História A Menina que veio de outra Dimensão. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Kawaki, Kurama (Kyuubi), Mitsuki, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shinki, Yodo
Tags Borusara, Boruto, Byaku - Sharingan, Naomi Uzumaki Uchiha, Naruhina, Naruto, Sarunaomi, Saruto Uzumaki Uchiha, Sasuke, Sasusaku, Universo Alternativo
Visualizações 262
Palavras 2.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Mesmo sendo poucos minutos, pra mim são horas de diversão


NAOMI

Aff que chato ter que morar com os meus avós e minha mama jovem, apesar que a vó Sakura eu gosto dela, mas a avó Hinata é a minha preferida. Queria estar com o papa, pois eu entendo ele, bem diferente da mama. Como será que o meu irmão está? Eu espero que esteja vivo.

Depois de alguns minutos de caminhada, chegamos até o apartamento que a minha vó alugou depois de ter destruído uma das casas do Clã Uchiha.

Sarada - mama chegamos - disse minha mama abrindo a porta e entrando junto o vovô Sasuke.

Sakura - bem vindo filha e Sasuke - disse minha avó aparecendo da cozinha enquanto eu ficava observando na porta.

Sasuke - pode entrar Naomi - disse o vovô Sasuke a mim e assenti entrando no apartamento.

Sakura - quem é essa menina? - perguntou a minha avó Sakura olhando para mim e depois me analisando - e por que ela se aparece como a Sarada junto com os olhos e as marquinhas do Boruto? - perguntou a minha avó Sakura confusa.

Sasuke - só para eu não explicar com palavras - disse o meu avô Sasuke colocando a minha avó Sakura em um Genjutsu através do Sharingan - pronto, agora pode comemorar - disse o meu avó Sasuke irônico e revirando o seu ÚNICO olho amostra.

Sakura - eu tenho uma......NETA?! - perguntou a minha avó Sakura vindo em minha direção e pegou os meus braços e, começou a me balançar - isso não é um Genjutsu de novo não é?

Sarada - claro que não mama, é real ela - disse minha mama e minha avó Sakura me abraçou fortemente.

Naomi - vo...vovô Saky - eu tentava falar - esta....me....sufocando - eu disse meio forçado e ela cessou o abraço - humm ahh nossa, eu não lembrava que a vovó Saky me abraçava tão desesperadamente assim, me lembrou da vovó Hina - eu disse rindo.

Sakura - ahh desculpe, exagerei? - perguntou minha avó Sakura sem graça.

Naomi - um pouco só, precisa quebrar os meus ossos para exagerar - eu disse sorrindo estilo mama Sarada - então aonde eu vou dormir senhor Sasuke vovô Uchiha? - eu perguntei brincalhona e irônica.

Sasuke - Sakura?

Sakura - tem o sofá e o quarto da Sarada, mas eu não quero te deixar dormir no sofá, pois você é uma visita - disse a vovó Sakura com a mão no queixo e pensando - mas você escolhe, netinha haha - riu a vovó Sakura.

Naomi - pode me chamar só de Naomi vovó Saky - eu disse sorrindo igual ao papa - vou dormir no quarto da mama, dormir no sofá não vai fazer bem para as minhas costas - eu digo para eles - no quarto da mama é cama própria? - perguntei.

Sarada - é sim, então você vai ter que dormir comigo na mesma cama - disse minha mama me encarando séria e eu devolvi o mesmo olhar - mesmo estando séria você consegue ser igual ao Boruto - disse minha mama revirando os olhos.

Naomi - obrigada - eu agradeci sorrindo estilo papa.

Sakura - está com fome Naomi? - perguntou vovó Sakura a mim.

Naomi - estou sim vovó Saky.

Sakura - por que você me chama de Saky? - perguntou a vovó Sakura.

Naomi - é porque eu sempre quis invocar uma tigresa e eu daria esse nome a ela - eu digo sorrindo.

Sakura - ahh entendi, então vamos comer pois a janta esta pronta.

Nós fomos para a cozinha nos servir para depois comermos, pelo menos é um dos pratos clássicos do Clã Uchiha: Tomate ou Sopa de Tomate. Apesar de eu adorar os Hambúrgueres como o papa, eu até gosto de vez em quando comer Tomates. Durante a refeição em "família" a vovó Saky me perguntava várias coisas sobre a minha dimensão, de como era ela lá, como era a mama adulta e o meu papa Boruto. Eu contei tudo a ela e quando mencionei que os meus dois avôs foram sugados pelo inimigo do meu pai, ela se traumatizou, mas não chorou, ainda não chorou. Eu não quero nem imaginar como ela vai reagir se CASO isso acontecer com o vovô Sasuke dessa dimensão. Depois de jantarmos os Tomates, nós fomos logo ir pra cama, fazer o que? O Clã Uchiha é MUITO desanimado, por isso prefiro ser uma Uzumaki. Logo eu e minha mama chegamos ao quarto dela, bonito aliás.

