História A melhor das ciladas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alec, Alice Cullen, Aro Volturi, Bella Swan, Benjamin, Billy Black, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Carmen Denali, Charlie Swan, Claire Young, Demetri Volturi, Edward Cullen, Eleazar Denali, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Esme Cullen, Garrett, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, Jane, Jared Cameron, Jasper Hale, Kate Denali, Kim, Leah Clearwater, Marcus Volturi, Mike Newton, Nahuel, Paul Lahote, Personagens Originais, Quil Ateara, Rachel Black, Rebecca Black, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Royce King II, Sam Uley, Sarah Black, Seth Clearwater, Sue Clearwater, Tânya Denali, Vladmir
Tags Romance
Visualizações 6
Palavras 567
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 1 - Chegada hora


"Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso. Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado."


Pov Alice

Faz mais de um mês que Jasper foi embora...
Faz um mês que não durmo, nem me alimento direito.
Não tenho mais forças para seguir em frente.
Os séculos que passamos juntos, os momentos de carinho, os beijos apaixonantes, as brigas por ciúmes, aquilo tudo foi ilusão?
Se Jasper me amasse como ele sempre me dizia, ele não teria me abandonado sem nenhum sequer aviso.
Eu entreguei meu coração a ele, pensando que ele cuidaria, mas ele só machucou e machucou muito mesmo.
Não tenho mais vontade de viver, não sou a Alice de antes, Jasper era minha rocha, minha razão de viver, mas com sua partida, eu não sou nada, além de uma pobre coitada.
As lembranças me atormentam a todo o momento, o pedido de casamento que recebi viajava pela minha cabeça, se fosse humana eu teria inundando Forks com as minhas lágrimas. Não tenho mais alguma razão para viver, além da minha família que agora são tudo o que eu tenho.
Como é terrível perder o amor da sua vida que você achava que iria ser duradouro, mas o destino me tirou ele.
O que será que Jasper está fazendo?
Aonde ele está?
Será que ele vai voltar para mim?
Óbvio que ele não vai voltar, tudo aquilo de "Eu te amo", era tudo ilusão, mentiras.
Como podem fazer isso comigo!
Sera que não fui uma boa esposa para Jasper?
O coração nomade de Jasper falou mais alto que o nosso amor.
Eu passei a pensar e refletir sobre a minha vida, eu acho que minha vida acaba aqui...
Eu não consigo ir à diante...
Minha jornada acabará por aqui...
-Alice!?- alguém me chama
-Sim?- digo saindo do transe.
-Você está bem?- Bella pergunta
Concordo com a cabeça sem tirar os olhos da janela do meu quarto.
-Se precisar de algo, é só me chamar!- diz se retirando
Hoje irei acabar com o meu sofrimento.
Desço as escadas causando o olhar de todos supresos por eu ter saído do meu quarto.
-Vou caminhar um pouco!- aviso todos
-Pode ir minha querida, só não demore tanto!- Carlisle diz como um pai protetor.
Como eu amava essa família.
Tenho muito orgulho de ter essa família.
Carlisle sempre acolhedor e protetor.
Esme doce, mãe amiga coruja me ensinando a cozinhar.
Emmet brincalhão, irmão protetor e um bom psicólogo.
Rosalie uma irmã mais velha para mim, seus conselhos para mim que foram essências para mim.
Edward um irmao igualmente protetor, sábio me ajudou muito ao longo destes anos.
Bella como sempre muito amigável, amável, foi a pessoa com quem eu mais me abri nestes meses, ela me ajudou muito mesmo.
E por último minha querida sobrinha Nessie, que ainda é uma criança mas me alegrou muitas vezes quando eu estava para baixo.
Amo minha família por completo.
Estou nos redores de Forks, caminhando sem direção alguma.
No bolso esquerdo da minha calça está um fósforo, uma arma que irá me ajudar e tanto neste momento tão difícil para mim.
O vento zunia, as folhas do outono estavam espalhadas pelo chão da floresta.
Chego até um local afastado de Forks, onde ocorreria meu apagamento.
Pego o pequeno fósforo, ligo...
E é agora que chega minha hora...
Adeus vida!
Olá morte!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...