História A Namorada do gângster - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Chaz Somers, Justin Bieber, Kylie Jenner, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber
Visualizações 45
Palavras 2.836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Traidor


O carro estacionou em frente ao hospital, descemos do mesmo fazendo todos olharem para nós pelo fato de chegarmos em um bugatti. Subimos até o quarto andar onde minha mãe estava, encontrei meu pai sentado em um sofá assim que me viu se levantou. - Oi minha filha - me abraçou e deu um beijo na minha testa, olhou para Justin e apertou a mão dele como comprimento.

- Como ela está? - perguntei a ele

- O médico ainda não disse - Se sentou no sofá novamente - Estávamos no escritório resolvendo uns papéis e ela sentiu um ador muito forte na barriga, trouxe ela pra cá o mais rápido possível. Estão fazendo os enxames para ver se o bebê está bem. - Respirou fundo, peguei em sua mão para confortalo e ficamos esperando o Médico trazer os resultados.

- Senhor Grey! - O médico ficou em nossa frente, levantamos do sofá - Os resultados ja saíram, felizmente está tudo bem com sua esposa, foi apenas uma dor normal nada que possa afetar o bebê - Respiramos aliviados - Ela já pode voltar pra casa, mas,sem pegar muito peso e não pode passar por fortes emoções ou o bebê vai nascer antes da hora. - assentimos - Aguardem um momento a enfermeira ja vai trazela. Ficamos esperando por uns minutos e minha mãe veio com a enfermeira, ela é meu pai assinaram um documento ela me viu e veio correndo me abraçar, olhou para Justin que estava do meu lado eo abraçou também nós fazendo rir.

- Que bom que você está bem - meu pai sorriu para ela passou a mão em sua barriga que tinha um pequeno volume, e saímos do hospital. Os seguranças estavam na porta do hospital nos esperando, meus pais entraram na Bmw x6 eos seguranças foram em outro carro , eu e Justin entramos em seu bugatti e fomos pra casa.

"Chaz"

Atendi a ligação de Chaz.

- Mel!! - Disse apavorado

- Oi, está tudo bem?! - Perguntei e olhei para Justin que pediu que colocasse o celular no viva voz, e assim fiz.

- Justin está com você? - perguntou

- Si...

- Passa a ligação pra ele!! - Disse antes de eu terminar a fala. Entreguei o Telefone para Justin .

- Oque está acontecendo? - Justin disse.

- Vem pro galpão rápido, Ethan explodiu a mansão da gangue, esse arrombado nos deixou no prejuízo. - Disse Chaz pelo celular ainda no viva voz.

- Desgraçado!! - Justin se levantou da cama - Já estou chegando ai... - Desligou a ligação. - Preciso ir - Me deu um beijo

- Melanie deixa ir com você ?! - pedi

- Não, lá não é lugar pra você. Ainda mais agora que fomos atacados, pode ser perigoso. - me olhou - Nunca me perdoaria se algo acontecer com você. - me deu outro beijo.

- Toma cuidado, e me ligaram quando sair de lá, é...

- linda, vai ficar tudo bem eu prometo! - sorriu e saiu do meu quarto, ouvi sua bugatti saindo em alta velocidade e meu coração se apertou.

Pov Justin 

Cheguei no galpão e todos os homens que viviam na mansão da gangue estavam ali, fui até Ryan e os meninos, os cumprimentei.

- Como estão as coisas? - perguntei

- Os seguranças estão guardando algumas armas, dinheiro, e drogas que conseguiram salvar da explosão. - Disse Ryan. - Chaz está olhando uma casa nova para comprarmos...

- Cadê Bryan?! - olhei o redor - Porquê não está ajudando?!

- Ele saiu desde cedo e não apareceu ainda. - Chaz disse - achei uma Mansão em um bairro com pouco movimento, e maior do que a antiga, e mais cara também...

- Foda - se o dinheiro! Compra essa merda logo, Ryan procura o viado do Bryan e manda ele vim pro galpão agora. - Disse e ele assentiu, entrei na sala do cofre e peguei o dinheiro que havíamos roubado de Ethan, e levei até Nolan. - pegue esse dinheiro e distribua para os seguranças que estavam na mansão, depois eu pago sua parte. - disse o entregando as malas com o dinheiro. - Paulo ajuda o Nolan com as malas - Disse para um dos seguranças. - Assim que você termar os serviços aqui me procura, tenho outros assuntos para falar com você. - Assentiu a foi fazer oque eu mandei.

