1. Spirit Fanfics >
  2. A noiva de sacrifício do Laito Sakamaki >
  3. O desejo do Kou Mukami

História A noiva de sacrifício do Laito Sakamaki - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Oi galera viciada, tudo beleza com vcs? Eu espero que Sim kkk
Galerinha viciada em fanfics, eu estou torcendo para que todos vocês gostem desse capítulo!
Boa Leitura meus amores e fiquem com a família Sakamaki!!!
🦇Diabolik lovers🦇

Capítulo 31 - O desejo do Kou Mukami


Fanfic / Fanfiction A noiva de sacrifício do Laito Sakamaki - Capítulo 31 - O desejo do Kou Mukami

[No quarto da Yui]

Kira on

Eu consegui me livrar daquele insuportável e nojento Yuma Mukami, mas eu invadi o quarto da Yui sem bater na porta. Eu entrei no quarto dela e fechei a porta com as minhas mãos tremendo e a Yui me olhou preocupada em me ver assustada.

Yui_ Kira, você tá bem?

Eu me aproximei dela e abracei a Yui com algumas lágrimas em meus olhos. 

Yui_ O que aconteceu? Por que você está tão assustada? - Perguntou enxugando as minhas lágrimas. 

Eu__ O Yuma... Ele me atacou! - Digo me lembrando do beijo que o estúpido e nojento Yuma me deu.

A Yui segurou as minhas mãos e nos sentamos na cama pra conversar. 

Yui_ Ele te machucou? O que o Yuma fez com você?

Eu__ Um pouco, mas eu estou bem... O Yuma me beijou e ainda disse que está completamente apaixonado por mim. - Me levanto da cama e da minha cabeça as lembranças ruins não queriam me deixar.

Yui_ O Yuma tá  apaixonado por você? O mundo tá  se acabando!! Misericórdia Senhor!

Eu__ Yui, me desculpe por ter entrado em seu quarto sem bater na porta, mas era que eu estava em perigo perto daquele nojento!! - Segurei suas mãos.

Yui_ Não precisa pedir desculpas, se fosse eu com certeza iria invadir qualquer quarto só pra me livrar do Yuma ou do Kou. Agora por favor respire! Se acalme Kira! 

Eu respirei fundo e me sentei na cama da Yui tentando me acalmar até que alguém bateu na porta do quarto da Yui. Ela se aproximou da porta e o Laito me olhou de um jeito que eu pensei que eu ia morrer. 

Laito __ Posso entrar bitch-chan? - Perguntou. 

Yui_ Claro. - Fez um gesto com as mãos para o Laito entrar no quarto. 

O Laito se aproximou de mim e me encarou com seus lindos olhos verdes esmeralda sérios e isso me deixou um pouco nervosa. 

Eu__ L-Laito m-me desculpe! - Segurei suas mãos e o Laito me puxou pra perto dele e me abraçou com força.

Laito __ Você está bem, sua danada?

Eu__ S-sim! - Deixei uma pequena lágrima escorrer pelo meu rosto.__Eu fiquei com muito medo... Você não está bravo comigo? 

Laito ergueu o meu rosto segurando o meu queixo e me olhou bem nos fundos dos meus olhos. 

Laito __ Você não têm culpa de nada... Tudo o que você precisa é do seu vampiro pra te proteger! - Beijou a minha testa com um sorriso aliviado em me ver bem. _  Eu dei uma surra no Yuma, e se ele voltar a te incomodar eu vou tratar de mandar o  Yuma para o inferno de uma vez por todas! 

O Laito me beijou com carinho e delicadeza fazendo eu me arrepiar com o toque dos lábios frios e suas mãos gélidas tocarem o meu rosto. Yui ficou nos olhando, e sorriu ao nos ver aos beijos. 

Yui_ Que romântico!! Vocês são muito lindos quando estão juntos Klaito!

