1. Spirit Fanfics >
  2. A Minha Ruiva >
  3. Capítulo 2

História A Minha Ruiva - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo 2 vamos lá hihihi ❤️❤️❤️

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction A Minha Ruiva - Capítulo 2 - Capítulo 2

Ainda não entendo porque tanto preconceito e maldade no mundo, porque tanto julgamento e judiação uns com os outros, sinceramente...isso não leva a nada

Ruby:Anne cabelos Extremamente Flamejantes, você certamente é a garota mais afrontosa,tirando eu claro,que já conheci-a mesma fala,fazendo eu ri

Anne: não é questão de ser afrontosa Ruby,as vezes pra botar alguém no seu lugar não se usa apenas palavras e sim os punhos também-falo massageando suavemente a área extremamente dolorida da minha mão 

Diana: nunca vi tanta verdade dita em um dia,quero ver a cara da Josie Pye quando o diretor ver ela com aquela blusa extravagante dela,ela e o Billy vivem grudados

Jerry:faz sentido já que os dois estão juntos e quase se comendo em qualquer lugar-o mesmo fala quase rindo 

Charlie:namoral, não sei vocês mais vou continuar jogando-o mesmo fala voltando a jogar com os outros garotos

As meninas voltaram a jogar assim como os meninos e eu apenas me sentei na primeira fileira da arquibancada

Anne:droga! A vida é complicada mais também é muito simples e pessoas insistem em torná-la mais difícil-falo enquanto reviro os olhos por conta da dor

???:criando conspirações contra a vida cenoura

Anne:qual é! Vai querer leva um murro na cara também- falo sem olhar para o embuste que riu,fazendo me o encarar e perceber que era o garoto dos olhos maravilhosamente esverdeados "Gilbert"

Gilbert: Tão temperamental como seu cabelo senhorita-o mesmo fala debochado,oque me fez revirar os olhos e jogar a cabeça para trás

Anne:se veio para falar mal da minha pessoa extremamente TEMPERAMENTAL, sugiro que se levante e de meia volta antes que meu tênis voe na sua cara ou você prefere a minha mão,senhor Blythe?- o olho debochada,fazendo-o mesmo rir

Gilbert: você é interessante cenoura-disse se levantando- e muito atraente- fala indo embora

Anne: Atraente é,Tsc, debochado -falo bufando,dessa vez me jogando no chão da quadra e ficando ali deitada no fresquinho- magníficamente maravilhosoo -digo sentindo meu corpo se tranquilizar ao sentir o frio do piso gelado

Desejos,desejo enorme de comer sorvete de napolitano ou de chocolate,desenho gigantesco de comer gelo,desejo gigantescamente gigante de tomar um chocolate bem quentinho pra aquecer o coração

Diana:Desejos,desejos,desejo a enorme árvore de algodão doce rosa-disse a mesma rindo da minha cara,acho que pensei alto de mais

Ruby: não não Diana,desejo o enorme rio de chocolate amargo maravilhoso-fala e as duas riem

Anne: vocês são tão Engraçadas -falo em um tom irônico logo rindo com as duas

O sinal toca e fomos para o intervalo,eram exatamente 15:00 e pelo que eu sei o intervalo acaba 15:30, não tenho costume de comer na escola então fui para o jardim que ficava do lado do pátio

Era incrivelmente incrível como a brisa fresca fazia as folhas da árvores dançassem,dava  ar de tranquilidade ao jardim que tinha muitas margaridas espalhadas pelo lugar,mais oque deixava tudo mais bonito era a árvore no centro de tudo

Eu tinha 30 minutos de paz e tranquilidade,tinha alguns alunos encostados no muro se pegando mais não liguei muito, então apenas coloquei meu fone e retirei meu livro da mochila, é um jeito peculiar,ler livros enquanto escuta música, certamente diferente mais maravilhosamente bom

Ao som de Miia-Dinasty eu lia "A Menina Que Roubava Livros" encostada sobre o enorme tronco de árvore 

Percebi alguns meninos vindo em minha direção e adivinhem, Billy Andrews estava no meio,era o famoso Rei leão da escola,aquele que mandava e se achava superior a todos,como primeiro dia de aula de experiências própria,criei essa teoria que não passa de uma realidade comprovada por Anne Shirley Cuthbert

O trio de Play Boy valentões para na minha frente e eu que sou nenhum pouco sonsa apenas continuei lendo meu livro, até sentir meu fone ser retirado brutalmente de meus ouvidos

Anne:qual o seu problema!-levanto empurrando o mesmo que ri sarcástico

Billy:meu problema é você vadiazinha-fala com seu sorriso ladino na qual me dá vontade de socar essa merda que ele chama de cara

Anne:achei que a vadia aqui era a sua namorada Andrews-sorri debochada- que eu saiba não sou eu que fico com mais de um garoto-sussurro em seu ouvido,vendo o mesmo rosnar de raiva, recolho minha mochila e caminho até o pátio

Billy: você é uma órfão selvagem, não é atoa que seus pais te deixaram pra apodrecer naquele orfanato-o mesmo fala virando para Anne que permacia parada- é eu sei querida, você é uma cadelinha que foi deixada pelo próprio papai e mamãe por ser uma aberração!

