História A Nossa Mentira - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandeeney, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lucy Ashley, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Personagens Originais
Tags Nalu Gale Gruvia Jerza
Visualizações 225
Palavras 1.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo minna-san...

Quanto tempo não é mesmo? kkkkk

Bom se for pra explicar tudo eu teria que falar mais que o cap hehe então resumindo...tava sem net, depois minha mãe tomou meu pc e o cll...depois ela descobriu que eu tava pegando o cll escondido e me deixou mais um tempão sem pc...ai ag ela me fez trabalhar igual escrava no clube dela....e ag estou eu aqui postando o cap >.<

Bom espero que gostem e comentem o que acharam :)

Capítulo 50 - Capitulo 50


Fanfic / Fanfiction A Nossa Mentira - Capítulo 50 - Capitulo 50

                           Especial Gruvia - A minha Stalker.

 

E mais uma vez lá estava ela, a azulada por trás do poste com seu inseparável casaco e chapéu da cor azul escuro, as botas num tom marrom que ia ate a coxa, o cabelo em um grande cacho enrolado no pescoço, como todo dia no mesmo horário ela estava olhando o mesmo garoto passando.

 

-Gray-sama..- sussurrou enquanto via seu amado passar junto dos amigos.

 

-Haa a erza ta de tpm hoje...so pode.- disse gajeel se escondendo atrás de natsu com medo da carranca de erza.

 

-So foi um dia cansativo no conselho não é mesmo erza?- perguntou levy

 

-Claro, claro...e aquele idiota pervertido tentando me assediar...da próxima vez que o ver vou dar uma surra nele...aquele...-começou a murmurar palavrões e xingamentos.

 

-De quem ela ta falando?- perguntou gajeel

 

-O azulado...que tomou o lugar dela como presidente lembra?- perguntou levy e gajeel acenou confirmando.- Então ...pelo visto ele se interessou pela nossa ruivinha mal-humorada.

 

-Não tem nada de mal-humorada em mim, ele que é um completo idiota.- respondeu a ruiva 

 

-Então erza, minha mãe fez bolo de morango hoje...ela disse pra te chamar, ta afim?- perguntou gray e a ruiva pulou em cima do mesmo o abraçando.

 

-Claro, a sua mãe é tudo, vou estar lá com meu prato a disposição.- riu e continuou andando ainda abraçada ao moreno.

 

-Juvia vai matar a ruiva idiota...quem ela pensa que é pra abraçar o gray-sama de juvia?- perguntou a si mesmo mordendo a barra do casaco.

 

-Ei gray, é impressão minha ou estamos sendo seguidos?- perguntou natsu olhando fixamente pra o lugar onde juvia estaca escondida.

 

-Como sempre voce é muito afiado, realmente tem alguem me seguindo esses dias, mais eu nem ligo.- respondeu o moreno dando ombros.

 

-Como não liga gray?...Pode ser alguem perigoso...voce não vê o perigo que ta correndo?- perguntou levy atordoada.

 

-Isso pode ser verdade mais...mais eu sinto que ela pode não ser tão perigosa assim.- respondeu indiferente 

 

-Ela?- perguntaram todos juntos.

 

-Sim, um dia eu fingi olhar a hora no celular e consegui a ver pelo reflexo, a garota azul.- completou rindo 

 

-A garota azul?...Ela tem a pele azul igual a um smorf?- perguntou levy e gajeel deu uma risada

 

-Não, é porque ela usava um casaco grande azul, seu cabelo era azul e o chapéu que ela usava era da mesma cor, bom de todo jeito eu não consegui a ver por completo.

 

-Talvez uma admiradora?- perguntou gajeel com a mão no queixo pensador.

 

-Ou uma doida que quer te estuprar?- perguntou natsu

 

-Que isso natsu?...não acho que ela queira isso.- disse levy convicta.

 

-Sera que ela é uma stalker boa de cozinha?...Assim voce pode casar com ela gray, ai ela faz bolos pra mim todo dia...- comentou erza fazendo todos rirem.

 

-Haaaa o que eles estão falando?...Eu quero saber, tenho que chegar mais perto.- murmurava a azulada, quando a mesma se virou percebeu que não havia mais ninguem na rua.- Haaa eu perdi eles de vista.

