História A Mina Que Ele Zoava (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA
Personagens HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Xiumin
Tags Bts, Hoseok, Jimin, Jungkook, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Você, Yoongi
Visualizações 652
Palavras 1.739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii bolinhos, resolvi postar o capítulo de hoje agora porque... Porque sim kkkk, tava meio sem tempo :P
Boa leitura e desculpem qualquer erro <3

Capítulo 8 - O Encontro


Fanfic / Fanfiction A Mina Que Ele Zoava (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 8 - O Encontro

POV S/N

 

Achei o convite meio "do nada", mas aceitei, ele me abraçou muito feliz, retribuí o abraço com a mesma felicidade e ele me soltou pouco tempo depois :

- Então nos encontraremos aqui as 2:30 PM certo? - Disse ele sorrindo como uma criança que acaba de ganhar o que mais queria como presente de natal. 

- Certo - Respondi rindo.

Depois nos despedir um do outro, fomos cada um para sua casa. Quando cheguei, fiz o almoço e comi. Depois de lavar a louça, olhei no relógio, eram 1:00 PM, tomei um banho de uma hora, lavando meu cabelo. Depois de terminar o banho, enrolei uma toalha em meu corpo e outra em meu cabelo e fui até o roupeiro, peguei uma regata branca, uma calça brim preta levemente rasgada no joelho e coloquei. Sequei o cabelo e fiz um leve Babyliss no mesmo, botando meu chapéu gótico preto em seguida. Desci e sentei na beira da porta e coloquei meu All Star  preto, sem meias, tranquei tudo e saí. Quando cheguei em frente ao Portão da escola o Tae ainda não tinha chegado, olhei no relógio, a 2:25 PM. Exatamente um minuto depois vi ele correndo em minha direção, ele estava simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO!!! Vestia uma calça jeans, uma camisa branca, uma jaqueta jeans, um All Star  preto e uma touca feita de tricô negra:

- Desculpe minha pequena, esperou muito? - Disse ele ofegante, rindo.

- Não, também acabei de chegar - Sorri.

- Vamos então minha babygirl? - Disse ele sorrindo e colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha, me senti uma pimenta, vermelha e (principalmente) quente.

- Vamos - Respondi enquanto ele me puxou até um parque de diversões. 

Ouvia todos gritando, rindo, conversando, animados, chegava a ser divertido apenas ouvi-los, tirando o cheiro maravilhoso de algodão doce e pipoca que pairava no ar. Taehyung me levou até um trailler onde se  vendia os ingressos.

- Quero oito ingressos - A mulher deu os oito ingressos e Tae pagou a moça.

- Me permitem falar uma coisa? - Disse a mulher, que tinha uma voz incrivelmente fofa. Tae e eu nos entreolhamos e concordamos com a cabeça. 

- Vocês formam um belo casal, se divirtam - Disse a mulher e sorriu, minha vontade era ir pra cima dela e dizer " CALA BOCA MOÇA".

- Concordo - Disse Tae me abraçando de lado, me senti arrepiar, eu JURO que tentei, mas não resisti e beijei o Tae na frente da mulher, que sorria. Tae pareceu confuso, mas logo retribuiu meu beijo, colocando a mão dele em minha nuca, acariciando os fios de cabelo na mesma. Nos separamos por conta da falta de ar, então Tae me puxou para dentro do parque de diversões:

- Bem que podia fazer isso mais vezes - Disse ele me olhando de forma maliciosa, quase derreti ali mesmo, mas se segurei.

- Quem sabe, se você se comportar talvez. - Ele riu, humidecendo os lábios.

- Quer ir em que brinquedo minha pequena

- No "Carrinho Bate-bate" - Disse, eu só tinha ido uma vez ao parque de diversões quando tinha sete anos e nem fui em muitos brinquedos, pois minha mãe não tinha muito tempo, queria me divertir muito dessa vez. 

- Ok minha pequena - Disse ele me puxando até o brinquedo. Quando chegamos no brinquedo, Tae entregou dois ingressos ao homem que os recolhia: 

- Quer ir em dupla ou em carrinhos separados? - Fiz um olhar malvado depois da pergunta dele.

- Separados - Sorri desafiadora,  e ele me devolveu o sorriso da mesma maneira. 

Tae adentrou no brinquedo e entrou em um carrinho vermelho com detalhes amarelos de número 29, e eu entrei em um carrinho violeta com detalhes pretos de número 17. Não demorou muito até o brinquedo começar a funcionar:

- Cuidado com o tombo! - Ouvi Tae gritar e logo depois bateu o seu carrinho contra o meu.

- Ah, vai ser assim então? - Disse, logo depois batendo o carrinho dele contra a parede.

Não demorou até Tae contra-atacar, resultado: nos últimos cinco minutos, tinham dois carrinhos quase destruídos, e olha só que novidade! Era o meu e o do Tae. 

- Você que decide agora - Disse rindo e ele fez uma expressão pensante, logo depois respondendo com um olhar malvado. 

- Montanha-Russa - Disse ele me olhando de forma malvada, lembro que fui aquela vez com minha mãe, morri de medo, preferia ter saltado lá de cima ao invés de ficar lá. Mas não quero "amarelar" , talvez, só dessa vez, fosse divertido, só espero que ele não tenha percebido o medo no meu olhar.

- Ok - Respondi e ele me puxou até o brinquedo,  entregando os ingressos a mulher que os recolhia.

