História A Ninja das Sombras - Segunda Temporada - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Iruka Umino, Kakashi Hatake, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Metal Lee, Mirai Sarutobi, Mitsuki, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Yamato
Tags Borusara, Boruto, Himawari, Hina Umino, Hinata, Inohima, Iruka, Kakashi, Kakayumi, Kazuhina, Kazushi Hatake, Konoha, Mitsuchou, Mitsuki, Naruhina, Naruto, Naruto Shippuden, Orochimaru, Sakura, Sarada, Sasuke, Sasusaku, Yumi
Visualizações 1
Palavras 1.706
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Primeira Missão


Tudo já estava resolvido, Luigi estava de volta, Ryōtarō preferiu não falar do assunto, mais para que isso não voltasse a acontecer, ele decidiu manter distância de sua irmã mais nova. Tanto que ele resolveu se trancar no quarto, ele ficou com medo de dormir e ter pesadelo á noite. Kazushi foi se encontrar com o seu time, Kagehiko disse que eles haviam recebido uma missão do Hakage, o ninja ficou feliz em saber que sairia para sua primeira missão. A primeira coisa que ele fez, foi contar para os seus pais, Kakashi parabenizou por sua primeira missão, mais sua mãe, ela não quis se manifestar.

O Jovem Hatake saiu, ele queria falar com Tsutomu, cada vez eles estavam mais próximos, mais Tsutomu estava cada vez mais distante de Gensei. Eles mal se falam, Tsutomu não lembrava qual foi a última vez que tiveram uma longa conversa.

-Parece que você não ficou feliz por seu filho ter recebido sua primeira missão.- comentou o Hatake.

-Não é isso, estou feliz, sim, por ele.- disse Yumi.

O Hatake olhou para sua esposa desconfiado, ele não sentiu nenhuma segurança na voz de Yumi. Ele se sentou diante de sua esposa, ela costurava uma tolha de mesa. Ela nunca havia costurado antes, quem fazia esse trabalho era Serena, ou ela comprava uma nova, ou nem comprava, já que ela quase não ficava em casa, ás vezes ela nem comia, outras vezes ela comprava alguma coisa, outras vezes ela chegava em cada tarde da noite e comia, ás vezes ela acabava dormindo com a barriga vázia.

O Hatake se retirou, Yumi ficou costurando em silêncio, sua mente não parava de pensar em seu filho, isso acabou lhe dando um furo em seu dedo, ela balançou sua mão logo em seguida, ela chupou o seu dedo e voltou a costurar, quando ela viu que estava no ponto que queria, ela guardou a toalha.

                 <<<⊱❉⊰>>>

Kazushi e Tsutomu andavam tranquilamente, eles estavam indo se encontrar com Hina e Kagehiko, Kazushi estava muito ansioso, era sua primeira missão, ele queria que nada desse errado, mais por dentro, ele estava com medo, ele não sabia o que poderia acontecer, ele não sabia o que esperar. Hina acenou para eles, assim que os viu, Kagehiko manteve a mãos em seu bolso, ele ficou olhando para os seus dois alunos que se aproximavam.

-Como vocês chegaram, já podemos ir, não podemos esperar mais.- disse Kagehiko.

-Vamos logo! Não aguento mais esperar!- disse Kazushi.

O Time Kagehiko seguiram para sua missão. A missão era para investigar a causa dos desaparecimentos de shinobis, shinobis que desapareceram em suas missães, alguns shinobis estão desaparecido por semanas, o hakage mandou alguns shinobis para procurar esses shinobis, mais acabaram desaparecendo, outros shinobis foram atrás, mais acabaram desaparecendo. Time Kagehiko sabia que teria que tomar muito cuidado, investigar a causa dos desaparecimentos desses shinobis, o desaparecimetos deles, estão deixando o Hokage preoculpado. Kazushi não quis contar a missão que ele ia para os seus pais, mais cedo ou mais tarde, eles iriam descobrir, seu pai achou estranho, Kazushi não ter dito nada sobre a missão.

