História A minha vida tràgica - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Minha Vida Tragica, Mistério
Visualizações 13
Palavras 296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vamos a mais um capítulo!

Capítulo 12 - A revelacao e o regresso a casa na America...


Fanfic / Fanfiction A minha vida tràgica - Capítulo 12 - A revelacao e o regresso a casa na America...

Voltei a adormecer. Passado algum tempo senti uma picada no pescoço... acordei logo. Tinha recuperado os sentidos. olhei para a frente e desta vez vi apenas o rapaz mais novo. Podia estar maluca, mas eleparecia-se comigo. Estava a olhar fixamente para mim.  

-porque estou aqui? quem és tu é o que queres de mim? 

Rapaz- eu sou alguém que nunca se devia ter separado de ti...

-eu conheco-te? 

Rapaz-não, mas devias... ao menos gostava que conhececes... O meu nome é Austin, dis-te alguma coisa? 

-nao, não diz. 

Austin- bem, à 15 anos atrás ouveum acidente de carro em que seguia um homem, uma mmulher e dois bebes gémeos, um menino e uma menina. Nas notícias deram o menino como morto, pois os pais pegaram nele e deixaram-no num orfanato. Esse bebê era eu, e a menina eras tu. Nos somos irmãos gémeos...

Eu,que estava a chorar bastante apenas disse: porque me raptaste então? 

Austin- porque eu sabia que nunca irias acreditar em mim. Foi pelo melhor... eu tinha de te conhecer... eu entendo que não queiras saber de mim, tens uma vida perfeita e eu não sou nada nela... 

-claro que quero! És meu irmão... 

Austin- Eu vou levar-te a casa, mas adorava voltar a ver-te, o teu namorado já deve estar preocupado...

3 horas depois...

Cheguei a casa,disse adeus a Austin com um abraço e toquei a campainha, e quem abriu a porta foi Peter, que assim que me viu abraçou-me logo. Expliquei-lhe tudo o que aconteceu, e ele parecia tão chocado quanto eu. Peter disse que o queria conhecer, e foi o que os pais de Perder disseram também... tomei banho e fui para o quarto, onde Peterson se juntou a mim e adormecemos ele de barriga para cima e eu usando os abdominais dele como minha almofada...

Continua...






Notas Finais


Espero que tenham gostado, digam o que acharam e querem que aconteça nos próximos capítulos nos comentários. Beijo na testa esquerda e xau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...