1. Spirit Fanfics >
  2. A Moça do caixa (NaruHina) >
  3. Quarenta e três

História A Moça do caixa (NaruHina) - Capítulo 43


Escrita por:


Notas do Autor


Leiam as notas finais.

Capítulo 43 - Quarenta e três


 

Naruto 

Enfim chegou o grande dia, o meu casamento com a minha princesa, tenho que confessar que estou muito feliz saber que estou casando com o amor da minha vida a mãe do meu filho lindo e arteiro, eu paro pra pensar em como tudo aconteceu rápido entre nós dois, passamos por tantas coisas juntos, acho que o dia que eu fiquei pior foi quando ela estava naqueles dias chorando por tudo e a Karin não deixou ela ir no banheiro, mas minha rainha dona Kushina arrebentou ela. Graças a Deus. Mas como meu pai disse depois do Boruto ela não teve mais nada nem uma colicazinha, mas ainda fica carente que só. 

Ela disse que o casamento vai ser simples mais elegante, até porque se fosse muito simples a Bi ia morrer ele a ajudou em tudo, são verdadeiros amigos tem dia que eu queria que os meus amigos fossem tão presentes como o Toneri, mas nenhum deles é milionário e todos trabalham. Eu sei que ela me diz tudo, mas também sei que ela e o Toneri tem segredo de amigos e eu morro de rir, porque eu imagino o esforço que ele faz pra não falar pra ninguém, ele é um fofoqueiro de marca maior. 

E agora estamos todos na barbearia que o Toneri fechou para nos arrumarmos todo os meus padrinhos e os pais e claro o Boruto que ele disse que é homem e tem que ficar com os homens. 

-Toneri, achei que ficaria com as Hinata pra ela se arrumar – Cheguei perto. 

-Loirão a Hinata já é linda por natureza e o vestido dela é tão lindo que se ela for sem nenhuma maquiagem ela vai arrasar mesmo assim, então ela não precisa de mim – Ele explica. 

-Isso é verdade – Abro um sorriso e lembro do rostinho angelical que ela tem. 

-Mas tenho que confessar pra você - Ele me puxa pra um canto – Aqui pra mim é mais interessante não é mesmo? - Ele olha para o lado e estão de cueca box, Shikamaru, Gaara, Neji, Obito, Sasuke e o meu pai – Isso é maravilhoso... 

Começo a rir dele – Toneri deixa o Obito ouvir isso ele é ciumento. 

-Ai eu sei, eu sei... Mas só estou olhando eu amo o Obito – Ele fala e fica olhando o meu pai. 

-Para de olhar meu pai ttebayo – Eu falo e ele abaixa a cabeça rindo. 

-Porque sua bunda é maior que a do seu pai? -Ele pergunta. 

-Eu sei lá? Deve ser que puxei pra minha mãe ué... Você reparou na minha bunda? - Perguntei olhando bem pra ele. 

-Eu não sou cego né -Ele fala. 

-Eu vou falar pra Hinata – Provoco e ele coloca a mão no meu ombro. 

-Para ela é ciumenta, ela vai brigar comigo – Ele pediu e eu dei risada – Mas olha isso todos são definidos, não tem um gordura na barriga de ninguém, as amigas estão bem servidas, mais olha que dó o Gaara coitado quase sem bunda, o Sasuke também, os outros até que tem uma carninha, mas você tem uma abundância, porque não ta só de cueca também? - ele me olha e eu balanço a cabeça negativamente. 

-Vou ser o último a me arrumar né - eu digo – E não quero ninguém olhando a minha bunda dattebayo 

-Qualquer dia vamos na praia? - Diz como se não quisesse nada. 

-Vamos eu entro de short – Eu falo deixando-o contrariado. 

-Então nem vamos – Eu começo a rir. 

-Pai porque todo mundo passou espuma no rosto menos eu e o Shikadai dattebasa? – Boruto chega e estica os bracinhos pra eu pega-lo. 