 

-A sensação de estar sendo seguido acabou, acho que ela não esta mais te seguindo gray.- disse natsu 

 

-Talvez tenha perdido a gente de vista, vai saber...- respondeu atravessando a rua junto dos amigos.

 

XXXXXXXXXXX

 

Uma semana havia se passado e juvia continuava seguindo gray onde quer que fosse. O moreno estava andando em direção ao fliperama sozinho com as duas mãos no bolso da calça com a mochila jogada ao lado do ombro, repentinamente parou e se virou, juvia rapidamente se escondeu atras das latas de lixo.

 

-Ei não acha que ta na hora de parar de me seguir não?- perguntou gray olhando fixamente para onde juvia estava escondida.

 

-J-juvia so ta afastando garotas não desejadas de perto do gray-sama.- respondeu com a voz tremula.

 

-Não acha mais eficaz estando ao meu lado?

 

-J-juvia nunca ousaria, so quero ter certeza de que nenhuma garota ira te paquerar.- respondeu novamente a azulada.

 

-Ho entendo, olha uma garota vindo na minha direção agora, acho que ela quer alguma coisa de mim, será meu corpo nu?- disse gray com um claro tom de zombadeira.

 

-Juvia não vai deixar nenhuma rival do amor encostar um dedo sequer no meu gray-sama.- gritou a azulada em pé em frente a lata de lixo com as duas mãos cerradas e os olhos fechados, logo ouviu a alta gargalhada de gray e abriu lentamente os olhos.

 

-Venha, para de andar atrás de mim e ande ao me lado.- disse o moreno pegando a mão da azulada e a puxando para o fliperama.

 

-G-gray-sama...-murmurou e sorriu.

 

Os dois logo entraram no fliperama e compraram varias fichas, jogaram diversos jogos e se divertiram a tarde toda, ao chegar a noite gray levou a azulada ate a casa da mesma que por acaso era bem proxima a sua, apenas uma rua abaixo.

 

-Bom é aqui que nos despedimos certo?- perguntou o moreno sorrindo.

 

-G-gray-sama, m-muito obrigado pelo dia de hoje...juvia realmente gostou...e...e....e se voce quiser...p-podemos repetir..- foi surpreendida por uma abraço.

 

-Idiota, nem se voce dissesse isso, eu ja iria chamar voce.- sorriu e viu a azulada sorrir de volta.-Bom, amanhã voce vai parar de me stalkear na escola e vai sentar junto comigo certo?

 

-C-claro, juvia fica feliz com o convite.- deu um beijo na bochecha do moreno e entrou em casa sorrindo.

 

-Então o gray arrumou uma namorada?- perguntou natsu rindo

 

-Eu acho que deveriamos chamar de ficante...por enquanto hehe.- respondeu levy

 

-Ainda acho que deveria se casar com o bolo de morango.- comentou erza pensativa.

 

-Agora que me livrei de uma stalker apareceu mais três foi?- riu gray ja andando em direção a sua casa com os amigos em sua cola.

 

-Quem diria hein...- murmurou gajeel rindo

 

-Mais me diz gray...foi bom o dia ner?- zombou natsu rindo- Parecia ta se divertindo muito.

 

-Tem alguem apaixonado hehehehe.- concordou levy

 

-Pense pelo lado bom gray, é reciproco.- completou erza

 

-Quando é que vão parar de me encher?- perguntou o moreno parando e encarando os amigos, os mesmos sorriram.

 

-Nunca- disseram juntos.

 

XXXXXXXXXXXXX

 

- Então o que ta esperando para vir andar do meu lado?- perguntou gray do nada enquanto andava para a escola junto dos amigos.

 

-Hãn? Com quem ta falando gray?- perguntou levy

 

-Com ela.- apontou para a azulada ja em seu lado com o rosto corado.

 

-Yoo juvia-chan, eu me chamo levy.- disse levy parando em frente a azulada maior oferecendo a mão, logo foi pega pela mesma.

 

-Prazer l-levy-chan.- respondeu timidamente.

