1. Spirit Fanfics >
  2. A new Brother! >
  3. Surpresa

História A new Brother! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bom, espero que goste dessa fic, ela não tem a intenção de sujar a imagem de nenhum dos membros e pessoas citadas aqui! É apenas uma fic de Army pra Army🤡
Boa leitura Ami

Capítulo 1 - Surpresa


Corro o mais rápido o possível pra chegar na escola, pelo menos na terceira aula. Meu celular toca freneticamente mais não estou com cabeça e tempo pra atender.

Atordoado correndo acabo esbarrando/caindo por cima de Alguém. 

-Me desculpe eu não te vi e~

-Você é cego? Quer que eu faça uma vaquinha pra comprar óculos de grau pra você?-   precisava ser grosso?  Calma  Jungkook, você ainda precisa chegar na escola, então,  te controle!

-Você se machucou?- Levanto e estico a mão pro cara que eu derrumei que se encontrava no chão 

-Por sorte não.-  Ele responde a pergunta ríspido ignorando totalmente minha mão alí e levanta sozinho   -Vai ficar me encarando por quanto tempo garoto?-   

- Eu?-   não estava encarando ele, estava me perguntando mentalmente como uma pessoa poderia ser tão grosseiro assim.

-Não o vento,  claro que é você.- Ele revira os olhos

-Não tenho tempo pra te responder.-  Respondo no mesmo tom, realmente não estava com tempo nem pra respirar

-Ah não?- Ele ri de um jeito debochado. Perdão,  ele era debochado

- Não, aliás,  tchau estranho que eu não espero encontrar nunca mais na minha vida! Você é chato pra caralho, é grosso, e eu não vou perder mais do meu precioso tempo falando com quem não merece ouvir minhas palavras.-   praticamente desabafei saindo de lá correndo

-Te encontro mais tarde Bebê.-  Ele berra de longe mais ainda consigo ouvir 

-Sonhar é grátis cara.- berro devolta . 

Se eu conseguisse entrar na escola, deveria entrar só no segundo tempo! Agora deve ser oque? O intervalo? 

Minha mãe vai me matar, Nam hyung vai me matar! Meus professores vão me matar,  ou melhor.

Estava fudido

[...]

Dito e feito, acertei! Não liberaram minha entrada 

-Qual é? Se conhecemos desde de o oitavo ano, você já é meu amigo.- tentava convencer o porteiro a liberar a minha entrada 

-Desculpe Jeon, mas, você conhece as regras! Depois das nove horas ninguém  entra!-   

-Mais eu sou seu amigo.-  Dou o meu melhor sorriso sendo retribuído com uma risada alta

-Jungkook não somos amigos, somos conhecidos e mesmo que fossemos. Não cederia sua entrada!-  Bufo totalmente frustrado 

-Agora vai fingir que não somos amigos? Você esqueceu das vezes que você me dava cola das provas? Das vezes que você me ajudou a cabular~ tento dramatizar mais sou cortado 

-Cala a boca menino, se meu filho ficar sabendo disso eu tô lascado.- Ele tampa minha boca olhando para os lados para conferir se alguém ouviu meu drama  

-Yoongi não iria ligar pra isso! Pelo contrário, ele iria me ajudar e me apoiar, ele também me deixaria entrar na escola fora do horário.- murmurro como quem não quer nada

-Entra Jungkook, entra logo!-  Ele abre o portão revirando os olhos me fazendo sorrir grande

-Sabia que você tinha uma consideração comigo Yoosorin.-   entro na escola desfilando 

-Esse menino ainda vai me arrumar problema...-  que nada!

Mais dramático que eu ele! 

