1. Spirit Fanfics >
  2. A Minha Professora de Matemática (Lésbicas) >
  3. Na casa da professora

História A Minha Professora de Matemática (Lésbicas) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Eae galera, desculpa a demora kk, eu atrasei um pouco mas ta aí...espero que gostem!

Capítulo 3 - Na casa da professora


Fanfic / Fanfiction A Minha Professora de Matemática (Lésbicas) - Capítulo 3 - Na casa da professora


Entro na imensa casa usando as minhas chaves e vou direto para o andar de cima colocar minhas coisas no meu quarto.



"BZZZ....BZZZ..."



-Putz...cade a poha do meu celular? -Falo para mim mesma procurando o aparelho.



"BZZZ...BZZZ..."



Eu sempre deixo meu celular comigo, mas por algum motivo hoje eu coloquei ele dentro da minha mochila.



-Achei!



Quando olho na tela do aparelho tem 5 ligações perdidas da Yasmin. Faço negação com a cabeça e ligo de volta para ela.



Ligação on



-Agora a bonita fica comendo a professora e não atende mais as ligações da melhor amiga...


-Não foi dessa vez. -Dou risada.


-Ah não acredito! Vocês ficaram 30 minutos sozinhas e não se pegaram?


-Não.


-Que vergonha!


-Nós vamos se encontrar hoje a noite, então...


-Nossa! Vão se encontrar aonde?


-Na casa dela.


-Caralho!


-Neh...


-Bom, já que vocês não estavam se comendo..porque a senhorita não me atendeu?


-Porque eu tava com o celular dentro da mochila e não ouvi tocando.


-Meu Deus Isabela! -Ri



-E a senhorita? Não vai me falar porque estava me ligando desesperadamente?


-Ah sim! Então...


-Ihh lá vem!


-Você poderia liberar a casa pra nós hoje de tarde, o que acha?


-É sério que era isso?


-Aham!! Por favor Belinha! -Implora.


-Você nunca me chama de Belinha...


-Prefere Bela? E que tal isa?


-Yasmin! 


-Oi?


-Fala pra trazerem roupa de piscina!


-Aaaaa te amo! -Fala animada.


-Hmm...não quer mais nada não?


-Erhh, bom...


-Não acredito! Porque eu fui perguntar?


-Como seus pais vão viajar e vão voltar só amanhã de tarde...


-Espera! O que? -Interrompo. -Meus pais vão viajar?


-Sim.


-E como você sabe?


-Eu liguei para perguntar como eles tavam e bom, eles me disseram.


-Ah, esqueci que você é amigona dos meus pais!


-Tá deixa eu terminar, nós podiamos imendar a tarde com a noite!


-Você tá falando em dormirem na minha casa?


-Isso.


-Não!


-O que? Porque não?


-Porque eu vou sair á noite esqueceu?


-E vai deixar uma menor sozinha? Que feio Isabela!


-Ela tem 16 anos, Yasmin!


-Mas igual...qual é? Por favor, a gente não vai destruir a casa! E eu prometo cuidar muito bem da sua irmã.


Aham, esse cuidando seria comendo a Mariana.


-Vou pensar no seu caso!


-Tá, mas pensa rápido ok?


-Aham. Tchau!



Ligação off




Eu que lute com essas pragas na minha casa. E pelo jeito vão dormir aqui  pois um não para a Yasmin é a mesma coisa que não falar nada, então é bem provável que ela vá dizer para todo que eu deixei posarem na minha casa.



Desço as escadas e encontro a minha irmã na sala mechendo no celular.



-Meus amigos vão vir aqui em casa hoje de tarde! -Comento.



-Hmm. -Resmunga sem tirar os olhos do aparelho.



-Você ouviu o que eu disse? -Pergunto indignada.



-Aham.



-A Yasmin vai vim!



-O que?



-Agora você escuta o que eu falo neh?



-Ah, mas...eu tava ouvindo antes sua chata!



-Tá...