-Temos que ficar bem atentos, não sabemos o que nos espera do portão para fora, por isso, vamos nos manter um perto do outro, nada de se afastar nem que seja um centiméntro.- disse Kagehiko.

Tsutomu entendeu que isso havia sido uma indereta para ele, já que ele acostuma se separar de seu time, isso encomodava Kagehiko, ele procura manter seus alunos sempre juntos de si, ele colocou em sua cabeça que era obrigado a proteger Kazushi, Hina e Tsutomu.

-Esses desaparecimentos me causa um certo estranhamento. Como shinobis desaparecem misteriosamente, sem deixar nenhum rastro? Isso é realmente muito estranho, complicado de se entender.- disse Hina com a mão no queixo.

-Talvez os seguestradores estejam usando alguma tecnica para apagar rastros, existe várias maneiras de apagar um rastro. Meu pai sabe fazer isso.- disse Tsutomu.

-Só vamos descobrir quando chegarmos no local.- disse Kazushi.

O sensei apenas ouvia as teorias de seus alunos, algumas para eles não fazia nenhum sentido, ele preferiu se manter caladao, ele deixou a imaginação de seus alunos fluirem. Ele sairam de Konoha, Kagehiko parou e ficou olhando para todos os lados, mais não encontrou nada suspeito, nem um sinal de movimento, isso estava começando a ficar estranho. Tsutomu olhava para o chão enquanto andava, mais nada, nada que chamasse sua atenção. Kazushi também olhava para o chão enquanto andava, mais diferente de seu parceiro, ele encontrou algo, ele encontrou pegadas.

-Kagehiko-sensei, encontrei algo.- gritou Kazushi.

O Yamaguchi olhou para o Hatake, ele se aproximou dele, ele olhou para o chão e viu pegadas, pegadas que iam para o sul.

-Parece que não faz muito tempo que o dono da pegada esteve aqui.- ponderou Hina.

-Pode ser uma armadilha.- opinou Tsutomu.

-De qualquer maneira, vamos ficar de guardar, não abaixe a guarda por qual motivo que seja, vamos ficar unidos. Não sabemos com quem estamos lidando.- disse Kagehiko.

Kagehiko se retirou, Tsutomu e Hina, o seguiu, Kazushi se levantou e olhou para o céu, ele viu uma águia voando, ele fransiu o cenho, ele olhou por cima de seus ombros e reparou que seus parceiros e seu sensei estavam se afastando, ele correu para alcança-los.

Ele se colocou ao lado da Hina, ele olhou para sua amada, ele achava ela muito inteligente, o modo que ela via as coisa, fazia ele querer ver também, apesar dela, ás vezes, dúvidar de sua capacidade como ninja, ele sabia que ela era muito positiva na sua vida, tanto pessoal, como ninja, ela sabia que poderia melhor e ficar, nem que seja do mesmo nivél que seus amigos. Ele também tinha opinião formada sobre cada um de seus parceiros, até do seu próprio sensei.

Kagehiko para Kazushi, era um homem muito legal, ele pensa antes de falar, ele procurar não ferir as pessoas, ele já foi ferido por palavras várias vezes, para ele, a dor física é mais suportavél que a dor sentimental. A dor física sara, nem que demore anos, mais sara, mais a sentimental, dura eternamente.

Tsutomu, é calado, na dele, ás vezes se parece muito com Kakashi, ele procurar se manter afastado das pessoas, procurar não ter muito contato com elas, ele dizia que as pessoas são animais sem coração. O Ogawa preferi lugares silêncioso, lugares sem muita aglomeração de pessias, por isso ele sempre procura ficar só em seu quarto ou em outra parte silênciosa de Konoha, onde Boruto e nem Kazushi estão para pertuba-lo. Kazushi acha ele um maluco por evitar contato com as pessoas, ele sabe que isso é impossivél de acontecer, não e facíl ficar longe das pessoas. Kazushi acha que seu amigo nunca vai encontrar a paz que tanto procura, ainda mais com ele por perto.