- Por favor sai de perto de mim! Eu já disse que eu não sou amigo dele!- ouço gritos vindo do corredor

Conheço bem essa voz.  Hyung lata de tinta branca

-Mais é conhecido! Cadê o Jungkook?-  Meu outro hyung pergunta fazendo o branquelo revirar os olhos

-Não sei onde aquele pivete está,  agora sai de perto de mim caralho!- 

-Amo a consideração das pessoas por mim.-  Falo tendo a atenção de ambos.  Coloco a mão no peito fingindo estar ofendido

-Já pode me largar?- Yoongi pergunta a Namjoon que estava segurando o uniforme do branquelo

-Nha, você me xingou.-  

-POR QUE VOCÊ ME TROUXE AQUI A FORÇA!-  Reviro os olhos

-hyung pare de drama.- paro ao lado dos dois

-Drama? Quem eres tu pra falar de drama Jeon?-  Ele retruca frustrado 

-Gostei dele Jungkook.-  Nam hyung sorri deixando suas covinhas amostra

-Falei que o hyung era legal!- Começamos a andar pelo corredores rumo ao refeitório 

-Eu deveria estar no meu canto, quieto e não com vocês.- Yoongi murmurra irritado, já era costume ele ficar assim!

-Você só sabe reclamar?-  Namjoon hyung pergunta revirando os olhos

-Dá licença que eu fui praticamente sequestrado!-  O branquelo tenta se defender 

-Parem de brigar-. Berro atraindo a atenção de ambos e do refeitório todo -Só briguem quando eu pegar a pipoca!-  falo pegando a minha comida 

-Limites?-  Namjoon hyung fala se sentando em uma mesa afastada do resto 

-Ele desconhece.-  Reviro os olhos 

-Poupem os elogios pra quando eu sair!-  Falo de boca cheia

-Olha a boca cheia menino.-  um tapa é desferido na minha cabeça 

-Hyung!- reprimo Nam... poxa, duêu!

-Se você continuar a bater no Jungkook eu posso reconsiderar a ideia de ser seu amigo.-  Yoongi fala e nam hyung ri 

-Vocês souberam que vai entrar um novato?-   é errado escutar a conversa dos outros, mas quem manda elas falarem tão alto?

-Sim! Tomara que ele fique no primeiro ano, no primeiro ano não tem um gatinho!-   

Ei,  eu sou do primeiro ano!

-Vocês tão ouvindo essa calúnia?-  pergunto indignado 

-Eu quero escutar, cala a boca pivete!-  Yoongi tapa minha boca 

Reviro os olhos 

-Soube que ele é um gato, só de imaginar... ui.- 

-Esse povo só tem fogo no rabo.-  Nam hyung murmurra revirando os olhos

-Falou alguma coisa Jonnie?-   fudeu 

-Ele falou que vocês tinham fogo no cu.-  

-YOONGI!-  começo a rir alto pouco me importando se estão ouvindo 

-E se agente tiver? idaí?-  a azedinha responde parando em frente a nossa mesa cruzando os braços junto com suas "lacaias"

-Idaí que coitado de quem vai apagar.-  Levanto também cruzando os braços 

-Agora tá ficando bom.- vejo o hyung lata de tinta branca colocar  a mão no queixo nos olhando 

- Olha agente não falou nada, já podem sair meninas.-  Nam sempre cortando a porra da diversão!

-Ah mas já acabou?-  todos olhamos para trás inclusive o grupinho das metidinhas 

Uou 

Uou 

-Você é o novato certo?-  

-Sabia que essa daí iria se jogar pro menino.- concordo com  Yoongi 

-Opa, vejamos oque temos aqui.-  Ele se senta na minha frente

Seu cabelo era vermelho, calma

- Você...?-  

-Eu disse que te via mas tarde Bebê!- Ele pisca 

-Psicopata! Você tá me perseguindo.- levanto da mesa deixando os hyungs confusos

-Você conhece ele?-   Nam fala e eu assinto desanimado 

-Prazer meu anjo, Kim Taehyung.-   vejo o Kim se levantar  também 

Ouvi suspiros de várias garotas e garotos 

-Prazer uma ova, preferia não conhecer.-  murmurro baixo só pra mim mais acho que o de cabelos vermelho ouviu

-Sei que no fundo você está feliz por me rever!- Ele solta uma piscadela 

- Ok, essa é minha deixa pra fugir! Tchau otários.- Yoongi se levanta fazendo  um "v" com as mãos 

-Você fica!-  Namjoon hyung segura seu colarinho fazendo Yoongi revirar os olhos

-Tchau cabelo de menstruação.-  sorrio sem mostrar os dentes pronto para sair dalí 

-Prefiro apelidos como: amor, taetae ou bebê!-   isso é sério?

