1. Spirit Fanfics >
  2. A melhor tragedia (Naruhina) >
  3. Decisão!

História A melhor tragedia (Naruhina) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Oppaaa
gente eu to viva haha
me desculpem!
bloqueio disse oi!
ainda estou insegura com o capitulo! mas espero que gostem!!!

Capítulo 17 - Decisão!


Fanfic / Fanfiction A melhor tragedia (Naruhina) - Capítulo 17 - Decisão!

 

Eu estava decidida.

Eu não tinha muito que fazer.

Mas as poucas esperanças que eu tinha deceparam.

O destino me provou varias vezes que nessa vida nunca serei feliz.

Que todas as vezes que eu sorrir logo iria surgir as lagrima.

 Ele me provou também que a minha presença sempre ira acabar com alguém.

E para ser sincera... Acho que meu fim chegou.

Milhares de vezes eu vivenciei os meus amigos aos poucos as afastarem.

As pessoas sempre tendem a fazer eles se afastarem.

A ultima amiga minha teve a casa queimada apos não ouvir as ameaças do meu sangue.

Das pessoas do meu sangue.

Quando descobri que eram eles que faziam isso eu já não tinha mais amigos.

 Andar sozinha era a minha melhor companhia.

Dos anos em que eu o via sendo tudo o que eu não sou, confesso que eu não esperava ter algo com ele.

Eu raramente me atraí por alguém.

E mesmo que ele fosse bem atrativo, eu sempre fui pé no chão.

E estava disposta a não incomoda-lo.

Mas as coisas sempre saem dos rumos.

E eu o conheci pela segunda vez.

Cada momento nosso foram os mais emocionantes e importantes em minha vida.

Cada sorriso solto.

 Eu diria que nem me reconheci com tais mudanças de forma tão rápida.

Nunca havia me sentido embriagada por alguém.

Eu perdi a memoria e me apaixonei pela única pessoa que um dia me sentir levemente atraída.

Tudo tão inesperado.

Mas perfeito em uma sintonia assustadora.

Mas agora... Uma mera criança em busca de vingança acaba de se transformar em uma criança em busca da morte.

Ainda sou jovem e tenho tudo pela frente.

 E isso me assusta.

 Eu não aguento mais caminhar.

 A luz no fim do túnel fica cada vez mais distante.

Por isso parei de andar e fechei os olhos. Eu já havia decidido.

O meu próximo passo.

Eu tenho varias escolhas... Mas escolho a mais fácil e que me faz desviar de tudo.

Sobre o caminho largo e fácil.

 Caminhando ate a morte.

 Sair da “cela” assim que o homem apareceu e abriu o portão.

Caminhei pelo corredor da tortura em total silencio.

Ignorando o que o segurança dizia.

 A porta é aberta e aquele sorriso odioso é aberto.

- se aproxime minha Hime!

 O olho com a fúria eminente ouvindo o som da porta bater ao se fechar assim que o homem sai.

 - eu não sou sua Hime!

Anuncio com nojo e desprezo.

- a partir de hoje você será!

 Respiro fundo caminhando calmamente o ate assinando meu nome provando que estávamos legalmente CASADOS.

Sua risada assim que as coisas estavam oficiais me fez sentir ainda mais irritada.

Cretino!

- Em breve isso passara de papeis e iremos ao templo.

Revirei meus olhos cruzando meus braços.

- Agora solte-o! Eu fiz o que você mandou!

Sua gargalhada assim que eu disse isso me causou náuseas.

- Só depois que casarmos no templo.

- Esse não foi o combinado.

Como esperado, ele fez mesmo o que pensei.

- Eu que dito as regras!

- serio? Então... – caminho pela sala e passo em sua volta olhando de soslaio uma arma – que tal mudarmos um pouco?

- O que quer dizer?

Fico em sua frente me corroendo por ter que fazer algo desse nível, me aproximando ainda mais desse ser nojento.

- De apresarmos os passos.

O pegando desprevenido o beijo com o maior nojo que havia sentido.

Parecia que minha alma saia do corpo, mas era “preciso”.

O empurro para mesa o fazendo se deitar sobre como quem iria “cuidar” da situação.

Mas assim que o vi totalmente enfeitiçado peguei a arma de seu lado e sem que ouse intromissão puxei o gatilho.

 

Continua;-;



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...