História A New Day - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias The 100
Personagens Bellamy Blake, Clarke Griffin, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Jasper Jordan, John Murphy, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Bellarke, The 100
Visualizações 69
Palavras 854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente! Eu sei que eu sumi durante umas semanas, mas eu tenho uma desculpa. Eu realmente estava odiando como esse capitulo estava ficando, então eu fiquei reescrevendo ele até eu achei que ele estava legível. O próximo capitulo vai ser meio diferente, eu espero que gostem, e claro, desse também. Enfim.
Boa Leitura!
PS: Leiam as notas finais!

Capítulo 34 - She Stay Or Go?


Fanfic / Fanfiction A New Day - Capítulo 34 - She Stay Or Go?

POV Octavia 

Minhas esperanças já tinham acabado. Tudo que eu tinha tido, havia ido embora. Eu nunca quis ouvir tanto um som como queria ouvir aquele. Esse simples toque poderia mudar minha vida. Acho que quis tanto isso, que consegui realizar o meu desejo. Durante alguns segundos imaginei que aquilo fosse coisa da minha cabeça, mas percebi que não tinha sido apenas eu que havia escutado o doce som da vida. Ela conseguiu transformar minhas lágrimas em sorrisos, e meu mau-humor rotineiro em gargalhadas e minha tristeza em alegria

- Ela... Ela... – Eu não conseguia terminar minha pergunta

Vi Raven acenando para mim com a cabeça, mas sem nem mesmo por um milésimo de segundo tirar os olhos de Clarke. Eu apenas sorri e fiquei encarando o monitor cardíaco.

[...]

Depois de Clarke “ressuscitar” ficamos na porta mais alguns minutos, mas depois de algum tempo uma enfermeira veio até nós e disse que não podíamos ficar lá e bla bla bla. Isso foi à uma hora e meia e até agora Clarke não acordou. Eu andava de um lado para o outro e não parava quieta

- Ou você para de andar em círculos, ou vai abrir um buraco no chão! – Bellamy disse

- Ou você cala a sua boca, ou eu faço você calar! – Eu respondi

- Ou vocês dois calam a boca, ou... – Murphy começou a falar, mas foi interrompido

- Senhorita Blake? – Uma enfermeira surgiu na sala

- Sou eu! – Eu disse, enquanto andava (vulgo corria) até ela

- A senhorita Griffin acordou, e a primeira coisa que pediu foi para te chamar – Ela disse, com um sorriso reconfortante

- Obrigada! – Eu respondi e saí correndo em direção ao quarto de Clarke.

Cheguei e abri a porta cuidadosamente

- Oi! – Eu disse

- Oi – Ela respondeu, sonolenta

- Eu queria te dar um abraço, mas não posso – Eu disse, e nós gargalhamos

- Bom, é isso que acontece quando você dá três giros no ar com um carro! – Ela falou sem força

- Clarke, me desculpa. Eu sei que devia ter ficado com você naquele momento, isso é culpa minha! Enquanto você estava lá sofrendo por causa do idiota do meu irmão eu estava com a língua na boca de um sujeito e eu... – Eu falava com pressa, mas Clarke me interrompeu

- Tá tudo bem, eu sei que você não sabia. Não fica se culpando, a culpa não é sua! – Ela disse, ou ao menos tentou, com a voz forte e confiante

- Se serve como desculpa, eu dei uma boa surra nele! – Eu disse e nós duas rimos

- Olha eu não quero ser inoportuna, mas, eu conversei com o médico e ele disse sobre sua coluna... – Eu parei minha frase, tendo certeza que ela havia entendido

- Eu vou precisar de VÁRIOS meses de fisioterapia, mas eu estou “bem” – Ela disse, dando ênfase no “vários”

- Que bom! – Eu disse, sorrindo

- É...- A voz dela foi ficando fraca e seus olhos começaram a se fechar

- Durma bem! - Eu disse, e dei um beijo em sua cabeça, saindo do quarto bem devagar.

Quando adentrei a sala de espera vi Bellamy sentado em uma das cadeiras e Murphy e Raven estavam conversando seriamente

- O que aconteceu? – Eu perguntei rápida

- Nada demais. Mais a mãe da Clarke está fora da cidade e por conta de uma tempestade ela não pode vir de avião – Ela suspirou – Mas ela insistiu em vir de carro, só que vai demorar uns dois dias. Alguém tem que ficar com ela – Raven terminou sua frase

- Vão para casa, tomem um banho e voltem, se quiserem. Eu fico com ela – Eu disse, intercalando o olhar entre eles

- Tem certeza? – Perguntam juntos

- Sim – Respondo confiante – Podem ir!

- Certo. Não se matem! – Murphy disse enquanto intercalava o olhar entre mim e Bellamy

- Não prometo nada – Disse, revirando os olhos – Tragam comida! – Eu gritei, porque Raven e Murphy já estavam um pouco longe. Mais ainda assim consegui ouvir suas risadas

Me virei para Bellamy e vi o estrago que consegui fazer, com isso dei um leve sorriso

- Gosta de ver como destruiu o rosto de alguém? – Ele perguntou sarcástico

- Se a pessoa merecer, sim! – Eu disse, e me virei para voltar para o quarto. Mais acabei me voltando para Bellamy na metade do caminho

- Eu não sei aonde você vai dormir, mas eu só sei que não vai ser na MINHA casa. Então pode começar a procurar um lugar para ficar – Eu disse, ríspida

- Sua casa? – Ele perguntou

- Ela sempre foi minha, olhe na escritura se quiser. E caso isso não te convença podemos ligar para o papai, nós dois sabemos que ele só não te expulsaria de casa mais te deserdaria. Pode dizer o que quiser dele, mas ele sempre disse que se deve respeitar uma mulher da forma que ela merece. Então ele não gostaria nada de saber o que você fez Clarke passar! – Eu disse e ele pareceu parar para pensar, e depois ficou em silencio

- Boa sorte na sua nova morada!

 

 

 


Notas Finais


Pessoal, depois do próximo capitulo eu queria dar um salto de tempo, mas queria saber se vocês gostariam ou não. Então me falem aí. E mais uma coisa que tenho curiosidade em saber (porque sou muito curiosa) como vocês acham, ou querem, que a fic termine. Enfim, espero que tenham gostado. Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...