História A Nerd e O Popular - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Hailee Steinfeld, Kian Lawley, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 21
Palavras 685
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Capítulo 10


{Calvin}

Mesmo tratando as meninas bem eu fui "ignorado"! Isso que dá querer ser gentil! Mas também não importa! Isso não vai me tirar o foco da minha vingança.

Pego o celular da minha mãe escondido e entro no meu Facebook e mando mensagem para o pessoal no nosso grupo.

Mensagem on/Troupe

Calvin — Vingança em prática!

Grgg — O que você pretende fazer cara?

Calvin 1 Primeiro eu vou a fazer ficar gamadinha no Calvin aqui, e depois humilhar ela da pior forma possível!

Kenzie — O que isso quer dizer?

Calvin — Calma, vai ser tudo de mentira!

Valerie — Você vai chegar a namorar ela?

Calvin — Se for preciso, sim!

Kevin — Que nojo Calvin! Você vai beijar aquela garota?

Calvin — Eca! Mas como eu disse antes, se for preciso, sim!

Kenzie — Eca! Vai ter que fazer tratamento bocal por anos!

Calvin — Certamente! kkkkkkk

Mensagem off/Troupe

Olho para o lado vendo a minha mãe vindo em minha direção, e eu escondo o celular atrás de mim.

Carmem — Filho me faz um favor?

Calvin — Sim!

Carmem — Chame-os para comer, por favor? — Assinto sorrindo falso e subo correndo. Saio entrando no quarto sem bater mesmo.

Calvin — Minha mãe está chamando vocês pra comer!

Kyle — Bater na porta é bom e todo mundo gosta! — Reviro os olhos e saio do quarto. Volto lá pra baixo e vejo o meu pai com uma mulher jovem e uma garotinha.

No caso a minha madrasta Evellyn, e a Emilia.

Calvin — Oi! — Falo me abaixando na altura da Emilia.

Emilia — Oi! — Ela diz envergonhada e se esconde atrás a mãe.

Evellyn — Fala direito com o seu irmão filha! — Ela a empurra para frente dela.

Emilia — O Kyle disse pra não falar com idiotas! — A mãe dela a fuzila com o olhar.

Calvin — Idiota é aquele babaca! — Digo entre dentes e ela ri.

Emilia — KYLE! — Ela grita e vai na direção do mesmo que já estava no pé da escada.

Kyle — Sai fora chiclete! — Ela cruza os braços. — Estou brincando minha princesa! — Ele pega ela no colo.

Patético!

Kyle — Lembra do que eu te disse ontem? — Ela bufa.

Emilia — Para não falar com idiotas!

Kyle — Muito bem, aprendeu certinho! — Ele me olha cínico e eu fuzilo o mesmo com raiva.

Evellyn — Calvin, ele também é irmão dela!

Kyle — E contagioso também! — Ele me olha com desdém e vai na direção da Evellyn e a abraça. — Está bem gatinha hoje em!

Evellyn — Você não presta garoto! — Ele ri e eu reviro os olhos.

Carmem — Oi Evellyn! — A minha mãe fala ao aparecer na sala.

Evellyn — Oi Carmem! — Elas se cumprimentam e eu vou pra sala de jantar. Sento-me à mesa sobre o olhar furioso do pai da Amberly, e depois todos vem para sala de jantar.

Carmem — Evellyn essa é a Agnes, uma velha amiga! E esse Mark, seu marido! — Eles se cumprimentam com um aperto de mão.

{...}

Eles passaram todo o almoço conversando e eu fiquei quieto na minha.

É, depois disso eu sempre vou ser o excluído!

Carmem — Então Amberly, o que pretende ser?

Amberly — Eu sempre tive paixão por fotografia! — Diz ela num tom apaixonado, e a minha mãe logo me olha.

Carmem — Você também vai ser fotógrafo, não é filho? — Assinto.

Kyle — A gente vai fazer a faculdade juntos, não é Berly?

Amberly — Se eu passar, sim!

Lauren — Não vejo graça nessa Harvard. Eu é vou mandar a minha carta para Princeton!

Kyle — Harvard é uma das melhores!

Lauren — Princeton também!

Agnes — Eu não entendo o porquê de a Amberly fazer Medicina, se ela gosta de fotografia!

Amberly — Não quero me prender a uma coisa só, eu quero ter duas opções para caso eu precise!

Jorge — Muito bem pensado! — Ele a elogia.

Carmem — Você escolheu para qual vai filho? — Pergunta ela para mim.

Calvin — Columbia! — Ela sorri orgulhosa.

Jorge — Vamos torcer para que ele passe! — O ignoro e continuo comendo.

Sempre foi assim, o Kyle sempre foi o filhinho querido e eu a segunda opção. Com o tempo você acaba acostumando com isso, mas ele é o meu pai, será que ele pensa que isso não me machuca? Qual o problema dele?


Notas Finais


Já adiantei os capítulos de amanhã, até semana que vem meu povo!
Beijos da tia Atena!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...