A minha irmã tem uma queda pela Yasmin, e eu sei que a Yasmin também tem por ela mas as duas são mais paradas que tartarugas em areia movediça.



-E tem mais uma coisa...-Completo.



-Fala.



-Eu vou sair á noite!



-Hmmm com quem? -Encomoda.



-Não posso contar! Ainda...



-Mas é um menino ou uma menina? -Pergunta.



-Eu falei que não posso contar.



-Só me fala se é menino ou menina, se não eu conto que você vai sair! -Ela é uma praga.



-Agora você faz chantagem?



-Aham...Conta logo!



-É uma menina!



Ela me olha com um sorriso malicioso, e eu não sei porque mas eu coro.



-Aproveita bastante, até porque vocês não precisam gastar com camisinha. -Ri.



Quando eu falo que minha irmã não existe, ela não existe mesmo!



-Hahaha muito engraçadinha! -Debocho. -E você, vê se não come a Yasmin com os olhos! Também não esquece do babador, porque vai precisar! -Falo rindo e ela me mostra a lingua.



Ignoro a minha irmã como eu sempre faço e vou para a cozinha comer alguma coisa, apesar de que nem fome eu tenho. 



Logo ouço a campainha tocar. Meus amigos vieram em 5, Yas, Duda, Vih, Tales e Gui.



Vocês não conhecem a Duda e a Vih porque elas faltaram aula hoje. E o Guilherme? Também faltou mas ele tinha motivo, o menino é capitão do time de futebol da escola e hoje era o jogo da semifinal deles.



-Eai Isa! Como vc tá? -Diz a Vih me abraçando.



-Bem e vc? -Falo a abraçando de volta.



-To bem! Meu Deus que saudade!




-Haha mas faz só 3 dias que a gente não se vê. -Começo a rir.



-Uma eternidade não acha?



Eu abrecei todos os meu amigos e nós fomos para o quiósque de casa, logo eles colocaram as bebidas na geladeira e vestiram as roupas de banho.



-Vocês sabem que vão limpar tudo depois neh? -Falo para eles que me olham com desaprovação. -Eu to falando sério! -Dessa vez falo olhando para a Yasmin.



-Ok, ok, a gente limpa tudo! -Faz rendição com as mãos.



-É bom mesmo!



Meus amigos são simplesmente incriveis, nos divertimos e bebemos muito, ah....e não posso esquecer da piscina, logo a Mariana também veio para o quiósque, e é obvio que a Yasmin ficou babando nela e vice-versa, elas tinham que se pegar logo! Apesar de que eu não entendo muito a Yasmin gostar da Mariana (deve ser porque ela é minha irmã), mas cada um é cada um neh? E é obvio que eu não deixei a menina beber, pois sou uma irmã muito responsável! (Quem vê diz que sou kkkk)



Eles se dividiram nos quartos de hóspedes, que são 3(um exagero neh?), não sei muito bem o que decidiram só espero que em um deles fique a Yasmin e a minha irmã! Se der tudo certo é claro.



Uma hora ou outra eu contei que ía sair, só não disse com quem pois minha irmã estava alí, e é claro que a Vih a Duda e o Gui íam surtar se soubessem que eu to de rolo com a professora nova, que eles nem conhecem por sinal.



A Raquel me mandou o horário que vamos nos encontrar e o endereço da casa dela, isso foi logo depois que nós saimos da piscina, ou seja, era umas 4 horas da tarde, agora se eu não me engano são 19:45.



Vou indo para não me atrasar, porque de acordo com ela eu não sou pontual.



Me despeço dos meus amigos que me dão boa sorte, e eu só consigo pedir para que eles tenham juizo e que a responsabilidade da casa está nas mãos da Yasmin e do Guilherme, a Yasmin porque ela deu a idéia, e o Guilherme porque ele é mais velho e também é capitão, acho que influencía em alguma coisa.



