1. Spirit Fanfics >
  2. A nerd e o Bad Boy >
  3. Ah não, novamente isso não...

História A nerd e o Bad Boy - Capítulo 14


Escrita por: e ReisLuil


Notas do Autor


Olha quem voltou🙈 Desculpa a demora para atualizar🤡. Enfim... aqui está mais um capítulo, espero que gostem😊


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
💜

Capítulo 14 - Ah não, novamente isso não...


Fanfic / Fanfiction A nerd e o Bad Boy - Capítulo 14 - Ah não, novamente isso não...

Me levanto, me arrumo para o colégio e desço para tomar café. 

Não sei porque, mas tudo isso está me deixando com um mal pressentimento... quem será Pak-bbong e por que ele tem medo de eu me afastar dele?.... aquela história.... é semelhante com a minha.... 

- Ah, Não ser que ele seja... Oh...! não pode ser! -falo batendo em minha cabeça, para tentar afastar esses pensamentos.

- S/a? Aconteceu algo? -diz Tae entrando na cozinha. 

 - Não, estou bem -falo sorrindo fraco.- Nossa! Estou atrasada -Falo olhando a hora em meu telefone.- Onde está a Lisa? -pergunto confusa por não te-lá visto hoje.

- Ela não amanheceu muito bem, então eu disse para ela ficar em casa.

- Ah... ok. -Falo pegando minha mochila e saindo.

- Me espera! -diz bambam correndo atrás de mim.

- Ok. - Falo parando de andar.

- Vamos? -Fala andando na minha frente.- Você está pensativa hoje. Aconteceu algo?- fala ao me ver parada.

- Não -sorrio.- vamos.

Chego na escola e me deparo com varios alunos formando uma roda.

- O que tá rolando? -pergunto para Bambam que estava mexendo em seu telefone.

- Parece que...-me encara assustado.

 - O que?-pergunto confusa.

- Nada... deixa. Não é nada com que você precise se preocupar. -sorri fraco e guarda seu telefone em seu bolso.- Vamos... vou te deixar na sua sala. -sai andando e eu o acompanho. 

Chegando em minha sala, vejo algumas meninas cochichando e me sento em meu lugar.

Olho ao meu redor e me vejo sozinha novamente...  acho que está no meu destino ser sempre a nerd solitária.

Vejo o professor entrando na sala com um garoto... espera... como eu poderia me esquecer? 

Meu coração começa a acelerar e minhas mãos a suar frio. 

- Esse é Park Jimin. Ele estudará conosco a partir de hoje. Vamos nos dar às boas vindas. -diz o professor.

- Seja bem-vindo -a sala inteira diz, menos eu.

 - Pode se sentar ao lado de Kim S/n. -O professor diz novamente.

Estava tremendo, essa era uma sensação horrível, e para piorar...não conseguia respirar e nem sequer chorar para acabar com tudo isso de uma vez.

Pego meu celular para mandar mensagem para Bambam mas sou interrompida pelo professor.

 - Senhorita S/n, não é permitido aparelhos eletrônicos na minha aula, então poderia guardar o celular antes que eu guarde? -diz irritado.

- S-sinto muito. -Falo guardando.

Pego em meu estojo uma lâmina e abaixo a minha cabeça para o meu braço, e estava prestes a me cortar ali mesmo, mas Park Jimin me interrompe.

- S/n? Nem pense nisso... -diz assustado.

A sua voz foi o suficiente para piorar tudo...

Estava ficando com mais dificuldade para respirar.

- Eu disse algo errado? -diz preocupado.- vamos lá fora. - Fala se levantando.- com licença, professor. S/n está passando mal e precisa de um pouco de ar, vou levá-la até lá fora. - Fala me puxando, só que desta vez  delicadamente, sem apertar meu braço.- Isso é tudo culpa minha, me desculpe... 

- Está tudo bem... não precisava se preocupar. 

- Não foi nada.

- Volte para a sala. Eu estou bem.

Na verdade... não estou bem... eu preciso fazer isso.

- Ok. - diz saindo.

Vou em direção ao banheiro, entro em uma das cabines e me sento na tampa do vazo. Olho para a lâmina e faço um corte profundo em meu braço, não consigo conter as lágrimas e acabo chorando um pouco alto. Escuto uma voz familiar me chamando e acabo me assustando.

