1. Spirit Fanfics >
  2. A Ninfa >
  3. A chegada

História A Ninfa - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - A chegada


Fanfic / Fanfiction A Ninfa - Capítulo 1 - A chegada

Eu andava pela floresta, estava tão cansada, carregava minha mochila, acabei de voltar do shopping, quando cheguei a casa meus pais estavam brigando, então vim pra floresta, o motivo? Aqui é um lugar ótimo, tudo é tão... Calmo e... Perfeito, era pra Ca que eu vinha pra pensar, em minha mochila umas quatro tintas pra cabelo de cor rosa, meus doces, uns novos cadernos e canetas coloridas que eu havia comprado, sim sou uma escritora amadora e desenhista, ah e uma garrafa vinho rose, e claro, meus tres livros de misticismo. E não eu não sou uma alcoólatra, eu bebo apenas pra me sentir melhor, meus pais vivem brigando então beber me ajuda, e pra constar... Eu tenho 15 anos...

 

Eu caminhava pela floresta com meus cabelos presos em um rabo de cavalo

-a natureza é minha guia, a lua é minha protetora, o sol é meu guardião, as estrelas são minhas amigas e a terra é minha mãe - sussurrei, eu acredito no misticismo, sou pagã, e como preço por ter essa crença eu não tenho nenhum amigo, e muito menos namorado. Fecho meus olhos respirando o ar da floresta e volto a abri-los sorrindo e me deparando com um circulo de cogumelos, um circulo... Perfeito? - hm?! - arregalo meus olhos que estavam com as lentes castanhas, para não pensarem que sou uma aberração eu as uso, a verdadeira cor de meus olhos é rosa, que por sinal é minha cor favorita me ajoelho e tiro um grande livro de minha mochila, um livro que mais parecia uma velha bíblia, algumas paginas eram manchadas com vinho, com orelhas, uma fita rosa e varias anotações e frases destacadas com marca texto rosa, na primeira pagina procurei o índice, seres da natureza. - eles existem... Mas... - arranco um fio da grama que crescia dentro dele, era uma grama que nasceu recentemente - não... Não pode ser - pego umas folhas soltas que estavam no livro e as leio - isso é irracional... Normalmente esses círculos não têm ervas nem nada crescendo dentro deles... De acordo com Walter Tschinkel os fungos deviam estar sugando os nutrientes... E de acordo com Norbert Juergens os cupins devia ter comido as raízes... Mas são só hipóteses - fecho o livro e fecho o zíper de minha mochila a pondo nas costas - será que... se isso for um circulo de fada ou um anel de bruxa... Provavelmente me levariam a uma dimensão alternativa... - ponho minha mão debaixo de meu queixo com o livro debaixo de meu braço - se for realmente isso se eu entrar nele sumirei dessa dimensão... talvez um dia lá seja um ano aqui, não tem como saber... - suspirei, essa duvida me corrompe - vamos ver, se eu entrar e realmente for um autêntico circulo de fada ou um anel de bruxa eu vou parar em uma dimensão magica - fecho meus olhos - então ah uma chance de isso me fazer aprender ainda mais, mas se eu ficar presa lá eu vou deixar para trás os... - abro meus olhos e sinto meu peito doer, meus avós já estão mortos... já faz dois anos, eu não tenho o que deixar pra trás, não tenho absolutamente nada... ponho a língua no céu da boca e olho pro céu, não vou chorar, não vou.

Depois que me recompus abrasei meu livro com forca e entrei no circulo, e ao fazer isso uma luz saiu dos fungos se erguendo e me cegando, assim que minha visão voltou ao normal eu vi um gigantesco cristal e uma sala magnifica, travei.

-PUTA QUE PARIU FUNCIONOU!?!? - Grito e logo cobri minha boca - perdão... - sussurro e noto que minhas coisas ainda estavam comigo, com medo escondi o livro dentro de meu moletom rosa e caminho até o grande cristal azul que estava me atraindo facilmente.

Estico minha mão, queria toca-lo, queria ver se era real.

 

-QUEM É VOCÊ?! - Quase que meu livro cai, mas n deixo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...