1. Spirit Fanfics >
  2. A morte do Cisne negro (jikook e vhope) - 'BLACK SWAN' >
  3. "O que aconteceu com meu Mochi fofinho?! "

História A morte do Cisne negro (jikook e vhope) - 'BLACK SWAN' - Capítulo 52


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia^^ Boa tarde^^ Boa noite^^


Capítulo cheio de revelações e uma puta quebra no tempo \o/


Boa leitura! 💜💜


Sugestão de música: Everything i Wanted (BIllie Eilish)

Capítulo 52 - "O que aconteceu com meu Mochi fofinho?! "


Fanfic / Fanfiction A morte do Cisne negro (jikook e vhope) - 'BLACK SWAN' - Capítulo 52 - "O que aconteceu com meu Mochi fofinho?! "

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

O final de ano estava chegando, nada de tão surpreendente acontecera durante os últimos meses. Beca decidiu voltar para os Estados Unidos e seguir sua vida como antes, claro que pretendia voltar em algum dia para visitar seus amigos, e sim ela se deu muito bem com Taehyung, eles se entenderam muito bem.

 

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

O casal Hoseok e Taehyung também estavam em perfeita harmonia e cada vez mais se envolvendo na relação, Hope queria que Tae morasse com ele, pois os dois tinham certeza de que queriam viver juntos, mas o mais novo como sempre cuidadoso pediu para seu namorado esperar mais um tempo e Hope esperou, mas desta vez ele não vai desistir em nenhum momento.

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

Os melhores amigos, Jimin e Taehyung estavam distantes pois cada um estava vivendo sua vida, mas se encontravam de vez enquanto para se distraírem. Jimin não havia contado sobre seu relacionamento escondido para Tae, se sentia péssimo por isso, mas confiava em Jungkook e não contaria nada.

 

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

Jimin continuou indo para as seções com o psicólogo uma vez por semana e em algumas delas Tae o acompanhava para não se sentir sozinho. Os remédios estavam funcionando, Jimin não sentia mais dores nem flashs e nem sonhos loucos, tudo estava correndo bem, mas mesmo assim o baixinho tinha medo que acontecesse tudo de novo então seguia a risca o tratamento que além de remédios incluía seções de terapia com o senhor Kim toda semana. Era difícil esconder isso das pessoas que ele mais amava, seus pais e Jungkook, no entanto preferia mentir do ter de encarar olhares estranhos deles.

 

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

Os pombinhos, Jungkook e Jimin se encontravam algumas vezes na semana, eles não trocavam mensagens de texto, apenas ligações. O apartamento deles era cheio de coisas dos dois, pois por ser o único momento em que eles tinham a sós acabaram levando coisas para se divertirem como Jogos, revistas, comidas e bebidas e claro, tudo sempre acaba com os dois na cama. A relação deles era muito boa, os dois esqueciam dos problemas quando estavam juntos e por mais que não pudessem sair dali, era muito divertido ter momentos descontraídos com a pessoa que ama.

 

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

Jin sempre que podia ia visitar Jimin e levar o prato que ele mais gostava, os dois conversavam e Jimin acabava se abrindo bastante com ele sobre as angústias e medos que tinham. Por mais que Jin seja engraçado e divertido ele também ama cuidar das pessoas que gosta e ele realmente criou um apresso muito grande pelo mais novo.

 

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

 

As coisas entre Tina e Jungkook estavam cada vez piores, ela cortou metade da verba para patrocinar o espetáculo e mais uma vez Jungkook precisou se render a ela. Tina conseguiu novamente o que queria, e depois disso ela deixou de desconfiar dele.

 

 

 

( ̄y▽ ̄)╭

 

 

 

28 de dezembro. In Seul, 13:34 PM.

 

 

 

Faltavam poucos dias para o fim do ano e os ensaios iam começar, Jungkook precisava encontrar alguma forma de se livrar de Tina.

A dor que Jungkook sentia era imensa, seu coração pesava ao lembrar de Jimin, de todas as vezes que ele dizia que confiava nele. Ele não podia fazer isso com Jimin, então começou a investigar Tina juntamente com Jin, mas não havia conseguido muitas coisas. Ele teve a brilhante ideia de ganhar mais a confiança da mulher para tirar informações ou pistas que pudesse incriminá-la ou ameaçá-la de qualquer jeito, mas não estava surtindo efeito.

