1. Spirit Fanfics >
  2. A névoa de um futuro incerto >
  3. Um novo dia

História A névoa de um futuro incerto - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Continuação rápida do capítulo anterior.

Capítulo 2 - Um novo dia


Fanfic / Fanfiction A névoa de um futuro incerto - Capítulo 2 - Um novo dia

[Casa da Família Bakugou]

9:02 Am 

[Katsuki]


Acordo ainda meio anestesiado, sinto um peso em minha cabeça como se tivesse acabado de acordar de um sonho muitolongo.

Abro meus olhos e percebo que Ochaco  estava acordada  deitada em meu tórax, ela me olha calmamente enquanto passa  sua mão devagar em meu rosto, ela esboça um sorriso meiogo ao ver que finalmente acordei, eu dou um selinho nela em seguida me viro para olhar o relógio, vendo que são nove horas ainda:

- tive um sonho muito estranho...- falo ainda com a voz grave por ter acordado a pouco tempo.

- consegue se lembrar amor?- ela pergunta enquanto faço carinho nos cabelos castanhos dela.

- não...  Só lembro que tinha que fazer algo nele, e ainda me sinto assim, acho que não quero falar sobre.

- está tudo bem, você sabe que não precisa trabalhar hoje não é?

- ah sim, porém quero treinar os meus novos alunos , que escolheram fazer residência na nossa agência - percebo que após ter dito isso ela parece ter ficado animada.

- o Kota e A Eri estão fazendo residência com você não é?

- sim , achei que eles iriam pra Agência do Midoriya mais eles escolheram a minha, no final. - falo com um sorriso de satisfação, em seguida levanto meu corpo me setando na cabeceira da cama , ela faz o mesmo.

- você vai pro hospital ver ele antes do trabalho não é...? - ela fala cabisbaixa, com uma feição de preocupada.

- eih não faz essa cara, aquele idiota vai melhorar eu tenho certeza, eu já vi ele se arrebentar bem mais que àquilo, ele vai melhorar.

- é você está certo - ela mexe no cabelo.

Continuo olhando ela, eu coloco minha mão em seu rosto e me aproximo mais para perto , em seguida eu a beijo de forma mais lenta e demorada , aproveitando mais a sensação, enquanto nós beijamos , desço minha mão por toda a cintura dela , sinto ela colocar a mão dela sobre a minha que estava apoiada em sua face, continuo decendo a minha mão pelo seu quadril e aperto sua bunda, ela solta um leve gemido abafado entre o nosso beijo, me fazendo interromper o mesmo e começar a beijar e dar leves mordidas em seu pescoço, sinto ela ter tremido um pouco o seu corpo por ter ficado arrepiada provavelmente, enquanto aperto sua cintura, e mordo seu pescoço ,ela solta alguns gemidos Baixos , sinto ela usando agora suas mãos em meu tórax tentando me afastar:

- K-katsuki , as Crianças estão na S-sala, eu acabei deixando a porta e-entre aberta elas podem ouvir...- ela fala enquanto faz alguns objetos pequenos no quarto flutuarem com sua telecine de maneira inconsciente.

- você sabe que não sou bom em me controlar...- falo meio que sem pensar direito pelo meu corpo estar bem estressando após aquele longo sonho, eu a puxo para cima do meu corpo fazendo ela sentar em cima da minha virilha de frente para mim.

Volto a beijar ela enquanto ela rebola de leve em meu colo, enquanto seguro sua cintura e ela continua apoiando suas mãos em meu tórax, entre um beijo e outro aproveito para fazer um marca no pescoço dela e outra em seu seio na parte do decote da camisola. 

 - s-se você q-quer mesmo fazer precisamos ir rápido amor - ela fala corada e bem ofegante.

- okay garota... - falo sério enquanto vou abrir o zíper da calça , assim que coloco a mão no zíper escutamos duas batidas na porta. Os pequenos objetos que Uraraka estava levitando caem no chão , ela está bem vermelha , ela se levanta rapidamente de cima de mim , e eu por minha vez espero ela deitar e nós cubro com o lençol.

- P-pode entrar - ela fala recobrando o fôlego.

Hanabi entra no quarto e olha para nós dois e em seguida olha pro chão como se tivesse esquecido o que ia falar , ela vê algumas canetas relógios e livros espalhados pelo chão e em seguida volta a olhar pra nós:

- papai e mamãe , a Tia Momo e o Tio Shoto vão vir aqui hoje para almoçar não é.

- vão?... É. - nesse momento Ochaco me deu uma cotovelada no braço.

- eih porquê fez isso idiota! - falo bravo com a reação dela. 

- como você esqueceu nós combinamos ontem na hora da saída... - ela me explica emburrada.

- ah ontem a noite né na hora da saída, eu só lembro deu estar brigando com o manobrista por não trazer logo o nosso carro


[Flash back Uraraka]


Pouco antes de sairmos do evento, Katsuki estava com Kasui em seu colo dando uma bronca no manobrista , certos hábitos nunca mudam ,  penso enquanto vejo ele e suguro Hanabi pela mão , até que Ouço uma vós conhecida:

- Eih Ochaco! 