Hina, era extrovertida, ás vezes brincalhona, ela sempre procura ajudar seus amigos, isso causa uma certa adimiração em Kazushi. Ela está sempre procurando deixar o seu pai orgulhoso, está sempre procurando não decepcionar ele. Chouchou vivia dizendo que ela tem uma queda por Iwabee, ela nunca disse se isso era verdade ou não. Mais o fato deles se tornarem próximos depois da academia, deixa o Hatake um pouco encomodado. Mais pelo modo que o garoto tratava Hina, não era nada além de amizade.

O Ogawa parou, Kazushi acabou esbarrando nele, o Hatake olhou para o seu amigo furioso, mais logo passou, quando viu alguns passaros voando, como se algo estivesse assustado eles, Hina olhou para todos os lados, mais nada, nada de algum movimento suspeito, Kagehiko pediraram para eles ficarem de guarda e se colocar em posição de ataque, todos fizeram o que o sensei mandou. Todos pagaram a Kunai, e ficaram na posição de ataque, menos Kagehiko, que estava com as pontas dos dedos nos cabo da kunai.

-Vai ficar tudo bem, não vai acontecer nada.- pensou Hina, uma gota de suor descendo pelo seu rosto.

O Hatake olhou para para uma árvore, ele viu uma sombra atras da árvore, Tsutomu também reparou, Hina e Kagehiko não olharam para a sombra. Hina começou a apertar o cabo da kunai com força, Kagehiko manteve calmo, ele era tão calmo, que acabava irritando os seus parceiros de times.

-Isso é muito estranho!- sussurrou Tsutomu para Kazushi.

-Tem razão! Acho que de deveriamos ir atrás.- sussurrou Kazushi para Tsutomu.

-Não é uma boa idéia, lembre do que o sensei disse, manter-se juntos.-sussurrou Tsutomu.

-Você não sabe o que é isso.- ironizou Kazushi.

-O que tanto conversam?- perguntou Hina.

-Parem com essa conversa paralela, não tem tempo para fofocar que nem garotinhas.- disse Kagehiko.

Tsutomu olhou para o ninja de cabelos prateados, ele voltou a sua atenção para ás ároveres aonde estava as sombras, Kazushi desviu o seu olhar, uma pessoa passou correndo por eles.

-Você viram isso? Parece... não sei, acho que deveriamos averiguar.- sugeriu Kazushi.

-Pode ser arriscado, vários shinobis desapareceram.- disse Hina.

-Isso pode ser uma armadilha.- disse Kagehiko.

O Hatake não gostou nem um pouco, quando ele lembrou no que os shinobis poderiam estar passado, ele se revoltou, Tsutomu o repreendeu pele atitude do parceiro, Hina disse que era isso que queria, que descutissem para abaixarem a guarda para poderem atacar, mais Kazushi e Tsutomu não deram atenção para o que Hina disse. Kagehiko pedia para eles pararem mais foi em vão.

-Por favor! Parem! Se continuarem descutindo, eles vão atacar é não vamos ter como nós defender.- disse Hina.

-Ouçam! Parem de ser duas cabeças duras, isso não leva a nada.- disse Kagehiko.

-Enquanto estamos aqui, descutindo, vendo o que fazemos, vários shinobis poder estar passando por algo que comprometam a vida deles, por isso devemos agir.- disse Kazushi.

-Sim, mais para isso precisamos pensar em algo, algo que não coloque nossas vidas em risco é a dos shinobis também.- disse Tsutomu.

-Ser ninja é arriscar a vida, no momento que entramos para academia, começamos a arriscar nossas vidas, começamos a coloca-las em risco.- argumentou Kazushi.

-Impossivél descutir com você.- disse Tsutomu.

Tsutomu não insitiu mais no assunto, Kazushi olhou para a direção que viu alguém correndo, ele não se conformava em poder agir logo, salvar os shinobis que desapareceram, mais por um lago, o seu parceiro estava certo, eles poderiam, sim, colocar a vida desses shinobis em risco, ele não sabe quem fizeram isso, mais ele teria que ficar unidos, eles teria que encontrar uma maneira, uma maneira para entender o motivo que levaram esses shinobis desaparecerem sem deixar nenhum rastro, é que seja rápido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...