Naomi - quarto bonito - eu pronunciei olhando em volta do quarto.

Sarada - obrigada, vai precisar de uma pijama pra dormir? - perguntou minha mama enquanto ia no armário dela e pegando o seu próprio pijama Uchiha.

Naomi - não será necessário, posso dormir com a minha roupas mesmo - eu disse indo até a janela e observei a vila daqui enquanto mama vestia seu pijama.

Sarada - tem certeza? - mama me perguntou e eu assenti desviando o olhar para ela - então pode se deitar - disse minha mama sentando na sua própria cama.

Naomi - tudo bem - eu disse indo para a cama junto com a minha mama e me deitando do lado esquerdo e ela do lado direito - então boa noite mama.

Sarada - err até estranho dizer, mas, boa noite filha - disse minha mama atrapalhada e eu ri baixinho. 

Depois de alguns minutos nós duas"dormimos".

3 HORAS DA MANHÃ

Eu "acordo" de madrugada ainda na cama da mama, ela esta ainda dormindo. Mesmo a mama sendo uma Uchiha ela esta abaixando muito a guarda. Logo eu me levantando numa cambalhota da cama da mama e pisei no chão silenciosamente. Eu fui até a janela que estava meio aberta e subi em cima dela.

Naomi - hora da trollagem - eu sussurrei rindo e pulei para fora do apartamento da vovó Sakura.

CASA DOS UZUMAKI

Cheguei na casa dos meus outros avós para chamar o meu pai pra trolarmos o vovô Naruto e finalmente me revelar a essa dimensão. Eu vi a janela do quarto do meu pai e eu pulei até lá, o encontrei dormindo com o videogame dele em mãos e abri a janela devagar para não acabar acordando alguém sem ser o meu pai. Pois eu não quero ser obrigada a nocautear alguém com o Punho Gentil.

Naomi - ei papa - eu chamei ele o cutucando - papa - chamei outra vez e eu vi o remexer na cama.

Boruto - hum? Quem é? - perguntou meu papa se sentando em sua cama e coçando os olhos, depois me olhou - filha? O que faz aqui? - perguntou meu papa olhando para o relógio que esta na mesa onde fica o computador dele - são 3:10 da manhã - disse meu papa voltando a coçar seus olhos.

Naomi - desculpe te acorda nessa hora papa, mas eu vim aqui te chamar para pintarmos o rosto do vovô Naruto no Monumento dos Hokage - eu disse o pegando de surpresa.

Boruto - pintar o Monumento dos Hokage? Mas agora? - perguntou meu papa.

Naomi - sim, vamos papa?

Boruto - tudo bem então - disse meu papa calçando suas sandálias e se levantando da cama - tem tinta escondida atrás da casa, vamos - disse meu papa indo até a janela e eu segui junto.

Ele pulou para fora da janela e foi para os fundos da casa do vovô Naruto, eu fui junto com ele para pegar as tintas e levamos dois baldes de tintas para o Monumento Hokage com dois pincéis.

Naomi e Boruto - partiu Monumento dos Hokage - falamos ao mesmo tempo.

MONUMENTO DOS HOKAGE

Nós chegamos bem no topo das cabeças dos Hokage sem sermos detectados por alguém, o que até estranho na minha opinião. Papa foi pegar uma corda que tinha escondido perto do Monumento.

Boruto - pronto - disse meu papa prendendo a corda no cabelo da rocha do vovô Naruto - é só se prender e descemos para pintarmos - disse meu papa me oferecendo a outra parte da corda, já que a outra já esta amarrada nele.

Naomi - ok - eu disse me auto prendendo na corda e depois pegando um balde de tinta cor vermelha - vamos? - perguntei a ele enquanto eu já me preparava para pular.

Boruto - sim - disse meu pai segurando o seu balde de tinta e nós dois pulamos juntos.

Logo começamos a pintar e escrever no rosto da rocha do vovô Naruto. Escrevemos como por exemplo: Velho estúpido, velho idiota, entre várias outras que VOCÊS possam imaginar. Eu deixei uma escrita minha como aviso para ele ou eles(Aldeões e Ninjas).