Assim que ouço a voz dela me viro e vejo que são , Todoroki e Yaoyorozu , Todoroki está com sua filha mais velha Ruiva a segurando em seu braço esquerdo, enquanto seu filho mais velho de cabelos pretos esta no chão segurando sua mão direita , já Momo está apenas segurando sua filha mais nova que tem a mesma idade que Hanabi , a garotinha de cabelos negros está dormindo nós braços dela calmamente:

- oi gente! Queria ter conversado mais - respondo animada com a presença dos dois, pois não conseguimos conversar no evento.

- Oi foi muito corrido o evento de hoje , eu e o Shoto ficamos bastante ocupados e também você e o Katsuki estavam com o Kirishima e a Ashido , então não queríamos atrapalhar vocês.

- ah que nada seus bobos.

 Todoroki olha para Bakugou e em seguida volta a olhar para mim e Hanabi.

- ele estava bem decidido hoje.

- ah sim... - respondo meio vagamente por saber que o acidente do Deku Mexeu muito com ele. Porém em seguida tenho uma ideia.

- gente o que vocês acham de darem uma passada lá em casa amanhã , eu posso preparam um almoço para vocês se estiverem livres, levem as crianças para brincar também.

- hum... Me parece uma boa ideia, nós não temos trabalho amanhã em específico , podemos ir sim, e ele - Todoroki acena com a cabeça na direção de Katsuki que está chacoalhando o manobrista.

- ahn. Não sei se ele irá trabalhar... Hehe- passo um pouco amão pelo meu cabelo.

- bom então estamos combinados amanhã iremos almoçar lá - momo fala enquanto se despede de mim.

Nesse momento os dois ando até mais a frente onde um outro manobrista estaciona o carro deles e eles entram se despedindo do Bakugou, nesse momento Katsuki olha bem para o manobrista que disse que o carro dele ainda iria chegar e começa a fazer novamente mutiplas reclamações dizendo:

- como assim o carro dele chegou antes do meu, se nós chegamos primeiro!! 

[Flash back fim]


[Katsuki]


- ah... Eu lembro de algo assim eu acho.

- podemos fazer o almoço junto com você mamãe - Hanabi pergunta olhando para nós.

- mais é claro , vamos logo preparar alguma coisa!- ela fala animada se levantando da cama e indo levar as crianças até a cozinha, não tenho exatamente tempo a perder então assim que as duas saem do quarto.

Me levanto arrumando minhas roupas e meu uniforme de trabalho, tenho que me apresar se quero passar no hospital antes penso enquanto término de arrumar as minhas roupas e vou em direção ao banheiro para fazer minha Higiene matinal , após escovar os dentes e lavar o rosto, parto para o box do chuveiro.

Assim que término meu banho gelado, pego uma toalha para me secar e fico olhando meu reflexo no espelho do banheiro por alguns instantes, me recordando do poder que eu Herdei e tenho que fazer se tornar meu, após mutiplos pensamentos saio do banheiro e começo a vestir o meu uniforme.

- agora está tudo pronto...- falo enquanto pego algumas coisas e coloco no meu bolso, abro a porta do quarto e desço as escadas da minha casa até chegar no primeiro andar.

Ochaco e as crianças estão na cozinha preparando as coisas para o almoço, passando por lá, chegando perto das crianças, me agacho e dou um abraço apertado nos dois ao mesmo tempo:

- tenta voltar logo papai- Hanabi fala com um pouco de agustia em seu tom de voz ela provavelmente queria que almoçasse junto com eles.

- vê se explode todos os vilões que aparecerem Pai! - Kasui fala animado enquanto me olha com admiração.

- pode deixar , vou tentar voltar mais cedo, e qualquer vilão que cruzar o meu caminho vai morrer - falo dando uma leve risada sádica e me levantando , olhando para Uraraka que está com um sorriso no rosto enquanto desvia o olhar de mim, por minha vez dou um beijo demorado nela:

- tenha cuidado, e qualquer notícia importante da melhora dele me avise tá.

- pode deixar vou tentar voltar mais cedo hoje - após falar isso me direciono até aporta de casa.


Um tempo depois...


[Hospital Geral da agência never stop trying] 

(Agência do Midoriya)


 Assim que chego no hospital da Agência do Deku, vou logo falar com a recepcionista pra me levar pra área do hospital que ele se encontra, a movimentação na agência dele não diminuí mesmo com ele estando internado, isso é bom.

Percebo também que muitos ali presentes ficam me olhando, também depois daquela declaração que eu dei já era de se esperar , sempre fui alguém que mesmo sem querer acabava atraindo muito atenção, ver todas essas pessoas me olhando me irrita porém, nem todos estão me julgando , muito querem apenas saber o que eu vou fazer depois de ontem.