-Nunca que eu vou te  chamar disso.-  rio debochado 

-Isso é muita boiolice.-

-Cala a boca menino!-   Namjoon bate na cabeça de Yoongi que revira os olhos denovo 

-Enfim, tenho compromissos agora, infelizmente!-  o Kim cruza os braços dando uma olhada rápida no refeitório 

-Que pena né?!-  finjo estar comovido 

-Tchau bebê!- Ele da uns dois tapinhas na minha bochecha e sai arrancando suspiros 

Vi nada demais nesse garoto

-Sem graça.- volto a me sentar 

-Eu vi uma tenção sexual aí ein.-  Nam fala levando a colher a boca

-Viu porra nenhuma!-  indago revirando os olhos 

Hyung estava delirando 

-Ainda quero sair de perto de vocês!- 

-Yoongi eu vou te descer o tapa!-  Namjoon levanta a mão e o branquelo levanta as duas mãos em sinal de redenção 

-Agora explica como tu conhece o garoto.- 

-Eu meio que atropelei ele.-  

-Ahn?-

-Eu não esperava menos.-

-Yoongi eu tô te avisando...- 

-Foi sem querer! Eu tava correndo e quando eu vi já tava em cima do menino!-  me defendo

-Hmmm.-

-YOONGI!- berro vendo que o branquelo estava levando as coisas pra outro lado

-Jungkook pegador!-  

-Jungkook não pega nem gripe Yoongi, não viaja!-

-Isso era pra me defender?-  pergunto sério tendo a atenção de ambos 

-Foi mal!- 

Não deu tempo de retrucar pois o sinal tocou indicando o segundo turno das aulas! 

-E vamos de segunda seção de sofrimento!-  Tenho que concordar com Yoongi hyung!

-Nha, tomara que aquele safado seja velho e esteja no segundo ou terceiro ano.-  estava clamando para que eu estivesse certo sobre Taehyung 

-E amigo, acho que você errou um Pouquinho!- Nam hyung aponta para dentro da MINHA sala e lá estava ele e seu cabelo de menstruação! 

-Filho de uma puta tá sentado no meu lugar.- ando em passos rápidos até o MEU lugar 

-Depois dessa vou ficar até aqui um Pouquinho.- escuto Yoongi falar e entrar na sala 

-Esse é meu lugar.-  Falo entredentes parado em frente a Taehyung

-Lamento mais agora é meu.-  Ele responde em um tom debochado e sarcástico.

- Não, ele não é seu.-  Rio sem humor 

-Isso vai dar merda.-

-Ah Namjoon cala a boca.-

-Você tem duas escolhas.- nesse momento a sala inteira estava nos olhando 

Oque seria essas duas escolhas?

-Fale.-   o mando prosseguir 

-Ou você escolhe outro lugar pra sentar...-   Ele fala brincando com a sua caneta 

-Ou?- a esse tempo já estava irritado com aquela situação 

-Ou você vai ter que sentar no meu colo.- Ele dá de ombros e a sala toda faz um "o" com a boca

- Não! óbvio que não.-  Respondo rápido, não iria sentar no colo desse safado de uma figa!

-Então acho que vai ter que se sentar em outro lugar, ops!-  Ele ri da minha cara de irritação 

-Tenho uma proposta melhor!-

-Qual seria?- o Kim se levanta parando na minha frente 

- Você sai por vontade própria ou vou ter que acender seus cabelos de fósforos?-   a sala toda faz um "Owwo"  inclusive Yoongi que recebeu um tapa de Namjoon hyung 

-Tente.-  a sala faz um "owwo" denovo 

Já estava bufando de puro ódio por esse garoto! Ele mal chegou e já o odeio com todo o meu ser e alma!

