História A Mulher-Garota e o Homem com título. Vol2 - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens G-Dragon
Visualizações 25
Palavras 476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Sem potencial


Fanfic / Fanfiction A Mulher-Garota e o Homem com título. Vol2 - Capítulo 6 - Sem potencial

- Podemos recomeçar, o que acha? 

Eu estava ali, sentada no seu colo. Em cima da cama calorosa do Kwon; que parecia bem e harmonioso. 

- Nem passamos uma semana direito, porque quer tanto voltar? 

- Ué. : Ele me observou seriamente. - Por que mostrei que a amo mesmo? 

- Não é isso. Mas e seu trabalho? Creio que você terá que trabalhar mais. 

- Não, não ! Amor lhe disse que estou com férias, se eu trabalhar mais, capaz de morrer! Haha ~ estou velho. 

- Hum, está tão velho. Incapacitado de ter alguma relação com uma moça mais nova? 

- Desde de que te conheço por si, nunca precisei de idades estúpidas para definir meu amor e a atração que sinto. Até porque a senhorita é espertinha o suficiente para ter relações com homens aprendidos da vida. Alguém com experiência em fazer as devidas correções numa danada. : Ele sorriu maliciosamente. 

- Acho que voltei no tempo certo, no momento certo. Com o homem certo.

- Está correta. 

Nós abraçamos. Mas quando Kwon foi preparar o café da manhã fiquei na janela do quarto sentindo o imenso frio que fazera. Na verdade, sendo sincera; estou pensando como irei resolver o caso do Romário, meu namorado arranjado no Brasil. Quando penso que nada poderia dar errado, quem sou eu para dizer que a tentação não pôde me atingir? Kwon está mais apetitoso do que nunca. Já não me importo com que realmente nos acontecera no passado. Mas pretendo não ter a queda como de antes.

On-line, celular: 

Eu: Leonardo? 

Léo: Não me diga, você dormiu com ele mesmo estando com o Romarinho no Brasil...

Eu: Sim ~ você sabe como estou. 

Léo: Kwon não é muito esperto. Mas faça isso como uma vingança, porém não brinque muito, até porque você não leva jeito pra isso. Poderá ser descoberto tudo isso. 

Eu: Ok, prometo nada. Mas tudo bem. Beijo beijo. ~

Uma mexida básica no celular não fará mal a ninguém além disso ele não sabe da metade que descobrir de mim, se acontecer de eu finalmente morar aqui, irei visitar minha psicóloga para meus cuidados. Em fim, voltei a cozinha beijando Kwon que já estava sentado na mesa todo ansioso.

-  Vejo que dormiu bem. 

- Sim, com seu corpo maravilhoso, não tem como. Minha flor. 

- Ótimo. Mas preciso sabe do que? 

- Sim.

- Arrumar um trabalho. Para fluir meu pensar. 

- Hum... : Ele me olhou sério. Mas continua. - De quê?

- Fotógrafa. Capturar é o que faço de melhor. 

- Isso suou como duplo sentido. Gostei. 

Ele sorriu: 

- Sim, mas falo sério. 

- Posso te ajudar. Vou te ajudar com isso. Estamos até numa época certa. 

- Época certa? 

- Sim...

Kwon sorriu, parecia planejar algo alto. Isso me atraia nele. Olhando pra mim fixamente, aquele momento parou atualmente. Mas ele quer algo a se planejar. 


Notas Finais


Calma, estou aqui.

Só estou joagndo amor doce demais. ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...