-A Hinata já ouvi isso? -Toneri pergunta e eu assenti rindo, quase chorou em ouvir que ele tem próprio vicio de linguagem, mas ela não soube dizer qual dos dois ela gosta mais. 

-Porque meu amor, é pra tirar a barba, você não tem – Eu explico 

-Mas eu queria ttebasa – ele fala e claro que o Toneri já pega as dores do Boruto. 

-Vem comigo – Ele foi pro chão na mesma hora - Théo, Shikadai vem também - Os outros dois vieram correndo e ele foi até o barbeiro, que começou a rir mais concordou e colocou o Boruto na cadeira e deitou, não sei como que faz se ele não para de sorrir, eu cheguei perto para tirar foto. 

-Fecha a boquinha – O barbeiro falou e ele obedeceu, ele passou a espuma e eu vejo nos olhos do meu filho a felicidade dele.  

-O Boruto não tem mais o que inventar – Meu pai diz e eu concordo, O barbeiro pegou uma espátula para fingir ser a navalha e passou no rosto dele retirando a espuma, quando terminou ele sentou na cadeira e ficou se olhando no espelho e levantou da cadeira para ser a vez do Théo, que ficou tão animado quando o Boruto mesmo com a sua timidez, e depois o Shikadai e mesmo meu amigo sendo um preguiçoso ele adora quando o filho dele segue o bonde como diz o Toneri. 

Todos arrumados, meu sogro saiu um pouco mais cedo, ele foi o primeiro a se arrumar eu coloquei meu terno escondido para o Toneri não olhar minha bunda, e cada um foi com o seu carro, em direção ao salão e pra mim vai ser uma surpresa porque eu não tenho noção da decoração. Quando eu paro o carro, vejo uma cabeleira branca e nem acredito que ele veio mesmo, paro o carro o mais rápido que posso, tiro o Boruto da cadeirinha e vou ver se é o mesmo. 

-Eu não acredito, você veio mesmo padrinho ttebayo – Eu falei e o abracei. 

-Claro que vim eu tinha que conhecer esse menino aqui – Ele abaixou na frente do pequeno  

-Oi, eu sou o Boruto, como você chama? - Falou todo animado. 

-Eu me chamo Jiraya, eu sou padrinho do seu pai – Ele fala sorridente. 

-E Porque eu nunca te vi antes? Eu vejo meus padrinhos quase todo dia - Ele conta e eu começo a rir, claro o Toneri não sai de casa com o Obito e a desculpa é pro Théo ir brincar. 

-É porque eu estava viajando, mas hoje eu vim te conhecer e conhecer a sua mãe - Ele diz e eu abro um sorriso. 

-Loirão você tem que entrar – Toneri avisa e eu concordo e ele encara o Jiraya – Mas ele não é o... Jiraya? 

-Sim sou eu – Ele fala e o Toneri fez uma gritaria eu deixei o Boruto com o meu pai e fui pra o salão cumprimentar os convidados e todos os funcionários me elogiaram e disseram que eu estava muito elegante de terno. Logo a cerimonialista me chama pra começar a cerimônia, eu vou na entrada e já vejo minha mãe. 

-Mãe você está muito linda – Eu falei ele pegou na minha mão. 

-Obrigada filho, ai você está você também, nossa, seu terno de deixou muito charmoso dattebane – Ela fala e eu abri um sorriso enorme. 

Peguei na mão da minha mãe e no do meu pai e entramos colocaram e claro que passamos cumprimentando todos e cara a decoração é a cara da Hinata, achei que minha mãe e o Toneri ia se intrometer, mas eles respeitaram a decisão dela que era ser simples. Me posicionei e entraram os padrinhos eles entraram sorrindo e meus amigos tocavam o punho comigo quando passavam por mim e por último entrou o Toneri e o Obito e foram para o lado ele deu um tchauzinho pra mim e o Obito que ficou morrendo de vergonha, mas sorriu, eles nasceram pra ficar junto sem dúvida. 