Fui até a garagem e peguei a ferrari vermelha que eu ganhei de aniversário. Ela estava do lado dos outros 5 carros de luxo do meu pai, não posso esquecer também das 2 motos dele, e se vocês acham que acabou...não, ele ainda tem um Helicóptero que fica na casa de praia dele com uns 5 seguranças espalhados por toda a casa.



Aí vocês se perguntam porque eu tenho motorista com uma FERRARI na garagem, não é? Porque meu pai ainda não tem confiança suficiente de que eu possa dirigir todos os dias, nem que seja parar ir até a escola. Por isso uso ela só de vez enquando. Acho que ele tem medo de que eu possa fugir kkkkkk já que ele e minha mãe quase nem param em casa, mas vai entender neh...



Em poucos minutos eu estava no endereço enviado pela minha professora. E puta que pariu, ela tem um mansão tão linda quanto a minha! Mas era de se esperar.



Estaciono a minha ferrari e vou na direção da porta, respiro fundo e calmamente bato nela.



-Olha só quem chegou no horário! -Brinca.



-Eu disse para você que eu sou bem pontual! -Entro na brincadeira e ela ri.



-Pode entrar! -Me deu passagem. -Tenho uma coisa pra mostrar pra você lá em cima.



Eu entro e subo com ela até o andar de cima. Da pra se perder nessa casa! No andar de cima tem vários corredores, nós entramos no primeiro a esquerda em uma porta que se localiza próxima a uma parede vermelha sem janela alguma. Entro no local e posso ver nítidamente uma sala de aula.



-Você tem uma sala de aula na sua casa? -Pergunto confusa.



-Eu dou aulas particulares de Matemática. -Responde. -Agora veste isso!



Ela me entrega umas roupas, era uma peça de uniforme bem curta, quase como aquelas de atriz pornô.



-E se eu não quiser? -Pergunto me fazendo de dificil.



-Você vai! -Manda com aquela voz séria que só ela tem, me fitando com aqueles olhos castanhos. Parece que eu não tenho escolha!



-Eu vou vestir aqui? -Pergunto me referindo a ela estar no mesmo cômodo que eu.



-Não, na escolinha da professora Raquel tem banheiro.


O jeito que ela consegue ser debochada e séria ao mesmo tempo é incrivel.



-É a quinta porta a direita. -Completa.



-Ok -Falo saindo da sala e seguindo as instruções dela. Até porque eu não tenho escolha, certo?



Coloco a roupa e...realmente! Eu pareço uma atriz pornô lésbica do colegial. É um úniforme muito parecido com o da escola, só que com uma saia bem mais curta, ela me deu até as meias longas que usamos no úniforme.



Ok, admito que eu tô muito gostosa!



Retorno para a "sala de aula" com um pouco de dificuldade, até porque a casa dela é enorme. Quando entro no cômodo eu coro absurdamente, eu posso ver o olhar de desejo em seus olhos, ela literalmente está me comendo com os olhos, mordendo o seu lábio inferior de uma maneira tão sexy, acho que eu vou enfartar.



E parece que eu não sou a unica "uniformizada", ela está usando uma saia colada preta, e um camisa social branca com alguns botões abertos de uma maneira bem provocativa, ah...não posso esquecer do seu salto alto preto que a deixa mais sexy, que mulher gostosa!



-Vai ficar me olhando ou vai escolher uma classe para sentar? -Ela me tira do meu transe, e eu rapidamente me sento em uma carteira localizada bem na frente.



Permaneci em silêncio analizando cada movimento seu.



-Eu sou a professora...e você é a aluna rebelde que não gosta de matemática, se interessa somente por artes e eduacação fisica -Fez cara de nojo quando falou das outras matérias. -E eu, como uma boa professora, te ensinarei a gostar. Ou por boa vontade, ou na marra mesmo!



-Lembrando que você tem até o fim de semana para me convencer disso! -Dou um sorriso convencido que ela não deixa de notar.



-Dês de já saiba que eu não perco desafios.



-É o que nós vamos ver! -Provoco.


Notas Finais


E ai? O que acharam? Kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...