Depois de 2 minutos, nós terminamos de pintar completamente a rocha do vovô Naruto. Confesso que ri depois de ver o resultado final e meu papa riu junto. 

Naomi - eu até imagino a cara do vovô Naruto ao ver essa "obra de arte"nossa - eu disse ainda rindo.

Boruto - haha eu também imagino, até que você é uma boa pintora - disse meu papa terminando de rir.

Naomi - é que aprendi com o melhor "pintor" - eu disse olhando para ele sorrindo e ele retribuiu o sorriso.

Boruto - ainda sim eu vou levar bronca tanto do meu pai quanto da minha mãe, Konohamaru, Sasuke e principalmente a sua mãe Sarada - disse meu papa suspirando.

Naomi - isso vamos resolver juntos - eu disse indo até ele - pois essa pintura foi mais para me representar logo para Konoha toda - eu disse tocando nas costas dele e marcando discretamente a minha habilidade nas costas dele(que no caso é a Jaqueta dele).

Boruto - então tudo bem - disse meu papa se levantando do chão - eu preciso descançar - bocejou meu papa - com certeza eu vou acordar com sono daqui algumas horas.

Naomi - eu também vou acordar com sono, apesar que o Clã Uchiha nunca ficam facilmente cansados - eu disse - eu vou com você até em casa.

Meu papa assentiu e fomos rapidamente até a casa do vovô Naruto e da vovó Hinata, ahh da tia Himawari também. Apesar de ser exatamente 3:15 da manhã eu estou com um pouco de sono, o estranho que nesse horário deveria estar frio, mas não esta. Logo voltamos para o quarto do meu papa.

Boruto - nossa que sono - disse meu papa bocejando novamente e se sentando em sua cama - você não tem que voltar para o apartamento da tia Sakura? - perguntou meu papa me olhando ainda sonolento.

Naomi - você lembra que eu disse ainda hoje? Que queria viver aqui? - perguntei a meu papa e ele assentiu - então vou ficar aqui com você - eu disse confiante.

Boruto - que? Você tem certeza? O tio Sasuke e a sua mãe não vão ficar bravos com você? - perguntou meu papa meio nervoso.

Naomi - nessa dimensão os dois não tem direito de mandar em mim, e além do mais, eu perdi os meus dois avôs a dois anos atrás depois de serem completamente absorvidos pela Marca Vermelha do Kawaki - eu disse cabisbaixa por causa da cena que eu vi a dois anos atrás na minha dimensão - e a dois anos atrás você desapareceu junto com a mama. Ai tive que ser obrigada a morar com minhas duas avós junto com o meu maninho - eu terminei a minha fala tentando não chorar e o meu papa me abraçou.

Boruto - eu sinto muito, mesmo - disse meu papa me acalmando enquanto fazia cafuné em meu cabelo - mesmo eu tendo acabado de te conhecer hoje, eu PROMETO te levar de volta para a sua dimensão e te ajudar a derrotar esse tal de Kawaki. E também descobrir o que ouve com o meu outro eu e a sua mãe da sua dimensão - disse meu papa determinado enquanto olhava no fundo dos meus olhos.

Naomi - papa - eu disse choramingando e abracei ele, e o mesmo me retribuiu o abraço.

Boruto - shii tudo bem, pode dormir aqui - disse meu papa me pegando no colo e colocou-me na sua cama - vou trancar a porta e vou dormir no colchão que esta debaixo da cama - disse meu pai indo até a porta e a trancando, depois foi pegar o colchão em baixo da sua cama e depois foi ao seu armário pegar outro coberto.

Naomi - tem certeza que vai dormir nesse colchão? Não quer dormir do meu lado? - eu perguntei a ele e ele meio que corou.

Boruto - tenho sim, e também por que eu não quero fazer alguma besteira com você se tiver praticamente "colado" com você - disse meu papa corado e eu vi ele engolir seco.

Naomi - ahh entendi, então boa noite papa - eu disse sorrindo malicioso e fechando os meus olhos.

Boruto - boa noite - disse meu papa - filha - eu escutei o sussurrar e sorri feliz.

Foi muito bom passar pelo menos alguns minutos com o meu papa, apesar de termos a mesma idade nós nos divertimos. Pois o meu papa da dimensão não era nem 1%divertido.

Naomi - "Kawaki mesmo eu te odiando como meu papa, mama, maninho, vovó Saky e vovó Hina. Até que você me levar para outra dimensão não foi uma má ideia" - pensei feliz - "aqui eu me SINTO em casa"

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...