O Laito e eu ficamos confusos quando a Yui disse " Klaito". De onde ela tirou essa loucura? Só podia ser a Yui mesmo...

Eu__ Como assim Klaito? - Pergunto um pouco confusa. 

Yui_ Eu shipei o nome de vocês dois! - Respondeu bem empolgada.

Laito __ É sério isso? Isso não pode ficar melhor? Que loucura! - Riu da cara da Yui que ficou pensando em outro shipp.

Eu__ Bom, eu estou um pouco dolorida e parece que a minha dor de cólica quer voltar! Tchau Yui!! Nos vemos na hora do jantar...  - Puxei o Laito pelo braço e saímos do quarto da Yui e fomos pro nosso quarto. 

Kira off

Yui on

Depois que o casal Klaito kkk saíram do meu quarto,  eu fui ao banheiro tomar um banho e me preparar para ir jantar daqui aos vinte minutos. Eu vesti uma saia verde não muito curta mas também não muito comprida, no meio das coxas. Vesti uma blusa soltinha branca e saí do banheiro. Eu me deparei com o Kou em cima da minha cama com a chave da porta do meu quarto em suas mãos. Eu fiquei tão pálida que nem parecia que eu ainda tinha uma gota de sangue no meu corpo. O Kou me olhou com um sorriso alegre e safado nos lábios e colocou a chave da porta do meu quarto no seu bolso. 

Kou__ E aí gatinha? Como você estar? - Me perguntou na maior cara de pau. 

Eu__ E-eu estou bem... Mas o que você faz aqui no meu quarto? 

O Kou se levantou da cama e foi se aproximando de mim com um sorriso malicioso e sádico estampado em seu rosto e eu fui andando pra trás com intenção de fugir desse demônio.

Eu__ Sai daqui Kou! Me deixa em paz! 

Eu dei de em encontro com a parede do quarto e o Kou colocou seus braços envolta da minha cintura e seu sorriso ficou puramente maléfico e cheio de luxúria. 

Kou__ Está com medo, gatinha? Eu adoro ver a sua expressão de medo... Hoje eu vou tomar todo o seu sangue até você dizer que vai ficar comigo! - Afastou o meu cabelo do meu pescoço e cravou suas presas sem dó nem piedade no meu pescoço. Eu comecei a gritar e implorar para que o miserável me soltasse, mas os meus gritos deixou o Kou excitado... Como é que é? Meeeuuuu Deeuuss!

Eu__ K-Kou P-Para C-com isso p-por favor! - Dei um chute entre as pernas dele e saí correndo tentando fugir do Kou.

Kou__ Você vai me pagar caro por ter feito isso comigo!! 

O Kou me puxou pelo braço e me jogou em cima da cama com tanta violência e força que a cama quebrou. Ele ficou por cima de mim e puxou meu cabelo com muita força e brutalidade que eu gritei alto, mas o infeliz colocou sua mão na minha boca.

Kou__ Parece que você tem  um belo corpinho... - Sussurrou em meu ouvido. 

Eu__ Não faz nada comigo por favor!! - Eu fiquei muito mais muito nervosa.

Kou__ Fica quieta!

O Kou colocou uma de suas mãos na minha boca e foi beijando e mordendo o meu pescoço com as suas presas afiadas. Ele foi tirando devagar a minha blusa e mordeu bem na minha clavícula e me deixou só de sutiã. Ele tirou a minha saia e me deixou apenas com o meu sutiã e a minha calcinha azul. Eu comecei a chorar e me debater tentando sair de baixo dele, mas o cão é sujo, e o Kou me jogou no chão e tirou a parte de cima da sua roupa. Eu me levantei do chão e peguei um vaso com umas flores e joguei em direção ao o Kou, mas o bicho se desviar e me empurrou na parede e a minha cabeça bateu com força na parede  

Eu__ Aii! - Coloquei a minha mão esquerda na minha cabeça e o Kou deu uma gargalhada diabólica e macabra. 

