1. Spirit Fanfics >
  2. A mina depressiva >
  3. Help

História A mina depressiva - Capítulo 5



Notas do Autor


Oiiiiiiiii turu pão ?
Boa leitura!
Espero que goste

Capítulo 5 - Help


Fanfic / Fanfiction A mina depressiva - Capítulo 5 - Help


~ ANTES ~

Então S/N, você me...

~ AGORA ~

Taehyung - S/N, você me perdoa por tudo que eu fiz pra você?

S/N- Como vc quer que eu confie em você ? Você já fez muitas coisas horríveis pra mim. Você precisa ganhar a minha confiança primeiro, depois eu te desculpo. Você vai ter que me provar que posso confiar em você Taehyung, só assim vai ter minhas desculpas.

Taehyung - Mas, o que eu posso fazer para você confiar em mim e em meus amigos?

S/N- Seus amigos ? Eles podem se desculpar e parar com aquelas brincadeiras idiotas , Mas você eu já não sei. Descubra como.

Taehyung- Tá bom! que dia você vai estar em casa S/A ( seu apelido)

S/N - S/A?

Taehyung- Sim, é seu mais novo apelido , posso te chamar assim?

S/N - a p-pode .

Taehyung- você fica fofa com vergonha.

S/N - É e-então , no sábado estou livre por que?

Taehyung- Nada não, vou te dar meu número de celular pode ser ?

S/N- Claro, bom eu já vou indo

Taehyung- Eu acompanho você.

Taehyung foi comigo até a minha casa, mas não entrou porque não queria que ele desse de cara com meu padrasto. Não quero que o Tae pense que eu tenho uma família esquisita e problemática.

Espero o Taehyung ir embora antes de entrar em casa. Mas espera Como assim padrasto família esquisita e problemática? daí que eu te respondo. Quando meu pai era vivo, minha mãe queria se separar dele mas não disse o porquê de ela querer se separar do papai. como meu pai já tinha problemas de saúde e tinha que lidar com a separação ainda por cima, meu pai ficou muito doente e morreu. Passou uns dias e eu descobri que minha mãe tinha um amante. Como eu descobri? Eu estava voltando da escola então entrei em casa mas minha mãe não estava na cozinha, fui até o quarto dela e escutei alguns sons peculiares... Sorte que a porta estava fechada. Eu fui para meu quarto me tranquei e fiquei lá até o ficante da minha mãe sair. Logo depois de uns 12 dias minha mãe me apresentou o "namorado" dela pra mim e também disse que ia se casar com ele e que agora seria meu novo pai (Nojo!) e foi morar comigo e minha mãe

como minha mãe nunca está em casa o meu padrasto fica pela manhã e a noite comigo. Ele me deu um monte regras, não posso fazer quase nada, apenas sair de casa já que o mesmo não gosta de mim e eu também não gosto dele.

O MUNDO QUEBROU O TEMPO

~ dia seguinte ~ Sábado

Estou de boas comendo e assistindo série , quando meu celular vibra e eu me assusto o fazendo cair no chão. Vou olhar o que é, Vejo que era uma notificação de mensagem:

??- Oi, S/n!!!

S/n- Quem és tu demónio?

??- Eu sou uma pessoa e você ?

S/n- E eu sou um álien . E se você não me dizer quem é você chamo a polícia!

Sla- Nossa é so uma brincadeira! É o Taehyung se acalma S/A.

S/n- A-ah Tae, desculpa aí. Por que demorou tanto pra falar que era você desgraça?

TAEHYUNG- É engraçado ver você irritada. Aliás, gostei de ver você me chamando de Tae , em fim vamos sair?

S/n- A-ah okay , mas... Que horas?

TAEHYUNG- Pode ser a 18:30

S/n- Tá bom então, até daqui a pouco, tchau

Desliguei meu celular e olhei o relógio e já são 17:30 vou para meu quarto, me arrumar quando eu vejo são 18:20 como já estava pronta deço vou para sala e espero o Taehyung.

Jin dong , Jin dong ( campainha se não entenderão)

( Coautora Evelyn; Desculpa Taina e Mari eu tive que fazer isto!)

Abro a porta vejo que Taehyung está na minha frente, ele está lindo meu deus do céu!

TAEHYUNG- Terra chamando S/N , vamos?

S/n- Sim! Claro que sim , vamos!

Fomos até o carro do Tae e entramos, logo ele liga o carro e comessamos a ir para uma rota que eu não conheço. Eu não sabia que lugar que ele está me levando, então fiquei rezando para que ele não me sequestrasse e nem nada do tipo. Até eu tomar coragem para o perguntar:

S/n - Aonde vamos?

Taehyung - Não posso falar.

Com isso não digo mais nada. Tae colocou uma música no rádio para nós irmos escutando até chegar ao local previsto. Do nada ele começa a cartar, eu fico olhando ele cantar até que o mesmo percebe e eu olho para o vidro do meu lado direito. Do canto do meu olho eu pudi ver ele dando um pequeno sorriso.

Taehyung - Vou ignorar o fato de você estar me secando quase a viagem inteira. Então, eu coloco a venda pra você.

Ele fala isso e logo com muita vergonha do que ele tinha dito antes, me viro para ele conseguir colocar melhor.

Taehyung - Chegamos! Mas você não pode tirar a venda, ainda!

Eu escutei o som abafado da porta do carro sendo batida,Taehyung saiu do carro. Sinto duas grandes e pesadas mãos encostar nas minhas , era o Tae me guiando até o local onde ele ainda não disse onde é. Nós paramos de caminhar, sinto uma respiração quente em meu rosto, o mesmo se aproxima de mim mais ainda e tira minha venda. Olho para o local com muita atenção e vejo que é um lugar lindo.

S/n- Tae , isso é ...LINDO!!- Ele estava atrás de mim então me virei e dei um abraço bem forte e apertado nele.

Taehyung - que bom que gostou mas você vai quebrar meus ossos assim.

S/N - A-ah desculpa Tae .

Taehyung- foi nada S/A.


Notas Finais


Ndmdl
Desculpa qualquer coisa
Tchauuuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...