E foi a vez das crianças, Théo entrou e com a bíblia para e entregou para o padre mesmo tímido ele entrou todo sorridente escutava o burburinho das pessoas falando que ele é lindo, e de cabeça erguida ele é um fofo depois que entregou a bíblia ele foi com o Obito, e demorou uma eternidade acho que tocou três música e nada ninguém mais entrava, até que a porta foi fechada e o Shikadai estava com uma plaquinha “Tio ela está linda” eu acho o Shikadai tão charmosinho com os olhinhos verdes um sorrisinho com a boca fechada, vai fazer um sucesso. 

E toca a música de entrada da noiva, todos ficam em pé e a porta é aberta lentamente, pra me matar do coração. Vejo meu sogro e ela, meu Deus ela está Maravilhosa, uma verdadeira princesa, que vestido lindo, e sem perceber as lagrimas já estavam descendo do meu rosto, nem sei se mereço tanto a Hinata é simplesmente a mulher mais linda que eu já vi, percebo que seus olhos estão presos em mim, e o seu sorriso é enorme, eu olho ela com atenção reparando seu rostinho de princesa seu vestido maravilhoso, de luva nas mãos até o cotovelo e eu achei lindo. Eles chegam perto de mim e eu não desvio o olhar dela, ficamos nos olhando, como eu sou apaixonado por essa mulher. 

-Humhum – Meu sogro chama minha atenção, e só ai eu olho pra ele – Cuida bem da minha filha Naruto – ele diz e eu o abraço. 

-Pode deixar eu vou cuidar – Eu falo e ele vai com a minha sogra, eu volto a olhar pra ela - Você está muito linda, mais linda do que você já é - Abaixo e dou um beijo na testa dela. 

-Você é meu príncipe – Ela fala e eu abro um sorriso. 

-Eu te amo – Digo e o padre chama nossa atenção. 

Ele fez toda cerimonia, eu não sabia se olhava pra ele ou pra Hinata, espero que a Nabi tenha tirado bastante foto porque a Hinata é a noiva mais linda que eu já vi na vida. Trocávamos olhares o tempo todo, confesso que nem prestei atenção na cerimônia com ela assim perfeita fica difícil, ela estava com pouca maquiagem, e nos seus cabelos uma tiara pequena de prata, seus olhos estava tão penetrante e lindo e voltados pra mim, ela derramava algumas lagrimas e eu lhe entreguei meu lenço e ela limpava como uma lady só encostando o pano pra não estragar a maquiagem, linda muito linda. 

-Pode entrar as alianças - O padre diz e eu me viro para a entrada já rindo, porque no ensaio o Boruto já me matava de rir. 

Quando apareceu os dois pequenos, eu comecei a rir o sorriso enorme do Boruto segurando a mãozinha a pequena Sarada que estava tímida, e ele passava pelos corredores parecendo um vereador cumprimentando e dando tchau pra todo mundo, e claro o pessoal do mercado fez a festa com ele, e a Sarada trazia a aliança séria uma gracinha, eles vieram devagar, do jeito que ensinaram, mas claro a Sarada tinha que puxar o apressadinho e ele olhava pra ela e sorria, eu vi os dois se olhado as vezes e ela ficava vermelhinha. 

-Sua namorada Boruto? - Perguntaram e ele mais que depressa concordou, e isso fez todo mundo dar risada. 

Chegando perto, a Sarada entregou as alianças e eu e a Hinata demos um beijo na bochecha dela que já foi até a sua mãe, e quando fomos em direção ao Boruto ele veio direto no meu ouvido. 

-Pai eu beijei a Sara... eu sei que ainda não pode mais ela ta tão bonita – Ele falou e eu ri. 

-Mas foi no rosto? - Perguntei. 