Kou__ Você quer que eu comece sugando seus seios ou te pegando de uma vez por todas?

Eu__ Nenhuma das opções! - Dei um tapa na cara do Kou.

O Kou me olhou furioso e me virou de costas para ele e rasgou o meu sutiã. Eu coloquei as minhas mãos nos meus seios e comecei a gritar chamando pelo nome do Ayato. 

Eu__ Ayato!! AYATO!! ME AJUDA PELO AMOR DE DEUS!!! 

Kou__ Cala a boca! - Me jogou no chão, segurou os meus pulsos e foi aproximando dos meus seios e eu comecei a pedir ajuda a Deus nos pensamentos. 

Yui off

Ayato on

O meu quarto é depois do quarto do Shu, e deu pra mim ouvir os gritos da Yui vindo de seu quarto. Eu dei um pulo da minha cama e fui correndo que nem uma bala pro quarto da Yui. Eu me aproximei da porta do quarto da Yui e ouvi ela gritando e pedindo ajuda, o meu sangue ferveu e eu arrombei a porta do quarto dela apenas com um chute. 

Eu vi o Kou tentando CHUPAR  os seios da minha panqueca!!!! Eu enlouqueci quando vi aquela cena, a Yui tava quase nua e chorando, o Kou tentando fazer  suas safadezas com a minha PANQUECA!!       Eu parti para cima do Kou e o joguei no chão e comecei a encher a cara do Kou com socos, eu empurrei ele na parede e dei um chute bem na barriga do desgraçado fazendo o Kou sangrar pela boca. Mas o infeliz ainda conseguiu me derrubar no chão  e foi me dando chutes por todo o meu corpo.

Eu me levantei do chão fazendo um mortal para trás e olhei mortalmente para o desgraçado do Kou.

Eu__ Como ousa querer fazer suas imundícies com a minha namorada? Ficou doido?

Kou__ Eu fiquei com um e enorme desejo pela Yui e resolvi fazer umas coisinhas com ela! - Sorriu cinicamente. 

Eu olhei para a Yui que tava tapando seus seios com suas mãos e meu ódio só aumentou. Eu garrei o pescoço do Kou e dei uma voadora no meio dos peitos do Kou  e ele saiu voando pela janela do quarto da Yui. 

Eu respirei fundo e quando vi a Yui só  de calcinha e sem sutiã, senti um fogo consumir o meu corpo mas eu me aproximei da cama quebrada da Yui e peguei o lençol da Yui e a cobri. Eu abracei a minha panqueca e ela começou a chorar em cima do meu peito. 

Eu__ Ei tá tudo bem Panqueca! O seu vampiro tá aqui pra te proteger!

Yui_ Ayato, obrigada por ter me ajudado! Se não fosse por você eu estarei perdida...

Eu ergui o rosto da Yui segurando seu queixo e a beijei com calma e carinho. Ela me abraçou com força e suas lágrimas foram diminuindo e eu peguei um vestido simples na cor amarelo para ela se vestir e sair do quarto e fiquei esperando a Yui no lado de fora de seu quarto para podermos ir jantar. 

Depois de alguns minutos a Yui saiu do quarto e nós fomos para a sala de jantar o mais rápido possível por que se não o Reiji iria dá uma de bicha louca. 

Ayato off

Kou on

Eu fiquei muito mais muito furioso quando o Ayato me atrapalhou na melhor parte do ato em que eu estava prestes a iniciar com a Yui... Aff! Agora sim que eu odeio os meus priminhos amados, principalmente o Ayato!! Mas isso não vai ficar assim, não vai mesmo!

O Ayato me paga pode ter certeza!!!

Kou off 

Continua...



Notas Finais


Galera viciada em fanfics e sei lá mais o que... Eu espero que vocês tenham gostado desse capítulo maluco e sem noção!
Vão me desculpando por todos os erros e tenham uma boa noite meus amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...