História A noite - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Mistério, Romance
Visualizações 8
Palavras 414
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Boa noite Cinderela


Fanfic / Fanfiction A noite - Capítulo 8 - Boa noite Cinderela

-SARA ON-

Eu estava sob efeito de alguma coisa não sei bem, talvez adrenalina, mas sentia fatos, verdades virem em minha cabeça em vários momentos impertinentes, Trevor me encarava toda hora e eu queria muito saber o motivo mas permaneci completamente calada, não emitindo sons, só minha respiração ofegante em seus ouvidos, estávamos muito próximos, admito que adorava ver seus olhos refletidos em meu espelho da cômoda, mas acima de tudo queria poder senti-lo em meus lábios, mas tudo que me fazia tocar nele, me permitia trazer memórias das quais eu não me lembrava de um homem do qual me lembrava Conred e muito mais o Teo, não sabia quem era aquele homem e o porquê tinha flashbacks automáticos e não sabia decifrar o que era aquilo...

Sara, está acordada? –Trevor me disse vindo por trás, segurando em minha cintura à mostra.

Ah desculpe-me estava só pensando. –Disse sentindo um arrepio vir até minha boca, parecendo que minha alma havia saído do corpo e voltado naquele instante momento.

Sara, eu sei do que você trabalha, mas eu quero saber o porque não fugiu ainda, ou não contatou ninguém, a polícia já devia ter te resgatado nessas horas.

Como que ele sabia disso, ninguém sabia, eu estava infiltrada à anos, mas não comentei disso com ninguém, muito menos minha própria família.

C-como s-sabe disso?– Gelei ao olhar em seus olhos, nós estávamos em uma sala escura, só sentindo sua respiração ofegante em meu pescoço.

Eu estive te observando a muito tempo, minha pequena, olhei quando o Kaleo e seus capangas á sequestraram e muito antes disso, mas acredito que o bobinho do Kaleo não se apercebeu no problema que você representa a os negócios, mas eu não cometerei o mesmo erro novamente.

Novamente? –perguntei sem saber do que se tratava, mas sim admito que sou do FBI, e sou infiltrada á pelo menos 5 anos, nós nos contatamos de formas diferentes e sigilosas, por exemplo  escrever em um papel em códigos que somente o chefinho podia decifrar, ou seja em letras ou traços misturados com números, mas isso só acontecia quando tinha alguma coisa muito importante para lhe dizer, mas não contatava ele quando tinha coisas mixurucas para contar.

Trevor se aproximou e aplicou uma coisa em meu pescoço, me fazendo cambalear, isso aconteceu tão rápido que não sabia o que se passava, então senti um braço me segurando para que não caísse.

Boa noite, Cinderela. – Sorri seco para aquela garota na qual a apagou.

 


Notas Finais


Ih lá vem merda HAHAHAHA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...