-Que baderna é essa? Todos sentados já!-  O professor entra na sala fazendo com que todos se sentassem 

Menos eu!

-Professor Taehyung roubou meu lugar!- aponto pro Kim como uma criança birrenta. 

-Jeon, ah vários outros lugares.-  

-Mas Eu quero o meu.- cruzo os braços  

-Para de birra Jeon-  Taehyung imita a voz do professor 

-Você não se mete que você roubou o Meu lugar seu~ 

-Jungkook!!-  O professor me impede de xingar esse safado em voz alta!

Mas não pode me impedir de xingar ele de todos os nomes possíveis na minha mente!

-Vá sentar Jungkook!- 

-É Jungkook, vá sentar.-  Filho da puta 

-Tu me paga.- murmurro me sentando na outra fileira era a única cadeira vaga

-Débito ou crédito?- Ele pisca pra mim e volta sua atenção a aula

Desgraçado! Cabelo de menstruação, eu ainda vou castrar esse garoto

-Yoongi e  Namjoon? Oque estão fazendo aqui? Vocês não são do segundo ano?-  tinha até esquecido dos hyungs 

-Agente tava vendo a brig~

-Agente tava deixando nosso amigo aqui!-  Nam hyung corta Yoongi que revira os olhos 

-Já deixaram o Jungkook, já podem ir!- 

-Esse pivete não é meu amigo.- Yoongi sai reclamando e Nam lhe dá outro tapa

-Ok,  agora podemos começar nossa aula sem interrupções!- 

Não estava prestando atenção em nenhuma palavra do professor 

Estava ocupado demais escrevendo o nome de Kim taehyung junto com todos os xingamentos possíveis e inexistentes em uma folha qualquer do caderno 

"Kim Taehyung é um filho da puta, é um macho escroto do caralho, vou enfiar a porrada nesse babaca nem que eu leve uma suspensão!  Arrombadinho do anel aberto!"

-Jungkook oque tanto escreve?- ergo meu olhar ao professor que estava ao meu lado 

- Eu?- arranco a folha e amasso 

-Sim, deixe me ver!-  ele tenta pegar mais jogo em Qualquer lugar da sala!!     -Jeon!- O professor me repreende

-Foi por impulso professor.- sorrio sem mostrar os dentes 

-Pera!-  oque esse cabelo de menstruação vai fazer?

Ele se levanta indo rumo ao papel amassado, isso não vai dar bom! 

Taehyung abre o papel e lê oque escrevi dando alguns sorrisos 

-Acho que alguém pensa muito em mim não é  jungkookie? -    engasgo com minha própria saliva 

-OQUE?- Praticamente berro ganhando um olhar reprovado do professor -Não é nada disso gente.-  tento explicar pra sala que estava dando sorriosos maliciosos

-Jungkook já quer fisgar o peixe Taehyung?-  maldita seja Chaeyong 

-Não é isso.-  retruco

-Deixe me ver oque Jungkook escreveu  Taehyung!-  abaixo a cabeça pronto para levar uma surra de reclamações sobre meus "modos"

-Ele só escreveu coisas sobre mim, nada demais, acho que não merece sua atenção velho.-  ergo a cabeça surpreso 

- Ok, não me chame mais de velho! Não sou seu amigo para ter intimidade e você deve respeitar os mais velhos!- 

-Já tá defendendo? Hmmm.-  olho pra porta vendo Yoongi levantar e abaixar as sobrancelhas rápido 

-Min  Yoongi!-  O professor vai até a porta mais o branquelo corre e o professor vai atrás. 

-Escrevendo coisas sobre mim jungkookie?-   Taehyung aproveita que A menina da frente saiu da cadeira e se senta de frente pra mim

-Você não vale meu tempo.-  Reviro os olhos

-Você iria levar uma suspensão se fizesse isso sabia?-  Ele brinca com o papel sorrindo debochado 

-Iria ser castigado feliz.- retribuo o sorriso debochado 

-Anda pensando tanto em mim assim?- Ele ri pelo nariz 

-Ando pensando em tantas formas de quebrar sua cara seu pau no cu- retruco 

-Eu ando pensando como deve ser beijar essa sua boca suja!-   engasgo denovo  

Porra Jungkook!