- Jin, é impossível! Ela não deixa rastros!

- Calma! Você já tentou fuçar o apartamento dela? – Jin pergunta ainda concentrado no computador.

- Sim, mas não tem nada lá. A não ser que... – uma ideia maluca surge na mente de Jungkook e Jin o olha confuso – talvez ela tenha outra casa ou aqui ou em Nova Iorque!

- Tem razão! Acho mais provável ser aqui já que ela voltou parar morar aqui...

- Sim. Vou descobrir se essa vagabunda tem algum segredo! – Jungkook bate na mesa e Jin o encara.

- Jungkook, não perca a paciência. E não xingue ela, nossos pais não ficariam orgulhosos disso!

- Nossos pais estão mortos Jin! Tudo acabou depois que eles a conheceram! Tenho certeza de que a Omma a xingaria de coisas piores.

- Tem razão, tudo acabou quando eles a conheceram, e você parece que não sente nada com essa situação.

- Não sei aonde quer chegar – Jungkook fala focado no celular.

- Você sabe aonde quero chegar. Lembra das suspeitas que tinham? E você se negou deixar a investigação correr? – Jin se levanta e fica na frente do irmão.

- Isso não vem ao caso. – Jungkook diz sério.

- Claro que vem! Você tem medo de saber a verdade e sempre teve! Eu achei que você estivesse crescendo, mas vejo que não! – Jin sai em direção a porta, mas é interrompido quando Jungkook se põe a falar.

- Eu não tenho medo. Mas até hoje eles não foram encontrados! Nada foi encontrado! Estou tentando proteger a mim e a você, não quero criar falsas esperanças... – Jin se volta para ele e vê lágrimas saindo do rosto do mais novo.

- Oh... Kookie... venha aqui... – ele abre os braços para seu irmãozinho lhe abraçar e Jungkook vai, mas segura seu choro – Se essa mulher estiver envolvida com isso eu quero saber, mesmo que não dê em nada, eu estou pronto para tudo que vier junto com você claro!

- Ah Jin... eu não sei...

- Pense sobre isso, eu sei que quer fazer justiça tanto quanto eu, você só sente medo. – ele faz um carinho na cabeça de Jungkook e sai de lá.

Jungkook não queria revirar essa história, ainda doía muito mesmo que tenha se passado quase três anos. Ele precisava relaxar então ligou para Jimin.

- Oi gatinho, como está? – Jeon diz assim que seu amado atende.

- Estou bem, e você?

- Precisamos conversar, pode ir a noite para o nosso haeven? – Jungkook se referia ao quarto de hotel em que eles se encontravam.

- Claro! Só para conversar mesmo? – Jimin sorri irônico.

- O que aconteceu com meu Mochi fofinho?! – Jungkook diz e os dois começam a rir – nos encontramos mais tarde, beijos!

- Beijos!

Jimin desliga, e sorri. Logo começa a escolher sua roupa, mas é interrompido por uma outra ligação.

- Alô?

- Jimin-ssi! Você precisa vir aqui e me ajudar! – Hoseok grita pela ligação.

- O-o que?...

- Eu vou fazer uma surpresa para o Tae! E você não pode perder! Eu estou te esperando e não adianta negar ou todo mundo vai ficar chateado!

- Ah... tudo bem, não se preocupe. Eu estou indo! – Jimin fala animado. “Espero que não demore, não posso perder essa noite com Jungkook...”

 

 

 

 

 

Eu tive um sonho

Tinha tudo que eu queria

Não era o que você pensava

E, se for para ser honesta

Pode ter sido um pesadelo

A quem quer que isso importe

Achei que eu pudesse voar

Então, pisei fora do ouro

Ninguém chorou

Ninguém nem ao menos notou

Eu os vi parado bem ali

Meio que achei que eles se importariam

Eu tive um sonho

Tinha tudo que eu queria

Mas quando acordei, eu vi

Você comigo

E você diz

Enquanto eu estiver aqui

Ninguém pode te machucar

Não quero mentir aqui

Mas você pode aprender

Se eu puder mudar o jeito que você vê a si mesma

Você não se perguntaria o porquê aqui

Eles não te merecem


Notas Finais


Eita...
Jungkook vai investigar a Tina? 🤔🤔
Que surpresa Hoseok tem para o Tae? 🤔🤔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...