A recepcionista me leva até o vigésimo terceiro andar onde o Midoriya está internado, entrando no quarto, vejo que ele está aparentemente repousando, sua esposa estava dormindo sentada com o corpo debrusado em cima da maca, assim que entrei uma das enfermeiras , acorda ela com calma, A Melissa se espreguiça ali mesmo.

Ela arruma o óculos em seu rosto e em seguida olha para mim, ela me da um sorriso ,percebo que os olhos dela estão meio inchados provavelmente dormiu chorando: 

- Podem nos dar licença por um instante meninas - ela fala para as enfermeiras alí presentes que rapidamente se retiram, eu me sento em um banco do outro lado da maca, Melissa vai até próxima de mim:

- se quiser pode ir descansar vou ficar com ele um pouco.

- obrigada Katsuki, e eu também queria saber se você já está se adaptando melhor só One For All.

- ainda só consigo usar 50% no corpo todo, diferente do Deku , meu corpo é obviamente extremamente mais bem preparado do que o dele quando ele era adolescente, então consigo usar boa parte da individualidade porém ainda falta muito pra eu conseguir chegar ao 100% ou além.

- fico felize que esteja conseguindo usar metade já em tão pouco tempo.

- as dicas que o Deku me deu facilitaram bastante.

- bom vou ir lá para cima agora, tenho que resolver algumas coisas - ela fala se retirando do quarto. 

Apenas concordo com a cabeça, enquanto ela se retira , fico um bom tempo impaciente apenas olhando ele dormir, fico olhando também para a televisão que está passando algumas notícias comuns aparentemente nenhum crime causado por vilões, enquanto estava ali esperando ele acordar uma enfermeira mais jovem de cabelos rosa , entra na sala, ela fala um pouco em voz Alta:

- Explosive Storm!? - ela fala tentando controlar a emoção, provavelmente é alguma Fã minha, não esperava encontrar alguém assim aqui é meio controversos. 

- Ah oi - falo de maneira fria porém sem a intenção de chatear ela.

- n-não esperava t-te ver por aqui , a sua apresentação de ontem foi incrível!...

- valeu... - realmente acabei chamando muita atenção ontem que saco.

- e-eih eu gosto muito do seu trabalho Storme , espero que você não esteja me achando uma fanática ou.. 

- tá tudo bem - eu tinha que fazer ela parar de falar , não tô acostumado com fãs assim... Porém elas não parece ser uma pessoa ruim, ela me lembra um certo Nerd fanático pelo ALL Might , penso enquanto olho para o Deku.

- você quer uma foto ou um autógrafo não sou bom em tentar adivinhar o que meus fãs querem , a maioria gosta dessas coisas não é... - pergunto coçando a cabeça.

- ah não precisa se incomodar - ela fica vermelha balançando a cabeça pros lados de forma negativa.

- não fica tranquila se quiser eu faço - Deku me disse pra nunca passar uma impressão ruim para os fãs, pra que eu não acabasse odiado igual o Endevor , porém eu sabia bem disse, pessoas iguais a ela eu trato bem agora aqueles fãs chatos e grudentos no que ficam pedindo mil coisas e não se contentam com nada, esses eu odeio no fundo do coração.

- bom já que é assim eu trouxe a minha irmã mais nova para o trabalho hoje , pois não queria deixar ela sozinha em casa, ela gosta bastante de vocês dois, eu poderia trazer ela aqui para dar um oi?... - ela curvou o corpo fazendo aquele pedido, eu fiquei meio com o pé atrás porém acho que vou deixar passar dessa vez.

- tudo bem pode trazer ela.

- muito obrigada prometo que será por pouco tempo - ela fala se retirando da quarto.

- v-você mudou bastante kazinho...

Assim que eu ouço aquela voz me viro rapidamente para olhar para Deku, ele estava sentado me olho com um olhar de satisfeito.

- o que você está fazendo seu idiota, você já pode ficar assim?! 

Ele dá uma leve risada e algumas tossidas:

- depois da cirurgia de ontem sim... , Só vou ficar com dificuldade pata mexer as minhas pernas e meu braço direito por um tempo.

- que droga Deku, porquê você tinha que ter exagerado! Seu merda!...

Falo cabisbaixo olhando o chão.

- eu sei o que você está pensando é igual a 15 anos atrás não é, você acha que é o culpado por não estar lá, porém não é verdade a culpa foi minha...

- como você tem tanta certeza do que está falando, eu não disse absolutamente nada, eu podia muito bem estar assim por qualquer outro motivo...

- eu te conheço a bastante tempo esqueceu.

Fico em silêncio por um breve momento, não posso mostrar fraqueza aqui, ele passou o poder dele pra mim e tenho que mostrar resultado calma Katsuki.

- viu a declaração que eu dei ontem?...

- sim , assim que sai da ciruirgia já liguei a TV.

- que bom , mais que história é essa de que é culpa sua o que aconteceu naquele dia?...

Percebo que agora Deku trocou o seu olhar ele está sério, e parece estar um pouco bravo e frustrado:

- aquela garota, que tinha o ALL for One,bom ela era... , A minha filha...


Notas Finais


Mais explicações no próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...