História A minha garota - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lesbicas, Romance
Visualizações 20
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 10 - Jantar


   Depois que terminamos o que estávamos fazendo, fomos para o quarto, eu estava deitada na cama mexendo no celular e Natália sentada na cadeira mexendo no celular.

Natália: Eu odeio a Clara!

Amanda: O que ela fez?

Natália: Ela fica mandando mensagem.

Amanda: O que ela disse?

Natália: Perguntou se a gente podia sair.

Amanda: Essa menina não tem vergonha na cara ne?

Natália: Não mesmo.

Amanda: Eu conheci um garoto hoje.

Natália: A, legal.

Amanda: Ele diz te conhece, não sei se você se lembra dele.

Natália: Fale o nome.

Amanda: Bruno.

Natália: A, sei quem é.

Amanda: Ele é super legal, adorei ele.

Natália: Ele é legal mesmo.

Amanda: Está tudo bem?

Natália: Está, pq não estaria?

Amanda: Não sei, vai que você fica com ciúmes do amor da sua vida...

Natália: Cheia de gracinha você.

Amanda: Sou convencida bb

Natália: Não é não, vai que você é o amor da minha vida mesmo.

Amanda: Nunca se sabe ne.

Natália: Pse.

Amanda: Vou sair com ele amanhã, quer vir junto?

Natália: A, vou deixar vocês se conhecerem, não quero atrapalhar.

Amanda: Você não vai atrapalhar.

Natália: Que horas?

Amanda: Acho que 18 horas e voltamos 21 horas, por ai.

Amanda: Vamos??

Natália: Vamo.

Amanda: Eeeeeh, obrigada.

Natália: De nada.

Passou um tempo, a gente ficou conversando, Natália foi tomar banho, eu arrumei minha mala, depois eu e Natália ficamos conversando mais.

Amanda: O que você acha da gente fazer um jantar???

Natália: Eu sou péssima na cozinha.

Amanda: Não importa, vamos?

Natália: Vamos.

Descemos para a cozinha.

Natália: O que você quer fazer?

Amanda: O que você acha da gente fazer strogonoff com arroz e batata palha??

Natália: Tá bom então.

Amanda: Mas será que tem os ingredientes?

Natália: Não sei, mas espero que tenha.

Procuramos as coisas para fazer o jantar, depois que achamos tudo, o que foi um milagre, começamos a cozinhar.

Natália: Por que sua mão está queimada?

Amanda: Queimei fazendo o almoço.

Natália: Nossa, colocou algum remédio?

Amanda: Não, eu nem liguei.

Natália: Não está doendo?

Amanda: Um pouco.

Natália: Vou pegar uns negócios para passar e um curativo.

Amanda: Não precisa.

Natália: Claro que precisa.

Natália: Voltei.

Natália: Me da sua mão.

Eu dei minha mão para ela, e ela passou uma pomada e colocou o curativo.

Amanda: Obrigada.

Natália: De nada.

Natália: Você pegou o Bruno?

Amanda: Não.

Natália: Ah.

Amanda: Por que?

Natália: Só queria saber mesmo.

Amanda: Tendi.

Depois que terminamos o jantar, arrumamos a mesa e ficamos esperando os pais da Natália.

Estávamos sentadas no sofá a espera deles, até que ouvimos o barulho do portão, e o carro.

Mãe: Ooi meninas! - Minha mãe falou entrando.

Pai: Que cheiro bom de comida.

Pai: Oi meninas!

Amanda: Eu e a Natália fizemos o jantar.

Natália: Você ne? Eu nem fiz nada praticamente.

Amanda: Você ajudou sim.

Mãe: Então, eu vou tomar banho, e seu pai também, ai vamos jantar.

Natália: Ok mãe.

Eles subiram para tomar banho, enquanto a gente assistia tv.

Alguém estava ligando para mim, então fui ver quem era, era minha mãe.

ligação- On

Mãe: Ooi filha!