-Não, na boca – Eu bati minha mão no rosto e todos começaram a rir sem saber do que era. 

A mãe dele deu um beijo na bochecha dele e eu fiz o mesmo, e ele foi com o meu pai, viramos pra frente e demos continuidade, o padre pediu para trocarmos a aliança fazendo o juramento, e eu não conseguia desviar meus olhos do dela, e depois ela fez o mesmo em mim da mesma forma, eu beijei uma mão e voltamos a olhar pra frente. 

-Pode entrar a surpresa – Eu olhei pra Hinata estranhando. 

-Que surpresa? - perguntei e ela riu, e eu virei pra trás e ela também. 

Vejo o Boruto entrando com uma plaquinha, eu começo a rir ele andando tão a vontade, mas começo a ouvir “ownt”, mas eu não consegui ler o que estava escrito, mas pelo jeito pegou a Nabi de surpresa, porque ela olhou pra trás com os olhos arregalados, ela nem conseguia mais tirar foto do Boruto. Eu firmei meus olhos para ler “Promovido a irmão mais velho.” 

Mas... hã... Fiquei analisando a frase... 

Olhei pra Hinata que ria da minha confusão - Você ta gravida? - Pergunto e ela assentiu – MEU DEUS –Eu grito e todo começaram a rir, e só quando o Boruto chegou na frente que os pais e os padrinho viram, já que todo mundo levantou pra vê-lo. - Eu vou ser pai, eu vou ser pai de novo, a meu Deus. 

Minha mãe quando leu a placa que o Boruto trazia começou a gritar e minha sogra também de tão feliz, e meu pai e meu sogro comemorou e ficou sorridente meus amigos começaram a m parabeniza. 

-Pai o que está escrito – O Boruto veio até mim. 

-Que você vai ganhar um irmão ou uma irmã - Eu expliquei. 

-E onde ta?- Ele pergunta procurando. 

-Na barriga da mamãe - Eu falo e ele pareceu confuso – Mas agora vai la com o vovô Minato que ele te explica, ele concordou e já vai no colo do meu pai. 

-Bom... - O padre chama nossa atenção e eu não consigo disfarçar minha alegria – Eu vos declaro marido e mulher. 

Eu viro pra ele, encosto minha testa na dela – De quanto tempo você está? 

-Ainda não sei, descobri essa semana – Eu segurei sua nuca e a beijei carinhosamente e levei minha mão pra sua barriguinha nem acredito a meu Deus que perfeito, escutei as pessoas aplaudindo. Me separei e olhei pra ela – A Hinata, eu não acredito ainda – Eu falei e ela riu. 

-Você ta feliz? Em ser pai de novo – Ela perguntou. 

-Claro eu senti saudade da sua barriga de gravida, até dos desejos- Eu falo e tenho certeza que estou com um sorriso enorme – Mas como descobriu? 

-Estava com muito sono e a Bi falou, eu assustei de novo, mas topei fazer o teste e deu positivo – Ela explica. 

-Mais uma vez ele – Gargalhei, e abracei ela com força - Por isso ele não fez escândalo. 

Começamos a rir olhando pra ele, que ficou sem entender nada, sem demora a cerimonialista fez todos virem cumprimentar a gente e a Hanabi tirando foto de tudo, e claro meus amigos estava todos radiantes com a notícia, só não mais que eu. Depois saíram o Théo e o Shikadai, o Boruto e a Sarada. Quando passamos pelos corredores o pessoal gritava de alegria eu ainda estava extasiado, quando cheguei perto de onde eles iam tacar as pétalas de rosas em nós agarrei ela em meus braços e apertei.  

A Nabi nos arrastou para o lado de fora do salão e tirou várias fotos nossa e a maioria eu beijei a Hinata, tinha horas que ela pedia pra eu parar porque eu simplesmente queria beijar ela, beijar demais. Fotos tiradas era a hora de passar em toda as mesas tirando fotos com os convidados, todos levantaram para nos abraçar e nos parabenizar e todos ficaram muito felizes por nós. E Deixamos a mesa dos nossos pais por último. 

