1. Spirit Fanfics >
  2. A namorada da minha irmã >
  3. Capítulo 17

História A namorada da minha irmã - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Capítulo 17


Fanfic / Fanfiction A namorada da minha irmã - Capítulo 17 - Capítulo 17

O motorista para abre o carro pra Ben que vem abrir pra mim. Ando com ele sileciosamente até onde achei ser uma recepção. Do outro lado de um pequeno balcão se encontrava uma mulher jovem e elegante parecia ser recepcionista daquele lugar.


- Ben quanto tempo!


- olá! 


- quando voltou de viagem?


- há alguns dias!


- e como vão seus pais?


- vão bem!


- muito ocupados suponho!


- bastante, ainda mais com meu aniversário chegando! 


- verdade! Suponho que esteje empolgado, assumirá uma faculdade inteira e com ela a chave da cidade! 


- é estou bastante! 


Ele deu uma pequena risada e o olhar dela caiu sobre mim, fazendo uma cara de nojo ela pergunta grossa. 


- e o você o que quer? A entrada de funcionários é do outro lado pelos fundos!


- eu não. ..


- ah sim! Ela está comigo, na reserva que fiz!


- oh sim me desculpe! Por aqui, Ben e senhorita!


Nossa como as coisas mudaram, seu tom de voz agora era diferente do de antes era profissional e educado. Ela nos guiou até uma mesa bem localizada e iluminada. 


- já eu mandarei o garçom! Com llicença! 


Ela se despediu sorrindo amarelo e minutos depois um rapaz com roupas brancas e pretas veio nos atender,  era um garçom. 


- o que desejam?


- o cardápio,  né?!


Ben disse grosso e o rapaz envergonhado nos entregou dois cardápios em tons claros com em dourado. olho bem e já sei o que acho que pode ser bom.


- então já decidiram?


- já, traga Filé de pintado com manga e castanha de caju, e vinho branco Francês! 


- sim senhor! 


- tá esperando o quê? Sai!


O rapaz saiu e Ben falou.


- espero que não se inporte que eu tenha escolhido! 


- não não me importo! Eu acho! 


Digo a última parte em um sussurro mas bem escuta.


- o quê? 


- nada, eu perguntei onde estamos?!


- estamos no meu restaurante preferido, meus pais sempre vem aqui pra conversar com seus conhecidos, a comida aqui é ótima! 


- uhum...


Digo acentindo em um leve desconforto. A comida chique era realmente um pouco boa, seria melhor ainda se eu não tivesse me enchendo de vinho, somente pra não escutar os assuntos aleatórios discutidos ao vento. 


- então a senhorita vai querer mais? 


- não obrigada! 


- e o senhor? 


- nada além da conta! Vai buscar seu inútil! 


- sim senhor! 


Ele saiu e voltou com uma conta em mãos,  o jantar por mais que fosse só um pouco de comida no prato foi absurdamente caro. Ben pagou sem reclamar, e fomos esperar a limusine do lado de fora do restaurante. 


- então que horas você vem buscar a gente? !


- ...


- não me interessa desculpas esfarrapadas,  te pago pra isso!


- ...


- não me interessa se houve algum imprevisto! Quero que venha me buscar agora!


-...


- como assim furou o pneu e acabou a gasolina?! Eu mandei você e não outro! 


- ...


- quer saber você nem precisa vir trabalhar amanhã, vou descontar do seu salário e ainda falarei com meu pai sobre essa desfeita! 


Ben disse intolerante desligando o telefone e me encarando.


- e aí? 


- vamos ter de ir a pé! 


- tudo bem,  a faculdade não é tão longe daqui!


Digo tranquilamente virando meus pés na direção da escola. 


- ei espera vou com você! 


Ben correu e me acompanhou, o caminho foi quase todo em silêncio, mas Ben o quebrou quando já avistamos os portões da faculdade no fim da rua.


- fui tão ruim assim?


- o que? 


- é que você está em silêncio há muito tempo,  quase não falou nada!


- eu não tinha muito o que dizer! Já sobre lá no restaurante, digamos que você não é muito bom em puxar assunto!


Ele deu uma risada divertida e respondeu brincando. 


- eu vou tentar melhorar! Então Mal gostando de Auradon? !


- você é péssimo nisso!


- eu sei, mas responde!


- tá, estou mais ou menos! 


- isso não é resposta!


- não? 


Digo sarcástica e ele ri levemente.


- não,  você está se contradizendo!


- é mesmo? Não me diga! Professor de gramática! 


- engraçadinha! 


Ele diz rindo e sem querer falo o que não devo.


- eu sei que sou engraçada!


- e ainda é convencida!


- não mais que a sua namorada! 


- que namorada?


- Audrey!  Ainda não superei quando você humilhou ela naquele dia!


Tapo minha boca mas já era tarde.


- você gostou? Mas ela não é minha namorada! 


- não? !


- não. .. haha!


- pensei que fosse, ela estava grudada em você no dia em que nos conhecemos! 


- ela tem essa mania, mas só somos conhecidos por que a família dela é importante em alguns negócios! Ela também não faz meu tipo!


- não?  E qual seu tipo? 


- um dia eu te conto!


- sério? 


- uhum, já chegamos!


Ele diz e viro pra porta atrás de mim. Me aproximo da maçaneta mas não abro apenas viro e ainda  vejo Ben ainda no mesmo lugar.