 

POV Taehyung 

 

Depois de entregar os ingressos, entrei no brinquedo, ao lado da minha pequena, e colocamos o cinto. Percebi medo em seu olhar, somente em ouvir a palavra "Montanha-Russa". Olhei para ela e percebi que estava um pouco nervosa, será que fui muito malvado com ela? O brinquedo começou a andar, e percebi minha pequena ficar ainda mais nervosa, fiz carinho em cima da cabeça dela:

- Não fique com medo, estou aqui para te proteger de tudo que vier contra você - Depois de dizer isso, minha pequena me olhou e sorriu, me senti mais leve, enquanto ela segurou meu braço com certa força, ela estava tão fofa, linda, não conseguia tirar os olhos dela, desde quando me prendi tanto a ela? Meus pensamentos foram interrompidos pelos gritos da minha pequena enquanto o carrinho descia veloz:

- TAEHYUNG POR FAVOR ME TIRA DAQUI, ESTOU COM MEDOO!! - Ela gritou segurando meu braço ainda mais forte, mas a única coisa que consegui fazer foi rir - NAO RIA DE MIM!! - Ela gritou comigo.

- Não tenha medo, estou aqui - Disse, beijando seu pescoço com delicadeza, ela arrepiou e sussurrou meu nome de forma baixa, o que já foi suficiente para querer ela na minha cama naquele mesmo momento. Depois de um tempo, o brinquedo parou e nós descemos, acho que tinha pegado pesado demais com a minha pequena, ate que senti a mão dela segurar minha jaqueta, na parte de trás: 

- O que foi pequena? - Perguntei preocupado.

- Foi... Divertido, obrigada - Ela me olhou e sorriu, não aguentei e a peguei no colo. - Tae, todo mundo esta olhando! - Disse ela envergonhada.

- E quem liga? - Disse, respirando seu doce odor no pescoço, ela arrepiou. - Onde quer ir agora pequena? 

- N-No Carrossel - Respondeu ela.

 

POV S/N

 

Ele me levou até o carrossel em seu colo, me soltou apenas para entregar os dois ingressos para a mulher que recolhia os mesmos. Escolhi um cavalo branco e tentei subir, mas estava muito alto.

- Precisa de ajuda pequena? - Disse ele, me levantando pela cintura e me colocando até no cavalo, sorri para ele como se dissesse "Obrigada" e ele retribuiu o sorriso, montando em seu cavalo azul. O tempo no carrossel passou rápido, mais rápido do que desejei. Tae me ajudou a descer e decidimos juntos que o próximo brinquedo seria a Roda Gigante. Fomos até o brinquedo e Tae entregou os últimos dois ingressos ao homem que os recolhia. Entramos em uma cabine laranja, assim que entramos o brinquedo começou a subir:

- S/n, eu... - Tae disse, estava tão nervosa que olhei pela janela da cabine, evitando contacto visual.

- Você o que? - Disse nervosa.

- Não sei exatamente quando começou,mas desde que te vi pela primeira vez, tudo contribuiu para que... - Ele parou de falar, até que eu perguntei.

- Para que...?

- Para que a cada dia que passa, eu me apaixonar mais por você - Não consegui acreditar no que ouvi, olhei para ele por causa da surpresa, OK, TINHAMOS NOS PEGADO NO MEU QUARTO MAS EU ESTAVA SURPRESA, NÃO ME JULGUE! - Então, quer ser minha Player 2 nesse jogo chamado Vida e vamos vencer juntos? - Disse ele, parecia nervoso, mas mesmo assim mantinha um olhar tranquilo. Abracei ele e o beijei.

- Desde que eu seja a Player 1, tudo bem - Ri, fazendo ele rir também, depois disso ele me botou no seu colo e me beijou de forma gentil, amorosa, mas ao mesmo tempo quente e feroz, retribuí o beijo dele da mesma forma. Logo depois a cabine pousou no chão novamente, e Tae e eu saímos. Fui ate uma sorveteira perto da Roda Gigante pegar sorvete para o Tae e para mim, deixando-o lá me esperando. Comprei um sorvete de chocolate com creme para o Tae e outro completamente de morango, mas quando voltei vi Tae no meio de um grupinho de três garotas, ele tentava se afastar mas elas nao deixavam, até que ele me viu:

-S/n!! - Ele gritou, acenando para mim e passando pelas garotas, entreguei o sorvete para ele e observei as meninas me olharem de cima a baixo, até que elas se reaproximam de nós:

- Está aqui com ela? - Vi a loira de olhos castanhos dizer com nojo.

- E se ele estiver, algum problema? - Não queria arrumar problemas, mas elas eram muito metidas para o meu gosto.

- Ela não é aquela garota da foto que Yuki postou? - Falou a menor de cabelos negros e olhos verdes.

- Verdade - Disse a ruiva de olhos azuis.

Todas começaram a rir, até que eu disse:

- Pelo menos sou conhecida, e vocês que nem os garotos que vocês gostam notam vocês? - Parece que toquei em um ponto fraco delas, já que todas ameaçaram ir para cima de mim, como se pudessem me vencer, mas Tae se pôs na minha frente.

- Não ligue para elas, você tem a mim, My Babygirl - Disse ele, beijando minha cabeça. As meninas se foram rapidinho. Comecei a rir. - Que foi minha pequena? -Disse ele, envolvendo seus braços ao redor do meu pescoço, na minha frente.

- Te amo - Disse e beijei o nariz dele, e o mesmo sorriu.

Comemos o sorvete e ele decidiu me levar até em casa, mas no meio do caminho, começou a chover:

- Vamos s/n!! - Ele segurou minha mão e me puxou até minha casa

Assim que chegamos, abri a porta com rapidez e nós dois entramos. Assim que entramos, tranquei a porta.

 


Notas Finais


Foi isso meus amores, desculpa postar agora mas não consegui postar antes, me perdoem bolinhos ❤❤ Bye e desculpe qualquer erro 😘 (Vou conferir os erros amanhã/ hoje)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...