História A Ninja das Sombras: Segunda Temporada - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Hinata Hyuuga, Ibiki Morino, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Madara Uchiha, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Mirai Sarutobi, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, TenTen Mitsashi, Yamato
Tags A Ninja Das Sombras, Chouji, Clã Nakamura, Clã Uchiha, Hinata, Ino, Inosai, Kakashi, Kakayumi, Madara, Madara(diva), Naruhina, Naruto, Naruto Shippuden, Ninja, Sai, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Shino, Yumi
Visualizações 7
Palavras 1.263
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Toda Vez Que Nós Tocamos


- Cinco minutos! Espere cinco minutos.- gritou Yumi.

Shisae esperava por Yumi, mais a ninja queria ficar com as crianças, portanto, a mulher queria que Yumi fosse ajudar elas no preparativo dos alimentos das crianças. Shisae estava no final do corredor, enquanto a ninja estava muito distante da enfermeira.

Yumi brincava com as crianças, aquelas crianças fizeram ela voltar a ser o que ela deixar de ser a muitos anos atrás, uma criança.

- Calma, crianças! Sem alvoroço!- disse Yumi.

- Okay! Voi deixar você brincar com as crianças.- gritou Shisae, logo depois ela saiu.

As crianças queria que Yumi contasse uma história, outras queriam que ela brincasse, a ninja das sombras estava perdida, ela não sabia o que fazer. As crianças discutiam, Yumi tentava conter a situação, ela achou que não tinha menor jeitos com crianças, mais quando ela chamou pelas crianças elas olharam para a mulher e se calaram.

- Vamos fazer um seguinte, primeiro vamos brincar, depois eu conterei uma história.- disse Yumi.

- A Dama Amarela e a Dama Branca.- gritou uma criança.

- Eu amo essa história.- disse Yumi.- Mais depois vamos ver isso, agora vão brincar.- continuou Yumi.

- Não, Momotaro.- disse outra.

As crianças fizeram o que a ninja disse, algumas foram brincar no escorregador, algumas crianças chamaram a mulher, ela disse que não levava o menor que jeito para isso, que havia esquecido como era brincar e que estava enferrujada, mas acabou aceitando, ela brincou em todas as brincadeiras e em quase todos os brinquedos.

Sua diversão foi interrompida, ela lembrou que Shisae estava lhe chamando para ir até o refeitório do hospital, antes de sair, falou para as crianças continuarem se divertindo, que assim que voltasse ela iria ler uma história para elas.

Ela saiu da brinquedoteca e andou pelos corredores, como não sabia aonde ficava o refeitório, ela ia na sorte, no caminho ela se encontrou com Serena, que disse que precisava ugentemente falar com ela, que não tevê outra saida a não ser ir conversar com Serena.

                      *✷*

- Quando você vai para a casa? A vovó Saiko fica perguntando por você.- questionou Serena.

- Daqui á pouco!- disse Yumi enquanto ajudava a servir as crianças.

A mulher apenas observava a amiga servindo as crianças, tanto, que resolveu ajuda-lá. Uma por uma foi servida, Serena e Yumi sentaram em uma mesa de duas cadeira que ficava no refeitório, onde elas poderiam ficar de olho nas crianças. As duas havia se servidos, elas se sentaram uma de frente para a outra.

- Esse lugar e incrivél! Olha para isso, as pessoas trabalharam bem aqui.- disse Serena.

- Noriko disse que o hospital recebe pacientes que se ferem durante a viagem, alguns chegam aqui assustados.- disse Yumi.

- Assustados? E sério, Yumi, apesar de gostar de viver nesse país, ele me da um pouco de medo. Além do mais da histórias que os mais velhos contam, principalmente as histórias dos youkai.- disse Serena.

- Serena, isso é apenas uma lenda que nós pais nos contavam para ficarmos com medo e dormir, ou não sairmos sozinhos ou ser limpos.- tranquilizou Yumi.

- Eu não sei, ainda mais, eu nunca ouvi algum dizer que já viu um desses youkai.- comentou Serena.

- Viu, são apenas lendas, mitos.- explicou Yumi.

