História A mina que ele zoava (terminada por enquanto) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Anime, Colegial, Fairy Tail, Mangá, Romance, Sexo
Visualizações 114
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - Começo do fim parte 6


Fanfic / Fanfiction A mina que ele zoava (terminada por enquanto) - Capítulo 22 - Começo do fim parte 6

-Eu fiquei tai preocupado... E quando você volta ainda me bate... 

-Sério Victor?!  Eu desapareci por 2 DIAS! Eu fui espancada e quase morta pela pior pessoa que eu já conheci, eu tive que enfrentar a pior pessoa que já com conheci E QUANDO EU CHEGO EM CASA VOCÊ AINDA APARECE COM AQUELA GAROTA DE PIJAMA NA NOSSA CASA?! 

-ELA TAVA ME AJUDANDO PORRA! QUANDO AMANHECESSE AGENTE IA TE PROCURAR! - ele gritou irritado 

-SERIO, VOCÊ É UM CANALHA! - levantei a mão para dar um tapa no rosto dele mas ele a segurou e me empurrou, e de lá começamos uma briga desnecessário, eu dava tapa nele, ele me empurrava e ficamos nessa até que emfim empurrasse ele pra longe. 

-NUNCA MAIS FALA COMIGO! - e Fechei a porta com força e comecei a chorar. eu tava muito triste com ele. 

Tomei um banho já que não tinha tomado quando eu cheguei e deitei por um tempo. Me levantei e fui fazer algo pra comer lá embaixo. Ele tava lá, e assistia televisão, quando me viu deu um olhar de pena mas nem liguei. daí fazendo algo pra comer. Ao terminar eu fui comendo e então vi ele se levantando e se sentando na minha frente, parei de comer por uns 2 segundos e voltei, ele me olhava e aquilo me deixou com vergonha, eu não olhava pra ele mas então pude ver algumas lágrimas na mesa só lado dele, ele estava chorando. 

-O-O que foi...? 

-Eu... Eu fiquei com tanto medo... - ela já transbordava e então se levantou e me abraçou fortemente - Eu só pensava no pior... 

-Sinto muito... - e então ele me beijou e mw levou até o sofá, ficou me beijando por um tempo então se deitou em cima de mim,

-Eu queria te falar mas não consegui... então vou falar agora. Cordélia, eu te amo. - ele falou mesmo isso?!  Meu Deus... Eu apenas o beijei de novo, e daí dormimos. 

Fomos acordados pela companhia, era Gabriel, ele entregava alguma coisa pra Victor. Ele sorriu e veio com ela até mim. Era um monte de chocolate, eu não fiquei tão contente já que não gosto muito, já ele comeu como um desesperado. Depois disso fui fazer algo pra comer. Uma felicidade me bateu quando ele disse que me amava, e uma tristeza também. 

Ao terminamos comemos e fomos dormir, dormimos bem agarradinhos. Quando amanheceu ele ajudou nas minhas feridas e fomos pela escola. 

Chegamos e Alasca estava na porta, seu olhar veio direto em mim e então ela se aproximou e eu me afastei. Começamos a caminhar um do lado do outro, quando Maira chegou deu um pulo em Alasca dizendo que estava com saudades e eu fiquei meio triste por ela não falar comigo primeiro e tal. Essa menina já estava entrosada com eles, fico com medo de me esquecerem. 

Gabriel apareceu e abraçou Alasca também, a namorada dele estava lá também e se incomodou. As garotas populares apareceram perguntando sobre Alasca e ela só disse que estava ocupada. 


Quebra de tempo

Estávamos no intervalo e então eu resolvi ie até a biblioteca pegar um livro, mal eu sabia que na volta o monstro estaria lá. 

Ela me prendeu e começou a falar. 

-Como vai minha vadiazinha? Eu espero que mal. - eu só fiquei quieta. - Sério Cordélia, se acha que eu vou esquecer de você ou vou cansar de vice... não é o caso. Porque eu te odeio pra caralho. Só acabe com isso.- e me deu um porrada na barriga de novo e saiu. 

Eu só fiquei chorando lá. 


Uma felicidade me bateu quando ele disse que me amava, e uma tristeza também. 

Cordélia ~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...