História A new chance to live: uma nova chance para viver - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Inverno na praia


Fanfic / Fanfiction A new chance to live: uma nova chance para viver - Capítulo 2 - Inverno na praia

◇TAEHYUNG◇

 Eu estava em mais um dia tranquilo, eu saí do meu trabalho e fui pra casa. Eu moro sozinho em um apartamento pequeno porém confortável, meus pais moram em outro país. O dia estava bom e tranquilo, mesmo no começo de inverno. Eu amo frio então não tinha o que reclamar nesse dia. Decidi dar uma volta perto de casa. Cheguei na beira da praia que era só atravessar a rua e continuei caminhando por ela.
 O vento gelado batia em meu rosto e fazia meu nariz ficar gelado e vermelho, meus olhos lacremejavam, o embaçava minha visão. Na metade do percurso passo a mão em meus olhos para voltar a enxergar nitidamente, quando avisto a minha frente uma mulher no chão. Logo me perguntava o que ela fazia la nesse frio, mas ao me aproximar mais vi uma poça de sangue perto dela e alguns respingos, meu coração acelerou então corri até a moça. E lá estava uma mulher desmaiada na areia da praia.
 Eu me abaixo e abro a jaqueta dela e vejo seu ferimento, parecia um tiro. Pego nos ombros dela tentando acorda-la.

- Moça! Moça! Acorde!- tentava fazer com que ela ouvisse, porém não havia sinais de que ela estava acordando.

 Ela aparentava ser jovem, um pouco mais nova que eu, era magra e bonita. Como será que ela veio parar nesse estado? Ela não dava sinais de vida, ela parecia estar morta. Até um certo momento quando ela de repente mostrou sinais de que estava respirando, mas estava com falta de ar. Ela começou a fazer sons de quando vc acabou de sair de uma maratona e tenta recuperar o fôlego, ou quando você está tendo uma crise de asma. Ela estava viva.

- aguente firme! Eu vou te ajudar- falava pra ela enquanto pegava meu celular para chamar a ambulância.

Logo ela chega.


Notas Finais


Espero que gostem, amanhã tem mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...