-Pena que isso só vai acontecer nos seus pensamentos!-  Falo voltando a minha pose 

-Veremos bebê.- Ele toca no meu queixo saindo da sala colocando o papel no bolso. 

Jogo minha cabeça pra trás.

Ele me paga!

O sinal toca indicando a saída.  Amém irmãos!

Paz! Livre dessas pessoas! 

Saio da sala o mais rápido possível,  não queria encontrar Taehyung por aí,  resumindo não queria me irritar mais ainda!

-Jungkook espera.- olho pra trás vendo Namjoon carregar sua mochila de um jeito engraçado  -Iria embora sem mim desgraça?-  Ele bate em meu ombro

-Foi mal hyung, só não quero ver mais certas pessoas com cabelo vermelho.- Reviro os olhos ao lembrar de Taehyung 

-Por que odeia o garoto?- 

-Ódio é uma palavra forte, mas é a certa.- Nam apenas dá de ombros 

Já na portaria da escola vimos Yoosorin e Yoongi. 

-Hyung!- berro correndo até os Min's 

-Pai me esconde por favor!-  Reviro os olhos com a fala do branquelo 

-Desde quando você é amigo do Jungkook filho?-  

-Eu não sou!-  era tarde demais, já estava abraçado com o Min 

-É sim.- murmurro formando um bico 

-Eu mereço.-  Yoongi murmurra baixo 

-Ei, eu tenho que chegar em casa  rápido! Minha mãe já deve estar fazendo a comida, e eu tô com fome.-  Nam hyung dramatiza sendo acompanhado por risadas 

Me solto de Yoongi vendo Taehyung me olhar sério de longe, apenas paro de encarar o Kim que suspira e segue seu rumo junto com um ser baixo e com uma bunda maior que o corpo.

Pra que toda essa bunda?  Será o namorado dele? Amigo? Irmão? Ficante ?

-Jungkook?- sou espantado dos meus pensamentos com um tapa na nuca 

-Oi?- falo ainda aéreo 

-Tava pensando em que?- O Min mais velho pergunta curioso

-Tava pensando...se... se, o gato pia?- Respondo a primeira coisa que veio na cabeça 

-Essa é uma das razões do por que eu não sou seu amigo!-  Yoongi fala recebendo um tapa do Pai 

-Vão pra casa logo meninos, vou fechar a escola daqui a pouco.-  Yoosorin manda e Nam e eu apenas assintimos e nos despedimos saindo dali

Foram uns 5 minutos pra chegar na minha casa, dou um abraço apertado em Nam hyung e entro em casa vendo a casa mais arrumada que o normal 

-Mãe?- chamo vendo que ela não estava na sala como de costume 

-Na cozinha filhote!-  suspiro aliviado e corro pra cozinha

-A senhora não vai acreditar noque acontece~ Que porra é essa?- 

-Por que você tá na casa da namorada do meu pai?-  Taehyung parece mais surpreso doque eu

-Por que você tá Na casa da minha mãe?-  retribuo a pergunta 

-Jungkook esse é o meu filho  Taehyung.- Kim  Tweron fala, já o conhecia e sabia que ele tinha um filho 

-Tu é pai dessa coisa?- pergunto indignado

-Eu vou embora, foi um desprazer senhora Jihu-lee.- Taehyung fala pegando sua mochila 

-Kim Taehyung.- 

-Que é?- O Kim olha pro pai que estava visualmente irritado

-Respeito com sua madrasta e o filho dela!- 

-Não sou Obrigado a porra nenhuma, ela não é minha madrasta! Nunca mais repita isso, nunca! Até amanhã na escola Jungkookie.- Taehyung responde rindo sem humor e passa por mim esbarrando no meu ombro

-Desculpe...- 

-Tudo bem querido!- minha mãe faz um leve carinho na mão do namorado 

Oque exatamente está acontecendo?


Notas Finais


Obrigada pela leitura Ami🤡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...