1. Spirit Fanfics >
  2. A menina que sabia sonhar vol. 2 >
  3. Capítulo 45

História A menina que sabia sonhar vol. 2 - Capítulo 46



Capítulo 46 - Capítulo 45


No capítulo anterior...

- Tô muito preocupada com a minha madrinha; diz Mônica para Domenico, enquanto os dois fazem um piquenique no parque, perto de um pequeno lago - E também tô bastante preocupada com a Benê...

- Mas por que Mô? Elas te disseram que estão bem... Não se preocupe tanto, você pode até adoecer se ficar pensando muito nos outros e nem um pouco em você...

- Sei disso... Mas algo me diz que uma coisa muito ruim tá prestes a acontecer, eu só não sei o que é... E nem com quem, mas vai, posso sentir Domenico...

Agora...

- Deve ser só impressão sua, gatinha...

- Espero que seja só isso mesmo Dom...

- Vai acabar tudo dando certo, você vai ver, minha princesa...

Enquanto isso...

O primeiro livro de poesias de Flávia, flores secas... Em orvalho se torna um grande sucesso, Isa se sente melhor depois de saber que Bia ajudaria seu irmão no que fosse preciso. Isa jogava uno com Flávia, que mesmo feliz com o sucesso de seu primeiro livro, parecia um pouco infeliz, e levemente incomodada, o que não passou despercebido por Isa, que era sua melhor amiga.

--Amiga você está bem? - Isa pergunta preocupada, pois era pra Flávia estar feliz com o sucesso do livro -A Bia tá ajudando meu irmão... Se é isso que te preocupa Flay...

- Apesar de tá preocupada com o Flad, não é isso que tá me incomodando agora... - É o Diego miga... Ontem ele me pediu em casamento... E eu não soube o que responder a ele...

--é mesmo? Mas que rápido amiga vocês começaram a namorar a tão pouco tempo.

Apesar de Isa ser amiga de Diego, ela torcia pra ele ficar com Nayza mas isso ela não contava pra ninguém, nem mesmo para a sua melhor amiga, que no caso era a Flávia.

- Eu sei disso Isa... Mas ele tá sei lá... Se sentindo inseguro em relação ao nosso namoro... Ele sabe que é do seu irmão que eu realmente gosto e sofre muito por isso... A gente meio que discutiu e deu um tempo pra pensar no que cada um quer de verdade...

--espera, mas vocês discutiram, depois que ele te pediu em casamento?

- Sim, ele me disse que se eu realmente gostasse dele, aceitaria seu pedido sem nem pestanejar; Flávia se levanta e começa a andar de um lado para o outro - E então eu mandei ele pro inferno, e a gente começou a discutir, cê sabe como eu sou estourada as vezes, né miga?

--Acho que não precisa disso,o Diego é super legal, não merece sofrer amiga.

- O Guto e a Laura me disseram a mesma coisa, eles tavam lá em casa quando o Diego me pediu em casamento; suspira - O Nando e a Laura terminaram... Ele traiu ela com a Helena, a ex bipolar dele... O que é uma pena miga, a Laura ama o Nando de verdade, de um jeito que nunca conseguiu amar o Guto, que ama a Benê, mas mesmo assim vai virar padre... Que baita confusão Isa...

--Meu Deus não creio que a au terminou com o Nando! Eu sinto muito por ela, de verdade mesmo ,e falando em Benê e Guto... A Benê ainda está sofrendo por ele...

- Concordo, quem se ama como eles, devem ficar juntos... Ah, esqueci de contar um babado forte miga, a Yasmin e a Sarah tão namorando, elas se assumiram gays... Dá pra acreditar? Elas até que combinam...

--meu Deus! A Yas e a Sarinha? Quem te contou isso amiga? - Apesar do espanto, Isa está muito feliz por elas.

- Elas mesmas; diz bebendo um pouco do seu suco de laranja - Elas se assumiram na frente da turma, com direito a selinho e tudo...

--Como eu perdi essa?  - Isa pergunta frustrada; o que a turma fez? Não zoaram elas não, né?

- Teve uns engraçadinhos que zoaram, mas o Guto e eu cortamos eles na hora miga; ri um pouco - Eles ficaram morrendo de medo do Guto e se calaram rapidinho...

--Guto é super corajoso

Tosca estava na cozinha fazendo uma torta, Isa e Flávia foram até ela, que cantava meio desafinada uma música anitiga de Júlio Iglesias, a mesma que ouvia no rádio, enquanto colocava a torta para assar no forno.

Enquanto isso...

- Obrigado por ficar do meu lado Edmilson; diz Flad enquanto os dois tomavam um café numa cafeteria perto do escritório dele - Você sabe que eu seria incapaz de sequer machucar a Melissa, ainda mais de matar... Eu sou da paz, como você bem sabe... A sua namorada é louca se acha que eu matei a meio irmã dela... Só pode...

-- a Suzana está muito abalada, mas não é motivo pra ela sair te acusando dessa forma...

- Eu até que entendo a Suzana... Mas eu não matei a Melissa e vou provar isso algum dia...

-- eu acredito em você...

Enquanto isso...

Donatela terminava de se arrumar, ela daria aulas de teatro a noite, e por isso ia deixar Benê na casa de Zé Bob. E assim que colocou o perfume que seu antigo amante amava tanto, de modo involuntário, ligou para ele confirmando o combinado deles.

- E então Zé? Posso levar a Benê aí na sua casa?

--Pode sim, estou esperando...

- Obrigada mesmo Zé, cê nem imagina o tamanho do favor que tá me fazendo ficando com a Benê hoje...

- Ela também é minha filha, e você sabe que eu gosto de te ajudar Donatela... E fico feliz sempre que eu posso te ajudar, seja no que for...

Zé Bob ainda Pensou em complementar com um, "porque te amo muito", mas se calou, e assim que desligou o celular, seu filho o encarava com um sorriso meio bobo.

- Aposto que era a Donatela no telefone; diz tirando os fones de ouvido - Não ouvi a conversa, mas pela sua cara só podia ser ela mesma do outro lado da linha meu velho...

--era ela sim, meu filho; Zé disse todo alegre - Ela vem trazer a Benê pra ficar comigo hoje...

- Então melhor eu dá uma saída; pega sua carteira na mesinha de centro - Não tô afim de ver a Benê hoje... Ela tá namorando um tal de Mathias, cê sabia disso pai?

--Não... Eu não sabia... A Benê com outra pessoa? Que história é essa, Guto?

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...