- Justin! -Ryan e Chaz me chamaram.

- Temos um traidor na casa... - Chaz disse

- Como assim porra ?! - Já estava soltando fogo pelos nariz por tudo que Ethan havia feita, agora descobri que temos um traidor.

- Pra mansão ter explodido tiveram que colocar explosivos nela! - Ryan disse - Mas pra isso prescisavam estar dentro dela, e só nos e os killers tem acesso a casa. - Ryan, Chaz, e Bryan não foram. Eu confio muito neles estamos juntos nessa dês de quando tínhamos dezesseis anos de idade, Ryan e Chaz são meus amigos de infância, sei que nenhum deles seriam capas disso.

- Eu vou tentar ter acesso às câmeras da mansão - Chaz se sentou na mesa abrindo os dois notebooks a sua frente - mas, não sei se consigo, oque eu sei e muito pouco perto do que Bryan sabe, então...

- ENTÃO SE VIRA PORRA!! - gritei soltando tudo oque estava preso, fazemdo todos ali me olharem - E VOCÊS - apontei para os seguranças - EU ACABEI DE DESCOBRIR QUE TEM UM TRAIDOR AQUI, É SE ACHAR ESSE FILHO DA PUTA VOU TORTURAR ELE ATE A MORTE!! - me virei e vi Bryan entrando no galpão - CHEGOU A MADAME! - falei irônico

- Desculpa Bieber, tive que resolver uns assuntos pessoais...

- Que se dane !! - vi Bryan mudar sua expressão e me dar um soco no rosto, chaz Ryan e Nolan vieram nos seguar mas, fui mais rápido e dei três socos na cara dele e o empurrão com tudo no chão dando uns chutes em sua barriga. Ryan e Chaz me seguraram - ME SOLTA PORRA !

- Não Dude, você está fora de si - Disse Ryan - Vai pra casa... - Me soltei e sai dali entrei em meu carro e fui em alta velocidade para minha casa.

Pov Chaz 

Assim que terminamos as coisas no galpão ja eram onze horas da noite, Nolan ficou por conta de Bryan deixamos ele no galpão pra não piorar as coisas entre ele é Justin. Estacionei o carro ao lado do de Ryan, entramos na sala e estava tudo jogado no chão, as almofadas dos sofás, os quadros da parede...

- Justin está se drogando de novo! - Ryan revirou os olhos, esse era o meio que Justin tinha para fugir dos problemas, se

trancava no escritório, se droga e se embebeda.

Fomos até o escritório e batemos na porta, Justin não disse nada então entramos sem pensar duas vezes, ele estava péssimo! Sentado na mesa fazendo carteirinhas de maconha, e várias jarras de Whisky pelo escritório.

- Drew, para com isso - Disse - Vamos subir você prescisa se deitar.

- Saim daqui !! - Bebeu um copo do whisky

- Bieber e sério pow vamos ter que te levar a força?! - Ryan tentou se aproximar.

- Se vocês enconstarem em mim eu faço igual ou pior a Bryan! - Disse embolando as palavras - Me deixem sozinho - Riu e voltou a se drogar.

- Vem Ryan! - o chamaei e saímos

Fui até meu carro e entrei nele .

- aonde você vai ?! - perguntou

- Vou buscar alguém única Pessoa que pode tirar o Justin de la numa boa! - Disse e ele riu ao saber de quem eu me refiria. - Fica ai é não deixa ele fazer nenhuma merda.

- Mais do que ele já fez impossível - Rimos

Sai da mansão indo até a casa da Melanie, assim que cheguei na porta liguei para ela pedindo que me encontrase aqui. Não demorou muito e ela veio, estava com um pijama de ceda Preto e uma cara de preocupação.

- Está tudo bem ? - Disse ao se aproximar

- Presciso que vá comigo pra casa, Justin não está bem . - Disse vendo ela se espantar.

