História A menina sobrenatural - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 22
Palavras 1.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Suspense, Terror e Horror
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Capítulo 13


Não queria falar toda a verdade pra Yoongi, tinha um pouco de medo. E se ele me odiasse?

— Yoongi, vou sair – Me levantei do sofá – Eu não demoro pra volta

— Ok – Ele diz ainda focado na tv

Abri a porta e fui pra casa de Jackson. Assim que cheguei na sua casa o mesmo estava todo machucado, Taehyung aparece também.

— Jackson – Tae diz – Fique quieto vou curar você

Taehyung encostou sua mão na cabeça de Jackson, o mesmo já não estava mais machucado.

— Você tem que contar a verdade pra Yoongi – Jackson diz sério – Se você não disser, eu digo

— O que? Não Jackson, espera um pouco – Passei a mão pelo cabelo

— Esperar o que ? Esperar que Lúcifer mate ele? – Riu – A mãe dele morreu S/n, quem vai ser o próximo?

— Ninguém – Gritei – Eu tenho algo que Lúcifer quer

— O que você tem?

— Seu filho em minhas mãos – Encarei

— Você também é quase filha de Lúcifer

— Eu não sou filha daquele desgraçado – Gritei fazendo Jackson e Taehyung cair no chão e outras coisas que estavam ali perto caíram – Não repita isso, meu pai foi um anjo, Lúcifer o matou e eu vou me vingar disso

Sai dali, fui pra minha casa. Respirei fundo pra não chorar e comecei a quebrar tudo que estava em minha frente.

**

Voltei a noite na casa de Yoongi, fiquei algum tempo conversando com ele.

— Posso fazer uma pergunta?

— Pode Yoon

— Sobre nossa relação S/n, somos o que?

— Amigos

— Não S/n – Ele se levanta – não quero ser só um amigo seu – Ele parecia estar irritado – Eu amo você

— Eu também amo você – Ele me olha, mas não sorria – você sabe que não podemos ficar juntos

— Toda vez isso – Ele gritou me fazendo ficar nervosa – Se for pra gente não ficar juntos, quero que você não apareça mais na minha vida.

O olhei sem acreditar em suas palavras, Ele nunca foi assim. Talvez fosse por minha culpa ele estar assim, nunca quis deixar ele assim, bravo comigo...

Ele apenas saiu da sala e subiu até seu quarto. Irmão de Yoon desce

— Escutei tudo, acho melhor você dar o fora mesmo – Ele me olhou – Sei que vocês se amam, mas vocês só vão se machucar em ficar desse jeito

Sumi dali, fui pra um jardim. Jardim que vinha sempre quando era criança, meu pai sempre ficava conversando comigo aqui. Meu pai apareci e cantava as vezes pra mim, amava suas asas brancas grandes.

— Saudades dele? – Lavinia aparece, ela era quase uma segunda mãe pra mim – Fazia anos que você não vinha aqui

— Desculpa sumi, precisava organizar minha vida

— Não conseguiu né?

— Lúcifer está de volta – Ela regala os olhos – Ele está atrás dele

— Você devia contar a verdade pra Yoongi, as mentiras sempre estragam tudo – Ela se levantou – preciso ir, volte sempre

Concordei e fiquei ali por algum tempo, Lavinia tinha razão precisava contar a verdade.

No dia seguinte, fui pra escola não queria ficar em casa. Tomei um banho e coloquei uma roupa e comi apenas uma fruta.

— Yoongi – Jungkook sorri – Que bom que voltou

— Não queria ficar em casa – Disse entrando na escola – Namjoon não veio?

— Esta " conversando " com uma menina – Ele sorri e já tinha entendido o que ele quis dizer – e você e a S/n? Tem alguma coisa ?

— Não temos nada – Aquilo estava doendo, queria apenas esquecer tudo como aconteceu anos atrás

— Ela dormiu na sua casa, pensei que tinha rolado alguma coisa

— Apenas uns beijos, nada mais

— Que triste isso, então você daria uma chance pra outra pessoa?

— Quem você está falando? – o encarei

— Menina nova – Sorriu – Entrou duas gatinhas na escola, vem vou te mostrar

O acompanhei até o pátio, vendo duas meninas conversando.

— Oi Jeon – Uma menina loira diz sorrindo e beija a bochecha dele – quem é seu amigo?

— Meninas esse é o Yoongi, meu melhor amigo que contei pra vocês

— É um gato – A outra menina diz e se levanta – Prazer Jennie

— Prazer é todo meu – Sorri pra ela, a mesma era muito bonita

— Me chamo Mina – A que estava agarrada com Jungkook diz

— Você já sabe meu nome, agora vou pra sala

Quando vou me virar, Jennie me puxa

— Vou com você – Ela sorri – Estamos na mesma sala

Fomos pra sala juntos, ela puxava alguns assuntos. Mas minha mente estava em outra coisa, quer dizer em outra pessoa.

Entrei na sala e olhei para carteira onde ela sentava, não tinha ninguém. Engoli seco e me sentei no meu lugar e Jennie na minha frente.

— Yoon você quer sair hoje?

— Não sei Jennie, tenho que ver

— Hoje vou ficar sozinha em casa, se você quiser ir me liga – Ela me entregou um papel.

As aulas foram de boa, Hoseok não tinha ido pra escola e Namjoon tinha sumido com sua "amiga "  Jennie me arrastou pelo braço até sua amiga e Jungkook. Menina chata

**

Dei graças a Deus que bateu o sinal pra ir embora, não aguentava mais Jisoo me olhando de cara feia do outro lado da sala, e Jennie toda hora dando em cima de mim.

— Cheguei pai – Disse jogando a bolsa no sofá – Já fez almoço?

— Vai comprar uma coisa que esqueci de comprar no mercado – Ele aparece com o dinheiro e um papel no bolso

Revirei os olhos mais fui, entrei no mercado e comprei o que ele tinha pedido, aproveitei pra comprar algumas coisas que queria. Caso ele pergunta do troco digo que não sobrou.

Passei pela garagem do mercado, mas escutei o barulho que me fez parar, e esconder atrás de um carro, Era S/n e um homem.

— Você sabe muito bem o que eu quero S/n – Ele diz sorrindo pra ela

S/n : Você nunca vai ter Isso, você só vai prejudicar ele – Ela gritou – Esqueça isso e volte para o inferno

— Não esqueça que um dia você também vai pra lá – Ele sorriu – Você é um demônio também, assim como meu filho

S/n : Ele não é mais demônio

Ele a encarou, e foi em direção dela

— Do que está falando?

S/n : Eu peguei todo seu poder, ele é um humano agora

O homem olhou pra ela com raiva, seus olhos ficaram vermelho e ele deu um grito jogando a mesma em cima de um carro, quebrando todo vidro quando ela cai.

— Sua desgraçada – Ele gritou com raiva – Por isso que não consegui encontrar ele, você roubou os poderes dele

S/n : Eu não robei os poderes dele – Ela estava na frente dele agora, mas ela não estava no carro? – Eu apenas libertei ele, não queria que ele transformasse em um demônio como você

O homem soltou uma gargalhada e a pegou pego pescoço.

— Você também é um demônio S/n, assim como eu – Ele sorriu – Eu sou Lúcifer, rei do inferno

Escutei um grito da S/n e agora ela estava enforcando o cara. Os olhos da S/n também estava vermelho

S/n : Eu vou te matar seu Maldito

— Que piada S/n – Ele riu e ela foi arremessada contra outro carro – Eu quero Yoongi e trate de trazer ele

O cara sumiu e relalei os olhos ao escutar meu nome.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...