-Hinata eu quero te apresentar o meu padrinho – Eu falo e ele se levanta pra abraça-la 

-Muito prazer Jiraya – Ele fala sorridente. 

-Nossa ele tem o mesmo nome que aquele escritor de contos eróticos que o Toneri lê - Ela fala e eu caiu na risada. 

-É porque sou eu – Ele fala e ela arrega-la os olhos. 

-A bi sabe que você ta aqui? Naruto ele é um escritor... nossa como assim só fiquei sabendo isso hoje? - Ela fala e abraça de novo o mais velho. 

-É porque eu tenho uma surpresa pra você -Eu falo e ela me olha sem entender. 

[...] 

Hinata 

Meu casamento foi exatamente como imaginei, o meu sonho estava se realizando, me casando com quem eu amo. Ao entrar e ver ele tão lindo e sexy de terno, seus olhinhos com lagrimas, ele é realmente o sonho de toda mulher... não é só meu sonho as outras que lutem e procurem o sonho de vocês. Boruto entrando a coisa mais linda, a Sarada está uma gracinha ela é uma princesinha e ele simpático demais dando tchau pra todos.  

Eu não imaginei que ele fosse gritar ao descobrir a gravidez e dar pulinhos acho que ele nem percebeu que pulou, eu não tive medo de falar pra ele dessa vez, também qualquer oportunidade ele dizia que seria bom ter mais um, para o Bolt não ser sozinho. E depois da cerimônia eu fui cumprimentar os convidados nossa tudo tão alegre eu sinceramente estou me sentindo uma princesa eu não canso se olhar meu vestido e minha luva que fiz questão de colocar de novo depois de colocar a aliança.  

E pra minha surpresa o Naruto me apresentou o padrinho dele, como ele nunca me disse que o padrinho dele era um escritor, ele já tinha me dito que ele viajava para pesquisa e tal, mas nunca que ia sonha que ela pra escrever livros, e ainda tem uma surpresa pra mim? 

-Que surpresa? - Olho para o meu marido que está com um sorriso enorme. 

-Então meu pai te mandou embora do mercado dizendo que você ia precisar de tempo, mas ele não contou tudo, aquele resumo que você me mandou eu li e amei muito e mandei para o meu padrinho pra ver o que ele achava dattebayo – Ele fez uma pausa e eu olhei para o mais velho. 

-Vou ser bem sincero, romance sem hentai não faz muito meu tipo, mas sua história é ótima e prende demais na leitura, então depois que eu li mandei para minha editora pra ver o que eles achavam da sua escrita e da sua história, e eu aconselho você a terminar a história porque eles querem o seu livro – Eu ouvi direito? 

-Eles? Meu livro... É sério isso? Naruto? - Eu olho pra ele que está com um o sorriso enorme. 

-Sim é sério, sua escrita é ótima e sua história muito envolvente, podia detalhar aqueles momentos, e colocar pra ser mais de dezoito mais tudo bem, o importante que você vai publicar o seu livro – Jiraya falou e eu o abraço de novo e começo a chorar, viro para o meu marido. 

-Porque você tem que ser tão maravilhoso Naruto, eu não tenho nada pra te dar em troca, obrigada meu amor – Eu digo chorosa. 

-Ei você já me deu, esqueceu – Ela falou passando a mão na minha barriga, eu me agarrei nele, eu já queria tirar roupa dele e agradecer do jeito que ele gosta. Mas ainda nem tinha jantado e a festa estava só no começo 

 


Notas Finais


Quase morri agora como Spirit fora do ar, bem na hora que eu estava postando
Bom pessoal meus dias então corridos e não estou tendo tempo de escrever, espero colocar meus horarios em ordem pra poder postar com frequencia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...