 

-Que isso, pode me chamar de levy, aquela é a erza.- apontou para a ruiva que sorriu e acenou.- E aquele é o natsu- o mesmo balançou a mão rindo.- Aquele grandão é o gajeel.- o moreno mais alto acenou com a cara meio fechada e logo soriu- E agora voce faz parte do nosso grupo, Seja bem-vinda juvia.

 

-O-obrigado.- sorriu e abraçou a pequena.- Juvia fica feliz de conhecer voces.

 

Os três amigos estranharam o jeito estranho de falar mais logo voltaram a caminhar, agora lado a lado com juvia.

 

Ao se passar quase um mês juvia ja era uma amiga para todos eles, ela conheceu mira e laxus, acabou por brigar uma garota do terceiro ano por ela estar paquerando gray, o moreno acabou por discutir com dois garotos pela mesma causa.

 

-Gray-sama porque esta nervoso com a juvia?- perguntou a azulada enquanto seguia o moreno que andava um pouco rapido, seus amigos haviam ficado para tras por perceberem o clima.

 

-Porque? Ora juvia não finja que não viu o garoto te cantando no portão da escola..- respondeu com indiferença.

 

-G-gray-sama, ele pode ate ter me cantado mais eu não dei atenção, toda a minha atenção vai so para voce.- respondeu sem perceber o que tinha falado fazendo gray corar.

 

O moreno parou por alguns segundos e se virou para a azulada, ainda com o rosto corado ele pegou nos dois braços da mesma e a puxou para um abraço.

 

-Então seja minha.- sussurrou fazendo juvia corar e afundar o rosto no peito do mesmo.

 

-S-sim, juvia vai ser toda sua.- respondeu timidamente.

 

-Otimo, agora voce é minha namorada, se algum garoto tentar algo eu meto a porrada.- se soltou da azulada e entrelaçou seus dedos.- Agora vamos ao nosso primeiro encontro como casal oficial.- riu e juvia confirmou sorrindo com um tom avermelhado nas bochechas.

 

XXXXXXXX

 

-Perai perai...não teve nada de romance nesse pedido.- reclamou lucy emburrada.- Pensei que gray fosse fazer algo mais...sei la...tipo romantico.

 

-Eu não tinha ideias ok?...então não reclame, afinal eu nem pretendia pedir ela em namoro...so que fiquei nervoso e acabou saindo, no meu pensamento o pedido era lindo.- respondeu gray virando a cara

 

-Pelo menos meu pedido foi mais..- disse gajeel sendo interrompido por levy

 

-Nem vem inventar, seu pedido não foi nada melhor que o dele...- comentou dando leves tapas no moreno

 

-E voce natsu?...Como voce pediu a lucy em namoro?- perguntou yato fazendo todos que estavam presentes no ônibus encararem os dois sentados um ao lado do outro em um dos bancos do meio.

 

-Eu?- se perguntou o rosado, ai se lembrou que em todos os meses juntos ele nunca havia pedido a loira em namoro.- Ela se confessou e eu aceitei.

 

-So isso?- perguntaram todos juntos.

 

-Sim sim, não so tão romantico assim.- respondeu sem interesse e viu a loira da uma leve risada.- que foi?- perguntou sussurrando a loira que estava deitada em seu ombro.

 

-Nada...é so que falar que voce não é romantico é como se tivesse falando que eu não sou mulher.- respondeu sussurrando 

 

-Idiota, eu não sou tão romantico assim.- apertou as bochechas da loira.

 

-Bakaaa - roubou um selinho do rosado e voltou a se deitar.

 

No banco de trás estava gray olhando para a janela pensativo.

 

-Sera como a juvia ta?- murmurou e logo imaginou ele chegando e a azulada pulando em cima de si gritando seu nome, riu com o pensamento e pegou no sono logo depois.

 

Aquela viajem havia trago muitas coisas, tanto boas quanto ruins, casais apareceram, outros se afastaram e sentimentos vieram a tona, aquele viajem ficaria na mente de todos...como uma linda memoria de seus tempos escolares.

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado >.<

Desculpem pelo cap meio sem sal...ou melhor sem beijo e hentai ner kkkkkk queria fazer algo mais fofo >.<

Bom ate o proximo>.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...