Aberração...

Nessa hora tudo parou,senti a brisa me levar e tudo ficou lento

Quando percebi larguei minha mochila no chão e corri em direção a Billy partindo pra cima dele 

Anne: EU..-derrubei o mesmo no chão,ficando em cima dele- Não..-acertei um soco em seu nariz- sou..-o soquei denovo- uma..-mais um soco- ABERRAÇÃO!!- grito o socando uma última vez,vendo seu nariz escorrer sangue,me levanto e olho para o garoto caído no chão que rosnava de raiva enquanto se levantava- não mecha comigo Andrews- digo pegando minha mochila e o olhando com um sorriso debochado- se não você vai conhecer o verdadeiro inferno 

Após minha últimas palavras vou em direção ao pátio, escutando gritos agudos de dor e raiva vindo de Billy Andrews,minha mão tinha ferimentos leves,mais se eu não cuidasse poderia infeccionar

Vejo Diana,Ruby,Jerry e o resto do pessoal sentado em uma mesa conversando

Diana:Anne!-a mesma acena ao me ver e vou em direção da mesma

Anne:oii pessoal- digo me sentando e sentindo um ar de tranquilidade

Gilbert:Parece que alguém está um tanto que explosiva hoje, não é mesmo cenoura- Blythe fala me olhando com seu sorriso maravilhosamente irônico oque me fez revirar os olhos e sorrir ladinho

Anne: pra sua informação ninguém tá explosiva aqui, Blythe-falo pegando a caixinha de Toddy a sua frente e começo a tomar

Gilbert:okay cenoura Cuthbert-o mesmo fala oque me fez o olhar de relance e o metralhar com os olhos enquanto tomava meu toddynho

Infelizmente fomos interrompido pelo diretor que pronunciava atravéz do Megafone o nome "Anne Shirley Cuthbert" eu automáticamente sorri ironicamente

Ruby: Oque aconteceu e porque o diretor tá te chamando Anne

Diana: Cabelos flamejantes oque vc fez

Anne: nada de mais, só mostrei um pouquinho dos meus punhos para o Andrews-sorri me levantando

Gilbert:Eu disse, um tanto que Atraente- o mesmo fala me fazendo revirar os olhos e então da meia volta

Anne:vou caminhando,a jornada é longa até a diretoria-sorri dando Thau é um beijo para os mesmo que estavam surpresos mais ao mesmo tempo riam,pude ouvir Diana falar "flamejante como os cabelos" oque me fez rir

Andei até a diretoria e parei em frente a porta,bati e logo escutei um "pode entrar"

Anne:me chamou diretor-falo adentrando a porta e fechando a mesma,olho e sentado na cadeira estava o famoso Rei Leão ,sorri e então sentei na cadeira ao seu lado

Diretor: agora,quero saber o motivo por isso tudo e porquê você bateu nele-o mesmo fala sério

Anne: não está claro,nosso querido Andrews é um idiota machista que se acha o todo poderoso e apanhou para uma garota cujo TENTOU ATINGIR com sua realidade vida de órfão-disse cuspindo as palavras enquanto olhava para o Billy

Billy:mais é verdade você é uma vadia órfão de merda- o mesmo fala oque me fez levar um soco até sua cara,mais fui impedida pelo diretor que segurou minha mão- selvagem órfão

Diretor: CHEGA VOCÊS DOIS!, Billy você não tem o direito de falar da vida de Anne da mesma forma que ela não deve falar da sua,me poupe de seus xingamentos,isso foi uma lição, você serão punidos e não quero mais conflito entre vocês dois nessa escola,ENTENDERAM

Billy: então eu vou ser punido por causa dessa sardenta,EU QUE APANHEI AQUI-o mesmo fala e dessa vez soquei sua cara por completo

Anne:QUE É A SARDENTA AQUI!-falo totalmente irritada

Diretor:PAREM VOCÊS DOIS- disse chamando nossa atenção- está decidido,agora será um mês de punição e nada de Aah, agora se retirem-o mesmo fala e nóis dois saímos da sala

Billy:você me PAGA!!- fala me empurrando contra a parede,o empurro de volta 

Anne:eu não tô nem aí para oque você fala ANDREWS,se acha que vou me rebaixar ao seu nível só porque sou uma garota está enganado-agarro a gola de sua camisa- meninas podem fazer tudo o que os garotos fazem e mais,lembre-se disso antes de me provocar novamente,se não da próxima vez você vai levar um chute bem na sua região de baixo-digo e em seguida saio dali

Não se deixe levar só porque você é do sexo oposto,todos tentaram te atingir sendo menina ou menino, então não deixem,mostre que você é forte é comentários maldosos não te atingiram






Continua....










Notas Finais


Foi isso meus amores,um beijão 😍❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...