1. Spirit Fanfics >
  2. A (NO) reciprocal love >
  3. Chapter 1 Konoha Educational System

História A (NO) reciprocal love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hello, mommy bitches!!
Mommy trouxe um imagine para vocês! Como um dos meus personagens favoritos não tem muitos imagine's, decidi eu mesma fazer um!
Espero que gostem! 🙃💮

Good reading!

Capítulo 1 - Chapter 1 Konoha Educational System


6:30 AM, Monday

Ahh, Konoha Educational System... A melhor universidade do Japão, até pessoas de fora vêm estudar aqui. Bem, "estudar" entre aspas, sabe como os adolescentes são...

Todos queriam ter a chance de entrar naquela universidade.

Todos, menos eu.

Eu estava bem na Tokyo Educational Institution, outra universidade bem conhecida. Mas como meu pai foi transferido para Konoha, e eu não estava nem um pouco afim de morar com a minha mãe, eu tive que vir junto.

_Se não vier em cinco minutos, eu vou socar esse café na sua garganta..._ Angel ameaçou. Angel é quase uma mãe pra mim, com sermão e tudo...

- Já estou indo!

Desci alguns minutos depois, não queria acabar morrendo afogada de café...

 

7:12 AM

 

Estava no portão da universidade. Colegas novos, amigos novos... Será que eu vou conseguir me adaptar?...

Eu passava de cabeça abaixada, pessoas me olhando como se pudessem ver minha alma... Era estranho.

Como estava de cabeça abaixada, acabei esbarrando em um garoto. Mas não foi tipo "esbarrãozinho de leve". O cara quase me jogou pra trás, foi de propósito praticamente.

_Olha por onde anda, ceguinha!- Ele me olhava com um olhar de raiva. Olhos Ônix, pele branca e cabelos negros. Ele é bonito, muito até. Mas ele acha que pode tratar os outros assim? "Ceguinha"?

- Escuta aqui, seu...paspalhão! Não é só porque você tem um rostinho bonito que pode tratar os outros do jeito que bem entender, ainda mais uma dama como eu! E quem você está chamando de "ceguinha"?! Claramente, dá para perceber que eu não sou cega, mas você parece ter algum retardo mental!-

Os amigos dele me olhavam rindo.

"Paspalhão, S/n?! Sério? Não tem nada melhor?"

_Me chamou de "paspalhão"?- Ele tinha um tom frio, mas ao mesmo tempo zombeteiro.

- C-chamei sim! Seu...babaca!-

"Eu preciso aprender a xingar..."

Ele ficou em silêncio, me analisava dos pés a cabeça. Seus olhos fitaram os meus, fazendo todo meu corpo se arrepiar. Não estava acostumada a ser olhada desse jeito...

_Você é bem afrontosa pra uma criancinha..._ Disse, antes de bater seu ombro no meu e seguir para onde quer que ele estivesse indo antes.

"Que...paspalho!" "Calma, S/n. Respira fundo..."

Contei até dez e respirei o mais fundo que consegui. Quem aquele menino pensa que é?!

Estava tão concentrada em não socar a cara daquele panaca, que não notei um grupo de garotas se aproximando de mim.

_Cat, que coragem... Peitar o Uchiha não é pra qualquer um..._ Uma garota de cabelos loiros dizia, rindo de toda a situação.

_Por mais idiota que seus xingamentos tenham sido, deu uma lição de moral..._ Outra loira disse, com a expressão neutra e analisando até a minha alma.

_Eu sou a Tenten, e não vamos mais falar sobre o que aconteceu aqui, "paspalhão"!_ A morena ria, estendendo a mão para mim.

A cumprimentei timidamente. "Quem chega assim em alguém que nem conhece...?"

_Eu sou a Sakura, futura namorada do Sasuke!_ A "futura namorada do paspalhão" sorriu gentilmente. Retribuo com um sorriso pequeno.

_Temari._ A loira que antes me analisava continuava sem expressão, e seu tom era frio.

_Ino, a verdadeira futura namorada do Sasuke!_ Olhou desafiadora para Sakura.

"7 bilhões de pessoas no mundo, e as bonitas brigando pelo paspalhão..."

- Eu sou S/n, prazer!- Sorri, tentando parecer simpática.

"Socorro, alguém me tira daqui..."

_Já sabe qual é a sua sala?_ Sakura perguntou.

- Acho que era a A-1...

_A-1... Você é do primeiro ano, então?_ Perguntou Temari.

- Sim, e vocês?

_Somos do segundo, e o bonitão Uchiha é do terceiro._ Respondeu Ino.

Ia dizer algo sobre o paspalhão, quando fui interrompida pelo sinal.

_Temos que ir! Nos vemos logo, S/n!_ Tenten saiu arrastando as outras meninas.

Fiquei alguns segundos parada, até lembrar que tinha que ir para a sala.

Foi o que eu fiz. Bati na porta e a professora me indicou um lugar que ficava atrás de uma garota ruiva.

"Rikudou, salve sua filha..."


Notas Finais


Curto, só de "apresentação".
Ainda não sei em que horário vou postar os capítulos, isso a gente vai vendo.
See you later, mommy bitches!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...