História A Nerd é o Popular. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo II


Miranda POV.

Já era um novo dia na cidade e eu estava deitada na cama ouvindo minha playlist de músicas, estava tão distante nos meus pensamentos e na playlist que não ouvir a porta do meu quarto bater... Como eu sou ignorei mesmo que tivesse ouvido alguém bater na porta.

Mirella: MIRANDAAAA ABRE ESSA PORTA E SAI AGORAAAA!!!!! Diz Mirella chutando a porta enquanto me xingava atrás dela.

Para a boca de matraca fica calada, me levantei abrindo a aquela porta branca de madeira, olhei séria para ela, sua expressão estava bem vermelha e enchadas de raiva, eu dei língua a ela. Tirando meus fones e encarando ela de verdade.

Mirella: Miranda minha fofinha. Diz com a maior cara de pau, cara fofa pro meu lado, nem venha. Vamos pro shopping??? Ela me olha curiosa.

Eu só bufo e faço não com a cabeça, ela sabia que odiava sai de casa e ainda mais aonde tinha muita gente, SOU ANTI-SOCIAL!!!, Eu a ignoro ela novamente, do nada sinto pegar meu braço, olho para ela, furiosa.

Mirella: Ave Maria tá de TPM? Olhou para mim dando um sorriso de lado e me puxando.- Mesmo assim você vem comigo!!

Suspiro como reprovação mas sinto ser ignorada pela mesma...

Quando chegamos no inf&rn* do shopping, tinha tanta gente, chega deu medo, olhei pro lado vendo um traste que eu menos queria encontrar, Jack e a [email protected]@[email protected] da loira oxigenada Juliana, aquela menina me odeia e eu a ela. Então a única coisa que fiz foi puxar o casaco da Mirella e mostra a ela os dois pombinhos. Ela só riu e entramos numa loja de roupa, era a loja que eu MENOS QUERIA !!!! ENTÃO SOCOOOORROOOO, tava tempo de grita de tanto minha irmã pega roupas para mim, isso era meio irritante para mim. Dava até raiva.

Depois de algumas horas, graças a Minha Santa Josefina nós saímos da loja, encontrando de cara a Juliana e o Bastardo.

Juliana: Oi Mirella... Eh .. Oi Miranda... Na aquela hora queria pular no pescoço dela é matar ela, sorte que minha irmã estava me segurando para não matar essa garota oxigenada e depois jogar prós corvos que acho que nem vão querer.

Mirella: Oi ... Vamos Mih? Ela me olhou eu só assedir entediada olhando para aquelas caras mortas de bastardos, saímos de lá sem nem ao menos olhar para eles. 

Mas sentir algo me observa, sentir que Jack está me olhando, bufo IRRITADA IRRITADA MERMO, chegamos em casa e foi direto para casa dizendo que não ia jantar, só sei que quando me deitei apaguei... Tendo... Um sonho estranho ... Muito mesmo ....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...