e se retira. Nayeon e Mina ficam.

— Olha Mina e Nayeon se isso for uma brincadeira da Sana é melhor parar!

— Não é! Eu e a Mina também estranhamos, mais concordamos, porque não queríamos mais brigar com você!

— É verdade S/N! Na verdade eu sempre quiz ser sua amiga! Mais a Sana não deixava...

— E que história é essa que ela obrigou vocês à serem amigas dela? - Diz Lisa.

— Bem, quando a gente chegou nessa escola Sana era a garota mais popular e até hoje é, ela disse que precisava de garotas que sempre ficariam do seu lado, nunca podiam se separar  e ela escolheu nois duas, mais na verdade ela não nos obrigou, a gente sempre quiz ser amiga dela, mais quando perguntavamos sobre coisas mais íntimas, coisas de amiga sabe, ela sempre nos tratava mal, principalmente quando perguntavamos da sua mãe. - Diz Mina.

— Da sua mãe? Por que?

— Ninguém sabe, ela nunca quiz falar! - Diz Nayeon.

Depois de horas chega a hora da saida. Eu fico pensando sobre o que a Mina e a Nayeon me disseram, não sei se é realmente verdade mais preciso descobrir! Só sei que a Sana não vai brincar comigo dessa vez!

— Vamos Lisa!

— S/N, acho que eu tenho que voltar pra escola rapidinho!

— Pra que?

— Eu quero ir no banheiro! - Expreme as pernas.

— Aish! Vai logo!

— Aish! Já vou!

Enquanto Lisa foi no banheiro aparece um carro preto muito estranho que parou na porta da escola, nunca tinha visto aquele carro e o mais estranho é que ninguém saía de dentro de lá.

— Oi S/N! - Diz Sana.

— Olha Sana, só por que você falou aquelas coisas, não quer dizer que eu vou ser sua "amiguinha"!

— Desculpa. - Fica acanhada.

Vejo uma mulher saindo do carro suspeito, não pode ser! É a Jisoo! O que ela faz aqui! Ela está olhando pra cá! O que eu faço? Essa... essa é a minha chance!

— Sana!

— O que foi?

— Me beija!

— Que!?

— Você não disse que queria ser minha amiga? Então! Pra ser minha amiga você tem que me beijar!

— Mais...

— Me beija logo! - Sana estava tremendo e me deu um beijo bem rápido, mais que desse para Jisoo ver tudo. — Desculpa Sana, por ter te pedido uma coisa dessas! Eu tenho que falar com uma pessoa agora!

Bem... Jisoo viu tudo, e não estar fugindo! Vamos ver o que ela tem a dizer.

— Pra que venho aqui Jisoo?

— E por que está falando comigo S/N? Pensava que me odiasse.

— E eu te odeio! Te odeio! Não posso nem olhar pra sua cara!

— E por estar aqui? Pelo visto me esqueçeu bem rápido né? Já estava se divertindo com outra!

— E isso doeu em você?

— Fingir que não doeu, só vai me machucar mais...

— Eu só vim aqui pra dizer pra você, pra não vir aqui na escola pra me vê!

— Eu não vi aqui te ver!

— Que?

— Bobinha! - Sorrir. — É claro que eu vi te ver!

— Me deixa! - Sinto meu braço sendo puxado por Jisoo, ela segura minha nuca e me trás mais pra perto de si apertando levemente minha cintura, e fica me olhando com aqueles olhos, e se aproximando seu rosto ao meu até que nossos lábios são colados, se fosse outra garota eu conseguia impedir o beijo, mais eu não consigo... porque... porque é a Jisoo...

— Não! Para com isso! -  Paro com o beijo.

— Eu não desisti de você S/N! Ah e só pra você lembrar, eu sou a única que pode te beijar!

— Vai beijar a minha mãe e me esquece!

Saio de lá e deixo Jisoo falando sozinha. Parece que aquele beijo entre eu e Sana afetou bastante ela! Mais eu fui muito burra em ceder no beijo da Jisoo! Eu sabia... quando eu e Sana nos beijamos não senti nada, mais quando é a Jisoo é diferente, parece uma mistura de emoções!

— Vamos Lisa!

— Vamos!

— Ei espera! Você viu alguma coisa?!

— Por que? Aconteceu alguma coisa?

— Não, nada.

Ainda bem que a Lisa não viu nada, a última coisa que eu não quero é que a Lisa se magoe, ela tem que estar sempre assim... feliz!


Notas Finais


Que loucura😲
S/N tá doida😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...