- você já não ia?


- ia e você? 


- também!


- tchau Mal!


- tchau!


Ele vira pra ir mas eu o chamo.


- Ben!!!


- oi?


- obrigada!

Ele sorri e vai embora, entro no quarto e Evie já dormia. Tomo banho, troco de roupa e me jogo na cama agarrando o travesseiro. Sem perceber penso em Ben e em acabo dormindo sorrindo o que desperta a curiosidade de Evie. Sou acordada por Evie me chamando o que foi um milagre eu acordar tão rápido. 

- bom dia!

Digo sonolenta sentando na cama e me espreguiçando. 

- o que você disse?!

- bom dia, ouviu não? 

- ouvi mas ainda não acredito que foi você quem disse isso em plena Segunda-feira! 

- hoje é segunda-feira? !

- é sim! Mas já percebi que você acordou no mundo da lua, e não vou nem perguntar o motivo! 

- motivo de quê? 

- de você estar de tão bom humor hoje!

- eu não estou de bom humor!

- sério?  Então me explica por que de o seu travesseiro e rosto estarem ensopados, você acordar dando bom e ainda dormir sorrindo?!

- ...

Fiquei sem o que responder e minha boca abria e fechava em uma explicação. 

- nem precisa responder,  por que eu sei a resposta!

- sabe?!

- sei, é pelo Ben né?!

- o quê? 

- não se faça de sonsa, sei muito bem que você está gostando do Ben!

Quando ela diz aquilo coro levemente e de novo tento explicar.

- eu... não. .. gosto...dele!

- jura?! E por que hesitou?!

- eu não hesitei! 

- hesitou sim, aposto que você até sonhou com ele! Deve realmente estar apaixonada!

Nessa hora fiquei pálida mas respondi escondendo o susto.

- eu já disse que não gosto!

- gosta sim, se não gostasse não ficaria assustada assim, e também não teria chegado sorrindo!

- você estava me espionando? Eu pensei que você estivesse dormindo! 

- eu tava mas quando escutei você dizer o nome do Ben enquanto se despedia  acabei acordando! 

A pequena lembrança de ontem me deixou pensativa e Evie aproveitou.

- Mal!!!

- uhum...

- tô falando com você! 

- eu tava distraída! 

Sussurrei mas ela ouviu. 

- tava bem pensando no Ben né? !

- quê?  Não! 

- então me diz por que você sorriu do nada? !

- ah sei lá! 

- você não sabe ou não quer dizer? !

- dizer o quê? !

- que você tá apaixonada pelo Ben ora!

- nunca!

- finge que eu acredito,  a Mal tá apaixonada! A Mal tá apaixonada! A Mal...

- já acabou?!

- ainda não mas dá pra se adiantar? A gente tá atrasada!

- tá bem ja me apronto!

- vê se não demora, seu namoradinho deve tá louco pra te ver! 

Reviro os olhos e levanto indo até minha mala. Entro no banheiro e tomo banho rápido e assim que saio do banheiro Evie ainda continuava me esperando.

- só vou pegar minha mochila e passar um perfume!

- perfume? Você realmente tá apaixonada pelo Ben... A Mal tá apaixonada pelo...

Reviro os olhos e irritadiça lhe e jogo um travesseiro no rosto.

- já disse que não tô e mais uma palavra sua e eu não te jogo outro travesseiro,  eu mato logo! Pronto, terminei!

Ela fez cara de assustada e não disse nada até chegarmos no refeitório, isso até ver os meninos. 

- oi meni...

Eles cumprimentam levantando.

- a Mal tá apaixonada!

Paraliso e os meninos perguntam.

- apaixonada? Por quem?!

- eu disse que mais uma palavra sua e eu te matava!

Digo raivosa enquanto Evie corria pra trás de Jay.

- Jay me ajuda!

Jay vira uma espécie de guarda costas pra defender Evie já que ela está escondida atrás dele enquanto eu tento acerta-la.

- volta aqui!

- Jay ahhhh! Me ajuda!

Jay me segura enquanto dou tapas agressivos em seu peito.

- me solta, eu vou matar essa tagarela linguaruda!

- não vou te soltar até que você se acalme ou uma de vocês possa explicar o que está acontecendo! 

- eu não vou explicar,  só quero machucar! 

- calma mocinha,  Evie o que tá acontecendo? !

Pergunta Carlos curioso e Evie atrás dele responde.

- a Mal ta apaixonada pelo Ben e disse que ia me matar se eu falasse que ela  saiu em um encontro com ele!

- espera! O que?! Você saiu com aquele garoto?!

- saiu!

Evie disse impulsiva e graças a isso Jay se zanga me soltando. 

- eu vou matar ele!

- não se eu não matar ela primeiro! 

- Jay segura ela!

Carlos gritou mas era tarde eu já ia na direção de Evie. Antes que eu a pegasse de novo Jay me pegou.

- me solta, me solta!

- já disse que não! NNão vou deixar que a machuque!

- eu não vou machucar,  só vou deixar alguns lembretes pra ela parar de ser fofoqueira!

- já disse que não vou soltar!

- affs!








Notas Finais


Eu como leitora e escritora peço que se você se interessar pelo seriado the thundermans dê uma olhadinha na história a nerd e o popular(sarax) de casaisvariados! E se puder favorita e segue tá?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...