História A new beginning - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Bobby Finstock, Breaden, Claudia Stilinski, Derek Hale, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Paige, Personagens Originais, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski
Tags Romance, Stydia, Suspense, Teen Wolf
Visualizações 48
Palavras 1.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom, esse capítulo vai ser mais voltado ao Derek. Ele vai ser um dos principais personagens da trama, leiam e vocês entenderam. Espero que estejam animados com essa fic, assim como eu estou.

Capítulo 4 - O que foi que você fez Derek ?


Scott só podia estar tirando uma com a minha cara, não tinha outra explicação.Olhei ele seriamente por alguns segundos, esperando alguma risada, mas nada aconteceu. Ao contrário suas feições eram de legítima seriedade.

—Acha mesmo que vou acreditar, me fale logo a verdade.—Disse quebrando o silêncio que estava se intensificando.

—Essa é a verdade, acredite ou não.

—Você está me dizendo que você é um lobisomem, tipo, aqueles dos filmes e séries que todos adolescentes gostam? Só pode estar de brincadeira.

 Scott parecia estar ficando impaciente, então se levantou e me encarou, o que me fez temer que poderia acontecer.

—Olhe fixamente meus olhos.

 Seus olhos ficaram vermelhos e seu rosto cheio de pelos. Aquela “coisa era apavorante “, olhei para baixo evitando o encarar. Suas unhas estavam enormes, pareciam garras, garras de um predador. Me afastei para trás rapidamente, meu corpo sentia uma camada de terror e ao mesmo tempo de curiosidade.

—A Lydia e o resto do pessoal sabe?Minha voz era imperceptível .

—Sim,  eu não sou o único da alcateia que sou diferente, apenas o Stiles é humano.

 Eu fui enganado esse tempo todo, feito de idiota e nem percebi.

—Alcateia?

—Sim, eu, Stiles, Mali, Kira, Lydia e Liam, somos uma alcateia, eu sou o Alfa, o líder.Tudo isso era loucura de mais.

—E você nunca pensou em me contar? me deixou em perigo na festa,eu poderia estar morto agora.A raiva estava clara em minha voz.

—você nunca esteve em perigo, te protegi na festa e te protegerei agora, querendo ou não você faz parte da alcateia agora e está envolvido nisso tudo, essa foi a sua escolha.

—Como tudo isso começou? toda essa loucura? A curiosidade era maior que a raiva, não pude me conter em fazer perguntas e mais perguntas. Apesar do susto, tudo isso era incrível, Talvez essa seja a parte que faltava para me completar.

 Antes que Scott pudesse responder, seu telefone tocou.

—Oi... Deaton? o que aconteceu? .... Derek? ..... Tudo bem, estou indo aí. Scott olhou para mim.

—Precisamos ir a um lugar antes de esclarecer tudo.

 Descemos as escadas com certa urgência, não tinha a menor ideia do que estava acontecendo, apenas fiz o que Scott mandou. Ele pediu para dirigir, pois eu não sabia para aonde íamos, durante o caminho consegui fazer algumas perguntas. Me explicou porque o Derek era tão importante para ele, foi seu primeiro mentor e o ajudou a controlar a raiva e assim como ele também era um lobisomem. Também contou sobre os privilégios de ser um lobisomem, como a percepção aguçada a regeneração acelerada do seu corpo, e por último poder  de sentir as emoções de todos pelo seu odor. O que me fez pensar  que ele sabia sobre a minha incerteza sobre ir a festa ou quando estava escondendo algo. Quando paramos o carro, estávamos na frente de uma clínica veterinária, quando adentramos a porta, Derek estava em cima de uma mesa deitado, inconsciente. Seu corpo estava totalmente desfigurado, seu sangue estava espalhado por toda a sala, um ser humano qualquer não aguentaria ser exposto a tanta dor assim.

—O que aconteceu com ele?Scott estava preocupado.

—Não sei, quando cheguei para abrir a clínica hoje cedo, o encontrei na frente, inconsciente, você que deveria saber a resposta para essa pergunta. O tom do veterinário era de interrogação, procurava respostas pelo que estava acontecendo.

—Acho que você ouviu sobre o incêndio na casa da Lydia, não foi um acidente, Derek veio nos avisar sobre alguma coisa, mas fomos atacados antes que pudéssemos falar algo. Ele distraiu o que quer que fosse que nos atacou. Nos dando tempo para salvar as pessoas feridas, mas não conseguimos salvar todos.

—Quando achamos que nos livramos de todos os problemas, sempre aparece um novo.

—E quem é esse garoto? Ele estava apontando o dedo para mim.

—Ele estava na festa, nos ajudou a salvar algumas vítimas. Resumindo ele sabe sobre mim e sobre a alcateia. O olhar do veterinário para Scott era de reprovação.