- Como assim não está bem ?! - Guase gritou

- Calma Mel! - A abracei - Ele está muito irritado com Oque aconteceu e se trancou no escritório, eu e Ryan fizemos de tudo mas, ele não nos houve. Você e nossa salvação agora - riu

- Tudo bem, eu vou avisar meus pais e já volto.

Pov Melanie 

Depois de dizer aos meus pais que passaria a noite na casa de Justin, eles questionam um pouco mas, menti que Justin está passando por um problema muito sério eles acabaram deixando.

Fui até meu quarto peguei uma mochila coloquei uma roupa para usar amanhã é vesti uma blusa de frio por cima do meu pijama, estava com um shortinhode ceda preto e uma blusa mostrando minha barriga, vesti apenas uma blusa de frio por cima já que ia de carro e Justin morra perto. Sai da mansão e entrei no carro de chaz, ele me contou tudo dês da briga de Justin até oque aconteceu a poucos minutos atrás, também me disse que sempre que Justin fica muito bravo faz isso para esquecer os problemas.

Estacionou o carro ao lado dos outros e entramos na casa Ryan me comprimentou e fomos até o escritório. - Toma cuidado - Chaz disse - Qualquer coisa você grita e eu venho na hora - Me fez rir

- Obrigada! - Sairám me deixando ali em frente a porta, abri a mesma devagar. - Justin!!!! - Ele estava cheirando carreiras de maconha, seus olhos estavam vermelhos - Para com isso ! - Fechei a porta atrás de mim e fui até ele, meus olhos já estavam cheios de lágrimas com aquela cena, ver ele daquele jeito fedendo a droga e bebidas era horrível. - Oque você fez !? - Disse chorando

- Me...Melina?! - tentou falar meu nome - Oque você está fazendo aqui? - Disse tudo embolado

- Eu vim te ver, olha oque você fez com você Justin. - Me abaixei na sua frente, Justin me puxou para perto dele me sentei em seu colo e ele me abraçou. Um abraço muito forte eu o corespondi e ficamos assim por um tempo. - Vem vou te dar um banho - Sequei minhas lágrimas.

- Você não vai me dar banho! - Disse me fazendo rir, passei pela sala onde Chaz ainda estava e ao nos ver veio ajudar Justin a subir as escadas. Entramos em seu quarto, chaz o sentou na cama eu o agradeci e ele saiu. Comecei a tirar a roupa dele o deixando apenas de cueca boxEnchi a banheira de água fria coloquei ele dentro dela - com muito esforço - e o mesmo ficou reclamando da água fria. Deixei ele la por uns minutinhos e depois o tirei. Ele entrou no closet e vestiu uma cueca box cinza e se deitou na cama, fechei as cortinas tirei minha blusa de frio e me deitei ao seu lado. Ele deitou sua cabeça em cima do meu peito,e fiquei fazendo um cafuné nele que dormiu rapidamente. Acordei e fiz minha higiene, vesti uma roupa confortável e desci para a cozinha. - Bom dia! - disse para os meninos que estavam tomando café da manhã.

- Bom dia Mel ! - diseram em uníssono.

- Como foi com a fera ? - Ryan se referiu a Justin.

- Dormiu igual pedra - rimos, depois de tomarmos o café fomos pra a sala e ficamos vendo filme.

Pov Justin 

Acordei com uma dor de cabeça muito forte, tomei um banho frio vesti apenas uma calça jeans fiz um topete e fui até a sala, me sentei ao lado da Mel e dei um selinho nela. - Senhor Bieber! - o segurança entrou na sala - Tem um tal de Christian querendo entrar. - disse olhei para Mel que pensou o mesmo que eu.

- Pode ele deixar entrar - ele assentiu e saiu - Como seu pai saía onde eu moro ?!

- Não é o pai dela! - Disse Ryan

- Quem é então pow? - perguntei

- Chris ! Caitlin! - Melanie ficou surpresa ao ver quem era.

- Vocês se já se conhecem ? - Eu e os meninos diseemos em uníssono.

- Formaram comigo - Abraçou eles - Oque fazem aqui? - Perguntou.

- E uma longa história, Mel ! - Disse Ryan.

- Vocês vão me explicar oque está acontecendo aqui !! - Disse já perdendo a paciência.

