História A vampira. - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce, Shadowhunters, The Vampire Diaries
Visualizações 140
Palavras 262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
♥️

Capítulo 28 - POR QUE NÃO PODE ME AMAR?!


Fanfic / Fanfiction A vampira. - Capítulo 28 - POR QUE NÃO PODE ME AMAR?!

Sayumi-on

No dia seguinte..

Eu já estava preocupada, Lynn estava fora de casa desde ontem... Onde será que ela estivera? Não sei, mais é melhor eu procurar. 

Peguei minha jaqueta e quando abri a porta vi um ser que ia bater na mesma.

- Bom dia.- disse ele.

- Agora não Armin.

- Ei... O que tá acontecendo? Ontem você tava toda carinhosa, agora vem me dando patadas?

- Armin...

- Você vai me explicar isso.

- Tá bem, entra.

- Tá.

Ele se sentou no sofá e eu sentei ao seu lado.

- Tá... Tudo começou..

Flashback-on

Eu morava em uma outra cidade que não era aqui, eu tinha um namorado, ele era tudo, nos fazíamos tantas coisas juntos, ele era... Muito importante pra mim.

Eu estava indo para a casa dele, não tinha avisado, queria fazer um surpresa, mais acabou que quem foi surpresa fui eu. Cheguei na porta da casa dele é ouvi risos. Toquei a campainha e escutei um "já vai" de uma voz feminina. Quando abriram a porta vi uma mulher com a blusa dele e ele descendo as escadas e logo me vendo.

- Posso ajudar?- perguntou a mulher.

- Não, não pode...- falei com os olhos cheios de lágrimas.

- Sayumi... Eu posso explicar-lhe disse ele.

- Não precisa... Eu já vi tudo. Adeus.

Sai correndo dali o mais rápido que puder... E dês de então... Não gostei de mais ninguém.

Flashback-of

- E fim.

- Nossa... Eu... Não sabia... Desculpe.

- Tudo bem, agora... Eu realmente preciso ficar sozinha.

- Tá... Ham.. Tchau.

- Tchau.

Assim que o Armin saiu pela porta, respirei aliviada, odeio mentir pra ele, mais é para o seu próprio bem.



Se ele soubesse minha verdadeira história...


CONTINUA....


Notas Finais


Beijokas fiquem com Deus ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...