As duas alimentava e diziam coisas aleatórias. Apóa se alimentaram, elas foram fazer companhia para as crianças, após a refeição, Yumi leu uma história para elas, a história vencendora foi Momotaro, O Menino Pêssego. E uma das histórias prediletas da ninja. Keiko quase todas as noites, contava para a Nakamura antes de dormir, para o seu azar, ela nunca ficava acordada até o final da história, toda vez que sua mãe lia história, ela lutava para ouvir o final, mais ela acabava adormecendo. Mais hoje, depois de anos ela finalmente soube o final da história.

Após terminar de ler a história, as enfermeiras levaram as crianças para andar pelo hospital e fazer companhia para as outras crianças que não podiam sair dos quartos. Enquanto Yumi e Serena foram para casa.

                      *✷*

- Eu vi o jeito que você estava lidando com aquelas crianças. Você leva jeito.- disse Serena com a mão no peito.

- Eu achava que não levava o menor jeito para isso, eu me senti... eu não tenho palavras para explicar, eu não tenho.- disse a ninja.

Serena começou a bater palmas e sorrir, a ninja ria da situação, ela colocou as duas mãos no rosto e afundou suas mãos juntamente com o rosto, ao colchão.

- Você já se perguntou como se sairia se fosse mãe?- perguntou Serena se levantando.- Você seria a melhor mãe do mundo.- continuou Serena.

A ninja tirou o seu rosto do colchão, ela havia se entristecido, quando Serena percebe a burrada que ela havia acabado de cometer, ela começou a gesticular é a se xingar.

- Desculpe, Yumi, eu falei sem pensar.- se explicou.

- Tudo bem.- disse Yumi.

Sua voz era de tristeza, Serena fazia caras de reprovação em relação em sua atitude, ela não pensou duas vezes saiu do quarto, mais logo em seguida, voltou. A ninja estava com o seu olhar baixo e pensativa.

- Eu acho que você deveria contar para Kakashi o que aconteceu aquele dia. Desculpe tocar nesse assunto novamente, sei que não gosta, sei que quer esquecer, sei que quer serguir em frente, mais não dá mais, você está sofrendo, ele com certeza está sofrendo por quê não sabe o motivo que levou você a terminar com ele, bom, ele diz que não sabe. Mais, se for verdade, se realmente ele não sabe o levou a você mandar ele de volta pro time dos solteiros? Não se sabe, fala com ele.- disse Serena.

- Eu não sei.- disse Yumi olhando pro nada.

Serena se sentou na frente dela com a cara fechada e cruzou os braços.

- Vocês se amam, não é justo que fiquem separados por causa de uma mentira sem futuro.- disse Serena.

A ninja deitou no colo de sua amiga, enquanto Serena fazia cafune nos cabelos negros de sua amiga, Yumi chorava todas as lágrimas que ela havia segurado desde o dia do ocorrido. 

- Eu não entendo, estava tudo bem entre á gente,e do nada aquilo acontece, eu estava tão feliz com a novidade que eu iria contar pra ele, e do nada, a minha felicidade se transformou em tristeza, eu não tive outra saida a não ser terminar.- disse Yumi aos prantos.

As duas ficaram em silêncio, Serena se perguntava quando os sofrimento de Yumi terá fim, enquanto a ninja se pergunta por que o seu grande amor fingia que não aconteceu nada no dia da discursão, ou talvez ele não esteja fingindo.

- Todas as vezes que nós tocamos, pareciam magícas, eram incrivéis, pareciam ser de outro mundo, o melhor a se fazer e exclarecer tudo resolver a situação, não vou mais fugir, chega, não quero mais isso para a minja vida, não mais.- pensou a ninja.

A ninja se levantou, chamou o pássaro negro e começou a escrever uma carta para se entregue ao Hokage, após escrever, ela amarrou e o pássarou voou ruma ao encontro de Hokage.

                     *✷*

Em cima da mesa do Sexto Hokage, contia pilhas de papeis, quando o kage achava que estava no fim, chegava mais pilhas de papeis para ele assinar, o Hatake olhava aquelas pilhas de papeis e torcia para que não viesse mais. O pássaro preto pousou em cima da mesa do kage, ele pegou o papel que estava na pata da ave e desrolou.

" Assim que voltar para Konoha, responderei ás perguntas que quiser e colocarem pingos nos i."

Kakashi olhou pro pássaro, o pássaro voou para fora, rumo ao País das Treva. O Hatake olhou para o pepel em suas mãos.

- Como quiser!- disse o ninja,



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...