- Dude, precisamos conversar com você. - Chaz disse e seguimos pro escritório com o tal de Christian, e a outra lá ficou com a Mel na sala.

- Desembucha logo! - Disse asim que me sentei na minha poltrona, os três ficaram de pé na minha frente e Ryan começou a falar.

- É o seguinte... Chaz olho nas câmeras de segurança da mansão onde os killers ficavam mas, alguém tinha apagado as filmagens, e a única pessoa que tinha acesso registros de filmagens era Bryan então deduzimos que...

- Bryan é o traidor! - Disse com os punhos fechados.

- Foi aí que começamos a ligar os pontos - Começou a dizer Chaz - O Sumiço de Bryan durante o dia, o silêncio que ele ficava durante as nossas reuniões, e tudo começou a se encaixar. Ele hackeou as câmeras de segurança da mansão entrou nela, colocou os explosivos e saiu como se nada tivesse acontecido. Por isso que ele demorou chegar no galpão...

- E por isso que ele me atacou, Aquele viado vai se arrepender disso eu confiava a minha vida nele, isso não vai ficar assim. - Disse - Oque ele tem haver com isso ?! - apontei para o Christian

- Meu nome e Christian Beadles, eu e minha irmã caitlin Saímos de casa por conta de uma briga com os meus pais - Respirou fundo - Ryan e Chaz descobriram quem eu sou hacker, eles foram atrás de mim e fizeram o convite para eu entrar na gangue.- Disse ele

- Trouxemos ele aqui para você aprovar a entrada dele na gangue. - Ryan se sentou - fizemos tudo isso sem te avisar porque você estava muito transtornado com tudo que aconteceu ontem, Achamos melhor ir procurar um hacker mais rápido possível.

- Pensa bem Dude,precisamos de um hacker para invadir as câmeras dos bancos, para encontrar os criminosos, encontrar os nossos inimigos, e fazer tudo que Brian fazia. Cristian é um puta hacker. - Chaz disse.

- Fizeram bem em ir adiantado as coisas, mas, como vou saber se posso confiar nele- disse

- Eu te dou a minha palavra de que vocês podem confiar em mim, depois dessa briga que teve com os meus pais eu não tenho mais nada e nem ninguém além da minha irmã, não querendo me gabar mas Como já disse Chaz eu sou um puta hacker, sei invadir sistemas de bancos, rastrear pessoas, fazer tudo que vocês imaginarem através de uma tela de computador. Eu dou a minha palavra de que vocês podem confiar em mim. - Disse ele

- Oque fez você aceitar a proposta de entrar para a gangue? - Perguntei ele

- Eu estava sem uma casa para morar com a minha irmã, eles me oferecerão morar aqui na mansão, oferecerão segurança, para mim e caitlin, e um salário que nem os meus pais recebem. Eu quero dar uma vida boa para minha irmã, fazendo o que eu gosto de fazer e o que eu sou bom em fazer. - Ele dizia tudo com sinceridade, eu podia ver através dos seus olhos que ele estava falando a verdade, e se ele é tão bom quanto dizem não vale a pena tentar. Estamos precisando de um hacker até porque sem o hacker não conseguiríamos fazer o nosso os roubos, encomendar os carregamentos de drogas sem ser pegos pela polícia e entre outras coisas.

- tudo bem Christian eu vou confiar em você - Me levantei - Ryan e Chaz vão te ensinar a usar uma arma, e vão ensinar você e sua irmã a lutar, Para poderem se defender dos inimigos. Vocês não vão podem contar para ninguém o que fazemos, aqui nessa casa ,não podem contar a ninguém sobre a gangue, qualquer vacilo que vocês tiverem estão fora da gangue e se souber que contaram alguma coisa para qualquer pessoa, qualquer pessoa que seja eu mato vocês e vou atrás dessa pessoa e mato ela também, você vai passar por um período de experiência se eu souber que posso confiar em você de verdade você está contratado. - disse e ele assentiu - Chaz, mostre Christian e caitlin onde é os quartos . - disse e eles saíram ficando apenas eu e Ryan para decidirmos sobre oque fazer com Bryan.


Notas Finais


>>>> oiie, passando para avisar que o próximo capítulo e so semana que vêm <<<<<


Thak You ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...