História A New Hope - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bulma, Gohan, Trunks, Vegeta
Visualizações 15
Palavras 1.700
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI gente esta aqui mais um capitulo da fic ainda sem lutas mas acho que no prox ja pode ter luta de novo espero que gostem

Capítulo 16 - Uma nova Era de paz.


Fanfic / Fanfiction A New Hope - Capítulo 16 - Uma nova Era de paz.

Mai e Trunks são acordados por Bulma.

-Vamos acordem, vamos viajar quero chegar na cidade logo.Bulma estava ranzinza coisa que não era comum .

-Ta bom.Trunks fala enquanto coçava os olhos e balançava Mai.

-Vamos temos que partir cedo hoje acorda.Trunka fala calmamente .

-Já é de manhã? Como passou rapido essa noite.Mai se espreguiçava na barraca enquanto Trunks ja estava de pé.

Saindo da barraca Bulma ja tinha botado tudo no carro so esperava pelos dois que rapidamente encapsularam a barraca e entraram no carro . Dessa vez Trunks assume a direção com Bulma de passageira e Mai no banco de tras.

-Dormiu bem mamãe?Trunks tinha preocupação em sua voz.

-Na verdade não tive pesadelos do Vegeta voltando a ser do mal e nos matando.Enquanto Bulma falava escorria uma lagrima de seus olhos.

-Porque ele faria isso Bulma?Mai pergunta aflita pelo pesadelo de sua sogra.

-Não sei mas to me sentindo estranha.Bulma fala pensando no que causaria sua estranheza.

-Se o Papai pensar em fazer isso eu faço ele voltar para o inferno!!.Trunks estava com raiva só de pensar nisso mesmo sabendo que seu pai não seria capaz de matar seu filho e sua esposa.

-Sera que a senhora não esta nervosa de reencontrar o Sr.Vegeta?Mai fala sendo a mais racional dos três.

-Claro que não ate parece.Bulma fica vermelha ao perceber que Mai estava certa na sua suposição.

-Ai mamãe a senhora é orgulhosa igual ao príncipe dos sayajin.Trunks falava e ria muito de sua frase.

-Hmmf.Bulma vira o rosto igual ao Vegeta fazendo Mai e Trunks rirem muito.

Algum tempo depois a cidade já era vista a olho nu.

-Olha estamos chegando Filho.Bulma agarra Trunks quase fazendo perder o controle do carro.

-Calma mamãe.Trunks fala repreendendo Bulma pelo seu ato.

-Algum sinal das esferas Bulma?Mai novamente a mais racional do grupo se preocupou com a missão em primeiro lugar.

-Não ainda nada , mas vamos ficar na cidade alguns dias então talvez aparece sinal de algo.Bulma falava com Mai porem seus olhos eram voltados para a cidade

A cidade estava linda, perfeita ,cheia de vida muitos moradores parecia finalmente que o mundo tinha voltado ao normal. Na entrada da cidade todos saem do carro e encapsulam ele e vão andando para admirar a cidade coisa que a muito tempo ambos não faziam.

-Nossa faz um bom tempo que não vejo a cidade assim no nosso mundo.Trunks fala sorrindo atoa a final tudo isso era graças a ele.

-É tão bom ver tudo voltando ao normal.Mai falava com os olhos marejados.

-É ótimo estar viva para presenciar uma nova era de paz,Bulma olha para os dois e diferente de manhã deu seu sorriso mais gentil.

-Mai o que acha de vermos algumas roupas para mim e para você ?Bulma realmente voltou ao normal.

-Aii eu não sei ,não gosto de me vestir como princesinha.Mai estava emburrada mas aceitou o convite.

-Nos encontramos aqui então, vou fazer as reservas no hotel para a gente.(mesmo eles não trabalhando todos sabiam que a familia Briefs foi a salvadora do mundo então como gratidao eles ganhariam as coisas ate se restabeleceram a corporação capsula.)