Amanda: Oi mãe!

Mãe: Tudo bom?

Amanda: Sim, e ai?

Mãe: Sim.

Amanda: Estou com saudades.

Mãe: Também estou filha.

Mãe: Logo estarei ai.

Amanda: Que bom então.

Amanda: Vai vir quando??

Mãe: Era para ser depois de três semanas, mas vou ir antes, com certeza daqui 2 ou 1 semana.

Amanda: Ah, que ótimo mãe!

Amanda: Como está o meu pai?

Mãe: Está bem.

Amanda: Que bom.

Mãe: Você abriu a casa?

Amanda: Esqueci, desculpa mãe, vou abrir amanhã.

Mãe: Não esquece.

Mãe: Está tudo bem ai?

Amanda: Sim, está.

Mãe: Como foi o reencontro com a Natália?

Amanda: Foi bom, ela está bem diferente, mas foi incrível vê-la novamente.

Mãe: Que bom, meu amor!

Amanda: Simm.

Mãe: Preciso ir filha, bjs, se cuida, amanhã te ligarei.

Amanda: Ok mãe, bjs, se cuida também.

Mãe: Te amo.

Amanda: Também te amo.

ligação- off

Natália: Era sua mãe?

Amanda: Sim.

Natália: Está tudo bem?

Amanda: Está.

Amanda: Ela ligou para saber como eu estava.

Natália: Ah, que bom.

Amanda: Sim.

Eu me aproximei para beijar a Natália.

Natália: Não.

Amanda: Por que?

Natália: Eu não quero.

Amanda: Eu fiz algo?

Natália: Não também.

Amanda: Então me conta porquê você não quer me beijar.

Natália: Depois a gente conversa.

Amanda: Tá bom.

Os pais da Natália desceram as escadas, então a gente saiu do sofá e fomos pegar a comida, por incrível que pareça estava quente ainda.

Colocamos sobe a mesa para comermos, então sentamos na mesa, e nós servimos.

Mãe: Como foi a tarde de vocês?

Amanda: Foi boa.

Natália: É, foi.

Pai: De quem é aquela rosa?

Amanda: Minha, eu comprei hoje.

Mãe: Muito bonita, foi naquela floricultura aqui perto?

Amanda: Sim.

Natália: Além dela ir na floricultura, conheceu meu ex amigo.

Amanda: Sim, fiz um amigo.

Natália: Sei, amigo.

Amanda: Está com ciúmes?

Natália: Não.

Mãe: Como é o nome dele?

Amanda: Bruno.

Mãe: É aquele Bruno que trabalha com os pais num restaurante, Natália?

Natália: Esse mesmo.

Mãe: Um ótimo rapaz.

Pai: Sim, eu até achei que o Bruno e a Natália estavam juntos, claro que nem sabíamos da sexualidade dela, mas é que eles andavam grudados.

Natália: Eramos ótimo amigos.

Natália: Foi uma pena que nos distanciamos um do outro.

Amanda: Mas podem voltar a se falar.

Natália: Não sei.

Amanda: Chata.

Amanda: Tia, eu vou sair amanhã com o Bruno, a Natália vai junto.

Mãe: Tá bom então.

Amanda: Vamos voltar cedo se for possível.

Natália: Eu trabalho, a gente tem que voltar cedo mesmo.

Amanda: A, verdade ne.

Mãe: Cheguem umas 20 horas, por ai.

Natália: Pode ser.

Mãe: Natália, lembra que você queria falar comigo?

Natália: Lembro, no dia da festa ne?

Mãe: Isso mesmo.

Natália: A gente pode conversar depois.

Natália: Como foi o trabalho de vocês?

Pai: Foi tudo bem.

Mãe: Foi tudo bem também.

Natália: Que bomm.

 Depois conversamos mais, e fomos levar a louça, e ajeitar tudo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...