1. Spirit Fanfics >
  2. A Noiva de Samael >
  3. O sonho

História A Noiva de Samael - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - O sonho


O dia estava monótono, tirando o fato estranho do desaparecimento do meu pai, que só eu parecia saber, ou me importar com isso.

Acabei passando o dia inteiro sentada na varanda, observando o jardim de casa e, praticamente, hipnotizada com a beleza do pôr-do-sol. É, desde o café da manhã estava ali, nem tinha percebido o tempo passar.

Sem querer algumas lágrimas cortaram meu rosto, detestava não entender o que estava acontecendo com meu pai.

Resolvi caminhar pelo jardim, ver se isso me distraia, então, como num passe de mágica, apareceu na minha frente um peixe voador prateado.

Assustada, mas querendo saber o que um peixe voador queria comigo, passei a seguí-lo depois de ser tão insistentemente chamada, sério ele até bateu no meu rosto com uma das nadadeiras/asas.

Estranhamente ficava cada vez mais frio e o caminho mais íngreme. Onde é que aquele bicho tava me levando?!

Caminhando com cuidado, quase caindo diversas vezes no que agora lembrava uma mata escura, com sons de corujas e tudo, um medo foi se apodera do de mim, até parecia que meu coração batia na minha boca.

De repente o peixe explodiu, sumindo no ar na minha frente, e soltei um grito de susto.

Paralisada, sem conseguir andar, abraçava a mim mesma, estava completamente perdida.

Nesse momento escutei uma voz grave, meio gutural, que chamava meu nome. Era pra ficar mais assustada mas, se impressionem, segui aquela voz como mariposa segue a luz, descortinei alguns galhos e vi algo que me tirou o fôlego.

Samael, sorrindo para mim, estendia sua mão me convidando a estar do seu lado.

Alegre, quase saltitando, parecia flutuar até ele, que abracei forte e, como se estivesse no piloto automático, levantei meu queixo, olhando nos olhos dele, ficando assim por um bom tempo.

Segurando meu queixo com uma mão e abraçando meu quadril com o outro braço, tocou meus lábios com os dele, me fazendo perder o fôlego.

Apertando meu corpo contra o dele, separou meus lábios com sua língua e começou a explorar minha boca. Nesse momento comecei a abraçá-lo, sentindo um formigamento dentro de mim, subia minha perna pela musculosa perna dele, sentindo seu membro endurecer.

Soltando minha boca, traçou com sua língua um caminho até minha orelha e enfiou sua língua lá. Ahhh... como estava gostoso aquele momento. Esquecia de tudo nos braços de Samael. Esquecia até do meu pai.

Sentindo um fogo subir pelo meu corpo, subo no seu colo e peço sua boca de novo, queria mais dos seus beijos, da sua língua quente dançando com a minha.

Quando finalmente ele voltou a me beijar, começou a brincar com meu clitóris, e eu comecei a arranhar suas costas. Gemendo, estava a ponto de chegar no meu clímax. De repente, a porta do meu quarto se abre num estrondo e caio da minha cama, desnorteada... 

-- Filha, seu pai sumiu!!! -- disse minha mãe, entrando no meu quarto, de olhos esbugalhados e despenteada...

Depois de um tempo andando em círculos ela saiu do meu quarto.

Olhava em torno de mim e percebi que tudo não passara de um sonho. Enquanto tomava banho pensava no sonho maravilhoso e no meu pai. Eu estava apaixonada e tinha que descobrir o que de fato acontecera com meu pai... meu querido pai.

E uma ideia surgiu na minha cabeça... esperava que ela desse certo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado*--*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...