Mai on.

Eu e Bulma chegamos ao shopping e Bulma estava em seu habitat natural enquanto eu estava totalmente deslocada.

-Bulma gostei desse.Mai olhava uma jaquete de couro.

-Aii Maizinha que coisa mais cafona.Bulma estava disposta a me dar aulas de moda.

-Mas se gostou vamos entrar na loja então.Bulma me entende e entramos na loja.

Visto a jaqueta e tinha ficado perfeita me deixava bonita e mantinha minha identidade.

-O que achou Bulma.Eu dava voltinhas como uma modelo para mostrar a peça para a Bulma.

-Nossa ficou ótima em você ,vamos levar. Chegando no caixa.

-Temos dinheiro Bulma?Eu me preocupo com isso só agora.

-Não se preocupe Maizinha.Bulma me dava uma piscada de olho.Na hora do pagamento a atendente não acreditou que Bulma Briefs estava em sua frente chamou a gerente que teve a mesma reação e como agradecimento por salvarem a Terra deixou as peças por conta da casa.

Saindo do loja com duas sacolas em uma minha jaqueta e na outra Bulma havia comprado um vestido vermelho lindo(só não sei onde ela vai usar kkkkk ). Mai off

Trunks on.

Logo depois de Mai e Mamãe irem ao shopping eu fui direto reservar os quartos no melhor hotel da cidade quando cheguei no hotel todos me olhava como se não acreditassem.no que estavam vendo.

-Boa tarde senhor gostaria de duas suiíes.Trunks fala com a maior naturalidade.

-Sim senhos aqui esta!.O homem estava de costas e quando me viu quasse teve um treco.

-Você é Trunks, Trunks Briefs?O homem me olhava com um olhar de surpresa .

-Sim.sou eu mesmo algum.problema com isso?Novamente ajo com naturalidade.

-Não é que o senhor é uma lenda viva afinal salvou o mundo duas vezes e não se preocupa em nos pagar sera tudo por conta da casa como um agradecimento de seus feitos.O homem falava ainda não acreditando em seus olhos .

-Aqui estão as chaves bom proveito!.O homem estava mais calmo.

-Obrigado e sabe onde tem uma floricultura aqui perto?Perguntei o que fez o homem se alarmar de novo talvez fosse medo de mim.

-Sim no final da rua, senhor.O homem engravatado me respondia.

 -Obrigado qual seu nome ?Falo já pensando na floricultura.

-Jhonny, senhor.

-Muito obrigado Jhonny ate mais tarde. Saio de hotel em busca da floricultura . Como Jhonny me disse no final da rua ela se encontrava.

-Boa tarde moça eu queria dois buquês um de rosas vermelhas e outro de rosas azuis por favor.Falo já planejando dar um a cada uma delas.

-Aqui esta senhor ?Trunks não é ?A mulher depois de me analisar chutou o meu mome e acertou.

-Sim sou eu.

-As flores são por conta da casa e por cortesia leve essas duas caixas de chocolates.A mulher de bom grado me poupa o serviço de achar os chocolates.

-Muito obrigado moça tenha uma boa tarde.

-Igualmente senhor.A menina me soltava um belo sorriso .

Finalizando meu plano vou para o hotel de volta. Chegando no hotel abro o quarto 500 e vejo que era grande como uma suite dos Briefs deve ser presumi que mamãe gostaria mais desse quarto e boto as flores azuis e uma caixa de chocolates na cama. E deixo as flores com um bilhete que dizia:Para a mulher que mudou o destino desse mundo, te amo mamãe prometo trazer o papai o mais rápido possivel..

Saindo do quarto da mamãe entro no outro quarto vejo que era grande como o outro vou para o quarto deixo as rosas vermelhas e a outra caixa de chocolate na cama também escrevo um bilhete que estava escrito :Para a mulher que me apoiou quando mais precisei posso até ser o homem mais forte do mundo mas você é o meu porto seguro te amo.