—Scott você não se cansa de envolver inocentes em problemas maiores do que todos nós, não vou ficar te dando sermão pois não tenho tempo pra isso, vocês dois, me ajudem a tirar a blusa dele, preciso suturar o corpo dele, para ajudar a regeneração a agir, os cortes foram muito profundos e em pontos estratégicos, nunca vi alguém com tanta habilidade.

 Ficamos algumas horas ajudando ele a saturar o Derek e mais algumas esperando que ele acordasse, nesse tempo Scott me avisou para não me preocupar, todos estavam bem, inclusive a Lydia. Agora ela se mudaria para a casa abandonada da avó dela, já que a sua  casa tinha sido incinerada.

—Scott .Era o Derek, finalmente ele tinha acordado.

—Preciso que me esc... escute, fiz uma grande bur... burrada, achei que poderia reconstruir o pas...  passado, e ter o meu primeiro e verdadeiro amor de volta. Sua voz era quase inaudível, e com várias pausas para tentar recuperar o fôlego depois de cada palavra.

—Do que você esta falando?Scott o interrompeu.

—Quando fui embora de Beacon Hills e me exi.... exilei no deserto, não foi para me afa... afastar de todos, estava procurando por um Deri.... Derisko, que vivia nas sombras. Os olhos do veterinário se arregalaram quando escutou Derek pronunciar a palavra.

—Você estava atrás de um Derisko? esse tempo todo, sabe quão perigosos eles são?

—Agora eu sei.

—Do que vocês estão falando? Scott interrompeu a conversa dos dois.

—Deriskos são monstros que podem controlar dois elementos naturais do universo, mas cada um nasce sem poder escolher quais seriam,   mas para eles apenas o natural não era o bastante.

—Quantos deles existem? Scott estava tão curioso quanto eu.

—Não se sabe exatamente, mas existem lendas que dizem que eles criaram uma associação chamada ‘’ Um novo começo ‘’, movidos pelos seus incessantes desejos de encontrar a imortalidade , quebrarem as barreiras do natural. Antes que pudessem concluir o ritual para se tornarem imortais, foram atacados por caçadores da família Argent, mas nem todos foram mortos. A lenda diz que até hoje um único membro está vivo, procurando vingança.Derek não pareceu surpreso em ouvir toda a história, diferente do Scott e de mim.

—Conhecendo a lenda, comecei uma cam.... caminhada incansável  atrás dele, até que o achei e cometi o ma.... maior erro da minha vida, o convenci de me ajudar a trazer Paige dos mortos.

—Você fez o quê?  você sabe que ela é o que mantêm o nemeton vivo, é uma fonte de energia sobrenatural e quantos mais sacrifícios  mais poder ele possui, ela deve conter o poder de todos eles. você deu vida ao nemeton pela segunda vez. Scott estava eufórico.

—Então foi ela que nos atacou, na festa? —Perguntei ao Derek, esperando uma resposta plausível .

—Sim, até ontem eu achei que ela estava me se... seguindo, por isso vim até você Scott, pedir ajuda. Mas quando a dis... distraí na noite passada, fui pego, mas ela não quis me m.. matar. Acho que ela quer alguma co... coisa aqui em Beacon Hills. Todos estavam confusos, eu era o que mais estava, não sabia oque era nemeton nem nada do que estavam dizendo.

—Uma lenda relatada pela família dos Argents, que passaram de geração para geração, nela diziam que os Deriskos sobrevivem da energia sobrenatural de qualquer ser.O veterinário parecia saber muitas coisas  e estava tentando piorar a situação com todas essas informações.

—Ótimo, agora temos um fonte de energia sobrenatural ambulante andando por Beacon Hills e dando poder para esse Derisko, tudo por que você tentou mexer no passado Derek. Scott estava com tanta raiva que poderia perder o controle a qualquer momento.

—Você não entende e nunca vai entender, como é se sentir cul.... culpado por toda sua vida, por matar a pessoa, que  ma... mais amava na vida, o meu primeiro e ún... único amor. A única coisa que procurava era sentir tudo de novo, todo aquele am... –Scott não o deixou terminar a frase.

—Você acha que é o único que perdeu alguém que amava? Pensou que simplesmente reviveria a Paige e tudo voltaria a ser como era?Scott encarava Derek que estava deitado imóvel sobre a mesa.

—Você perdeu alguém, não tirou a vida dela com as suas próprias mãos, isso é uma dor que você nunca entenderá.

 Talvez o Scott não entendesse mesmo, mas com certeza eu entendia.


Notas Finais


Esse capítulo foi um dos melhores que já escrevi da fic até agora, acho que esse final deixou um suspense muito legal, quero deixar avisado que ficarei um dia sem postar a fic. Quero pensar bem no que vou escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...