- Está tudo bem? O professor pediu para eu vir conferir. -diz Rosé.

- Sim. Já estou indo para a sala. 

- Ok. - Escuto o barulho da porta se fechando e saio da cabine.

Começo a lavar meu braço, ao terminar, jogo a lâmina no lixo e saio em direção a sala e me sento em meu lugar.

- Senhorita S/n, Por favor, poderia fazer dupla com o Jimin? -diz o professor.

Olho a minha volta e vejo que todos estavam em duplas.

- Ok... -falo juntando nossas mesas.

Estava assistindo a aula, até que Jimin me cutuca.

- Seu braço...- fala preocupado.

- Ah não... -Falo ao ver a manga da minha blusa manchada de sangue.

- Toma. -fala me entregando um paninho e eu pego.

- Obrigada. - falo fria, pego o pano e passo em meu braço.

- Eu achei que já tínhamos acabado com esse clima... eu sei que eu te machuquei, mas achei que você já tinha me perdoado.

- Por que me perseguiu? -falo o encarando sem expressão. 

- Não te persegui... Você não entende. meu pai me obrigou a vir... você acha que eu escolheira me afastar dos meus amigos? Eu realmente errei em criar um perfil falso para me aproximar de você, mas foi uma boa ideia para te conhecer novamente.

- Você...? Eu achei que isso era coisa da minha cabeça, mas estava certa. Nunca deveria ter me apegado a ele, mesmo sem saber que era você... 

- Ele era a pessoa perfeita que eu queria ser. Eu não queria ter te magoado... se quiser se afastar de mim, vá em frente, eu mereço coisa pior do que isso. Sinto muito por não ser quem você gostaria que Pak-bbong fosse.

- Eu prometi. Não importa quem Pak-bbong é, eu fiz uma promessa á ele e vou cumprir até o fim. Você realmente me machucou, me magoou me tratou como um lixo, mas eu te perdoei, ainda dói com certeza, mas eu vou vencer tudo isso, não se preocupe, não vou me afastar de você... eu já deveria imaginar.

Pak-bbong estaria orgulhoso de você por cumprir a promessa. -sorri.

- Ele está. -sorrio fraco.

Volto a copiar as lições do quadro.

O sinal do intervalo toca e começo a guardar meus materiais.

- Você precisa de ajuda? -Diz Jimin.

- Não precisa. -termino de guardar os meus matérias e saio da sala.

- Lee Félix estuda nessa escola? -Jimin aparece do meu lado do nada. 

- Não conheço quase ninguém daqui. -respondo séria.

- Droga... -fala ao ver três garotos vindo em nossa direção.

- Jimin... Quem são eles?- Pergunto confusa.

- O loiro é Lee Félix, o de cabelos escuros se chama Christopher bang, mas prefere ser chamado de bang chan, e o último se chama Hwang Hyunjin.

- Ah tá que eu vou decorar tudo isso em 1 minuto. -falo e acabamos rindo.

Vejo os três se aproximarem e parar em nossa frente, até que Lee Félix se propronuncia.





- Essa é sua garota, Park? -debocha.






- Sim. - Fala o encarando sério e me puxa para perto dele.






- Poxa... é uma pena...porque acho que vou ter que tira-la de você. - me segura pelo braço. 

Encaro Jimin confusa e ele me puxa de volta, mas Lee Félix ainda estava me segurando.







- Pode me soltar?- o encaro irritada.


- Até poderia, mas não -sorri cínico.





- Não sabia que agora você mexia com alunos do 1°, Lee. Não sente vergonha? - debocha.





- Prefiro as inocentes, as outras não tem muita graça. -sorri cínico.




- Solta ela Félix, ela é irmã de Kunpimook e Kim Taehyung. -Bang chan se pronuncia pela primeira vez.



- Se eles descobrirem, estaremos encrencados.- Hyunjin diz e Félix me solta.










- Eu não tenho medo deles, só estou soltando porque eu tenho mais oque fazer. - diz sério.

















- ainda não acabou... Você ainda vai ser minha -diz em meu ouvido me fazendo estremecer.












Ah não... novamente isso não... 








Por que eu só me meto em problema?




























Continuaaa...?




 












Notas Finais


Obrigada por ler 👁-👁 desculpa qualquer erro ortográfico, e até o próximo capítulo🙈😎🥰

Obs: Qualquer dúvida, estou a disposição💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...