Quando chego ao saguão do hotel vejo Bulma e Mai .

-Então acharam o que queriam ?Eu derfarçava tudo que havia feito.

-Sim mas estamos mortas de fome vamos jantar? Bulma fala me dando as sacolas e indo para a ala do restaurante que o hotel tinha .

-Presumi que o vestido era da mamãe e a outra sacola seria de Mai.

Trunks off .

Quando Trunks chega no restaurante Mai e Bulma já haviam pedido e os garçons já estavam servindo nossa mesa.

O jantar mesmo.demorado ocorreu normalmente.

-Vamos ver os quartos ,Mai.Bulma sai saltitando em encontro ao primeiro quarto .

-Uauu é grande quanto tempo que não via um quarto assim .Bulma falava sozinha.

Bulma entra no quarto e fica parada lendo um bilhete enquanto lia lagrimas brotavam de seus olhos depois que terminou de ler saiu correndo chorando e abraçou Trunks.

-Eu te amo filho .Bulma falava entre soluços. -Eu também te amo mamãe.Trunks da um beijo na testa de Bulma.

-Porque azul filho.Bulma segurando as flores e secando as lagrimas.

-Porque é a cor de seus olhos mamãe.Trunks sorri gentil enquanto revelava o motivo de sua escolha.

-Filho muito obrigada ,quando você ta perto de mim eu mal sinto falta de seu pai.Bulma fala pegando uma toalha e se dirigindo ao banheiro.

-Boa noite mamãe.Trunks fala tomando a frente de Mai.

-Boa noite Bulma,obrigada por hoje.Mai também se dirigia a porta.

-Boa noite meus amores.Bulma gritava la do banheiro.

Saindo do quarto de Bulma ,Trunks vê Mai um pouco emburrada

-O que foi amor?Trunks parava de caminhar para ouvir sua amada.

-Nada apenas cansaço.Mai nem olha para Trunks.

Ta bem então.Trunks sabia que não era isso mas deixou de lado

Entrando no quarto Mai vai direto para cama com um olhar decepicionado mas ao olhar a surpresa de Trunks seu humor muda completamente.logo pula nos braços de Trunks.

-Mas você nem leu o bilhete ?Trunks fala assustado com a reação de Mai.

-Nem preciso so de ter feito isso pra mim fico feliz.Mai falava enquanto se desvenciliava de Trunks.

Depois de ler o bilhete Mai para na frente de Trunks e lhe da um beijo não o mais apaixonado porem o mais sincero .

-Porque vermelho amor ?Mai teve o mesmo questionamento de Bulma.

-Porque eu acho que vermelho te represente pois vermelho é uma cor forte e ao mesmo tempo sensual.Trunks parecia que havia escrito um roteiro para falar essas frases lindas.

-Aiii adorei a explicação, que tal eu te dar um presente também ?Mai falava sensualmente.

-Que presente seria esse ?Trunks hipnotizado por Mai lhe peruntava .

-Um banho junto comigo.Mai ja entrava no banheiro sem deixar o garoto com direito de negar o convite.

-Hmmm safada.Trunks vai logo atras sem perder tempo.

No banho ocorreram algumas trocas de caricias mas foi so .

-Ainda to dolorida de ontem amor.Mai queria provocar o mestiço.

-Você que pediu , quer uma massaem amor ?Trunks se mostra preocupado afinal Mai mesmo tendo muita experiencia não é uma sayajin.

-Não obrigada so quero dormir .Mai dizia ja se aconchegando na cama.

-Boa noite amor.Trunks deita ao lado de Mai e a deposita um beijo em sua testa.

-Boa noite amor.Mai não retribui o beijo pois logo depois de dar boa noite havia caido no sono .

Alguns minutos depois Trunks dorme também .


Notas Finais


Espero que tenham gostado se possivel deixe seu comentaria se gostou mt deixe seu favorito na fic bjs e até a proxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...