História A Minha Garota - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Narusaku, Sasuhina, Sasusaku
Visualizações 43
Palavras 650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora e os erros

Capítulo 6 - Capitulo 6 - Gravida ?


Pov's Sakura

—Eu conto! — Gritou a loira empolgada

—Ino eu não...

—Calada, eu vou contar —Ela me olhou com uma cara demoníaca

Melhor não me meter.

— Eu vou ser titia. —lagrimas escorriam pelo olho da loira

Eu a olhei com uma cara de " É o que ?"

Naruto me olhou com os olhos esbugalhados

—Isso é verdade Sakura ? — perguntou tia Kushina

—N... —Não deu tempo de falar nada ela só saiu me abraçando

Minha madrinha se encontrava estatica, Ino foi até ela

—Esta tudo bem ? —Perguntou a loira mais nova

—Ino me trás agua —A ultima coisa que ela falou antes de cair desacordada

Senhor, em que confusão eu me meti ?

Fui acudir minha madrinha, como ela não acordava ligamos para a emergência

—Melhor vocês irem para casa, o almoço aqui ja era. —Ino falou praticamente expulsando os Uzumakis

— Eu vou indo também não quero estar presente quando ela acordar

levaram para o hospital de Konoha

Após algum tempo naquele corredor do hospital eu finalmente recebi alguma informação

—Ela acordou —Falou Shizune

—Já era hora. —Falei eu ia entrar no quarto quando Shizune me parou

—Ela ta pior que o capeta. —Alertou

Eu engoli seco e entrei

Além de sem almoço vou ficar sem cabeça

Um vaso de flores vôo em minha direção

‎— Calma, madrinha assim o tio Hashirama precisaram de uma nova sede em Konoha —Tentei a acalmar o que causou o efeito contrario

‎ —Sakura, você nem terminou a faculdade que aliás está tancada a dois anos. —ela começou a falar —Sabe a responsabilidade que uma criança trás ?

‎— M... —Eu tentei falar

‎ —Calada, você está aqui para me escutar.—Eu me encolhi

‎depois de algumas horas escutando ela falar sobre o que era ser responsavel por uma vida eu ja estava quase dormindo

‎já eram exatas 20:06 da noite e eu ainda estava no hospital

‎ —Ja fez os exames para iniciar o pré natal ? — pergunto

‎ —Depois eu faço —respondi inconcientemente

‎ —Bem, a Shizune ja te deu alta a uma hora acho que já podemos ir. —falei

‎Eu estava quase dormindo na cadeira

‎ —Certo, mas eu não vou andando. Já que a senhorita fez o favor de quebrar o carro—Ela falou como se o carro fosse dela, por que ela não me deu a chave da Ferrari dela antes de desmaiar ? Assim ela não precisaria ir andando

‎Ela pegou o MEU celular e ligou para alguem, provavelmente um dos empregado do tio Hashi

‎ — Vamos já estão nos esperando na porta. —ela saiu me puxando

‎Esse é um dos benefícios de ser filha de um dos homems mais ricos da cidade, motorista vinte e quatro horas

‎Adentramos o carro e ela continuou a tagarelar mais sobre crianças

‎ —Mas me diga Sakura quem é o pai? —prguntou a loira

‎ —O pai de quem ?—perguntei

‎— O da criança —respondeu a loira

‎ —Que crança ? —Eu perguntei sem entender nada

‎Paramos em frente ao meu condominio

‎ —Não se esqueça, você tem que buscar o carro na concessionária amanhã já que deu PT no ultimo, mas não vá se acostumando, esse é o ultimo carro que eu compro pra você —Ela falou enquanto abria a porta e fechou antes mesmo de eu dar chance de resposta

‎Correção "Esse é o ultimo carro que meu pai paga para você"

‎Já que ela não tira um centavo do bolso para comprar as coisas para mim.

‎ Da ultima vez ela falou a mesma coisa quando o carro capotou, mas quem estava no volante era a Ino então não venham me culpar.

Comprimentei o porteiro peguei o elevador e entrei em casa e então pegue o telefone liguei para uma pizzaria e pedi uma pizza, estava morta de fome já que o almoço foi meio que arruinado adsim que a pizza chegou eu comi, tomei um banho e me deitei afinal amanhã é vai ser um longo dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...