História A morte, tão tentadora morte - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaahina, Itahina, Kakahina, Kibahina, Naruhina, Nejihina, Sasuhina
Visualizações 71
Palavras 725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 19 - O "baile"


Fanfic / Fanfiction A morte, tão tentadora morte - Capítulo 19 - O "baile"

Eu não conseguia sair do banheiro estava a uma hora lá naquela banheira, meus dedos estavam até enrugados, eu não devia ter falado isso, porém Itachi não merecia sofrer, eu sofrerei as consequências se ele estiver bem depois, eu não me importo com as consequências, levantei, não ia fraquejar, tinha uma blusa social de Itachi da cor branca peguei ela mesma, e constatei que era usada, porque o cheiro do perfume do Itachi estava lá, a blusa ficou apertada em meus seios então deixei meus seios à mostra mesmo e abotoei os botões que estavam abaixo do meu seio, pelo menos o bico do meu peito a blusa tampava. Sai do banheiro e fui direto para a sala, Itachi estava sentado no sofá tomando um chã de camomila já que dava para sentir o cheiro de longe, quando ele me olhou faltou cuspir o chã, porém ele foi rápido o suficiente para engolir o pouco de chã que estava em sua boca e começou a tossi.

- Você está bem Itachi. Me ajoelhei ao seu lado e fazia carinho em suas costas, senti ele se arrepiar com o toque.

- Estou sim, obrigado. Depois que ele se recompôs ele se levantou se afastando de mim.

- Que comer alguma coisa? Não estava com fome tinha comido muito na casa de Kakashi, tive vontade de sorri ao lembrar de Kakashi, mas não ia pegar muito bem então me controlei.

- Não estou com fome, mas obrigada. Sorri para ele.

- Hinata. Ele suspirou.

- Me desculpe eu....

- Está tudo bem Itachi eu queria, e não vou mentir, eu gostei e muito. Eu queria que ele soubesse que eu tinha gostado.

- Eu também Hinata, porém isso não voltará a se repetir. Ele falou frio, ele realmente estava arrependido, não era como Sasuke que se arrependia e me procurava, ele realmente não ia mais ficar comigo.

- Tudo bem. Eu estava triste e meu coração doía, não sei porque mas aquelas palavras me machucaram e muito.

- Por que você sempre foge de mim? Era dessas perguntas que eu queria não precisar responder, mas estava eu lá tendo que reponde-las.

- Só um momento. Meu celular começou a tocar dentro do banheiro, como eu pude esquecer ele lá? Mas estava feliz que pude sair de perto de Itachi e não responder suas perguntas.

- Alo. Eu fechei a porta do banheiro não queria que ele escutasse quem quer que esteja me ligando.

- Alo Hinata é o Naruto. A voz estridente me fez realmente confirmar que era ele.

- Oi Naruto como vai?

- Vou bem, e você?

- Eu estou bem.

- Hinata, bem é que, é que, será que você gostaria de ir a um Baile comigo?

- O que? Só pode ser brincadeira nunca fui ao Baile nem sei como devo me vestir, nem como devo agir nem nada.

- Ir a um baile comigo? Ele falou como se tivesse falando com alguém surdo ou algo porque ele quase soletrou as palavras

- Ah bem Naruto é que, eu nunca fui ao Baile nem saberia como agir. Agora quem estava sem graça era eu.

- Não se preocupe eu vou estar lá com você vou te ajudar no que precisar. Ele falou tão fofo que era impossível recusar.

- Tudo bem Naruto, a que horas você me busca?

- As 20:00 tudo bem?

- Claro.

-  Me passa seu endereço?

- Claro....

Naruto e eu ainda ficamos conversando mais um pouco ele me explicava como devia me comportar, e me explicou que não era exatamente um baile e sim uma reunião de negócios, aquilo era muito para mim que os céus me ajudem.

Quando voltei para sala vi Itachi dormindo no sofá, ele era mais lindo dormindo, me deu vontade de abraça-lo e beija-lo, mas não podia fazer isso, andei pelos corredores até achar um quarto, peguei 3 cobertas e dois travesseiros, cobri Itachi e levantei um pouco sua cabeça para poder colocar o travesseiro ele se mexeu um pouco porém não acordo, ele devia estar cansado. Estendi uma coberta na sala mesmo, não ia me dá ao luxo de dormir na cama, enquanto Itachi dormia no sofá, e ali eu dormir com um sorriso no rosto apesar de tudo hoje para mim foi maravilhoso, e espero que eu fique bem nesse “baile”.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...