História A Minha Própria Guerra (imagine Suga) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Visualizações 22
Palavras 284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiii denovo!!
Admito que estava com preguiça de postar o capítulo e está se tornando cada vez mais difícil encontrar ideias.

Capítulo 12 - Pesadelos


Fanfic / Fanfiction A Minha Própria Guerra (imagine Suga) - Capítulo 12 - Pesadelos

Eu estava novamente no pesadelo que passei,quando minha casa na pequena vila foi atacada e me perdi da s/i.

Eu vi a s/i cozinhando e tentei alertar ela o mais rápido possível,ela não me escutou até que ouvi os barulhos novamente,corri o mais rápido possível para fora e consegui olhar muitas das pessoas morrendo de maneiras dolorosas,o cheiro de sangue tomou conta do meu nariz,foi quando eu vi s/i gritar para alguém,esse "alguém" me jogou uma flecha e desmaiei.

Acordei ofegante e suando,coloquei a mão na boca abafando os soluços enquanto as lágrimas caíam,quando me levantei minhas pernas pareceram bambas e fui até a porta me apoiando nas paredes mas alguem segurou meu braço. 

--O qu-?!!

--Calma sou eu,onde está indo.

Quando escutei a voz de Suga com quem me familiarizei soltei um suspiro de alívio.

--Tive um pesadelo,quero ir tomar um ar,preciso pensar.

--Quer fazer isso sozinha?

--Eu...ahn...

Escutei a leve risada dele e de alguma maneira sorri.

--Vem,eu te levo s/n.

--Obrigado.

Enquanto íamos para fora andar,foi quando notei ter pelo menos um pouco de atração por ele,estava noite e isso só piorava para meu coração aguentar a vontade de abraça-lo.

--Está tudo bem?

--S-sim,claro.

--Com vergonha de andar com um príncipe sozinha a noite?

Escutei o tom da piada mas mesmo assim corei,e rezei para que a luz da lua não  mostrasse o rubor nas minhas bochechas.

--Não é isso,Suga?

--Sim?

--Acha que em tão pouco tempo alguém poderia se apaixonar?

--Dependendo das pessoas,por que a pergunta?

--Por nada.

--Por acaso...se apaixonou por mim?

--O que?!Não,nada disso. 

Ele parou de andar e se virou me abraçando.

--Posso te machucar mas...não consigo evitar.

Ele se afastou um pouco e beijou o topo da minha testa.

--Vamos continuar andando.

Olhei ele se afastar surpresa mas logo corri para alcançar ele novamente.

--Você me deixa louco s/n.

Ele sussurou mas pude ouvir.


Notas Finais


Bem é isso,espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...