1. Spirit Fanfics >
  2. A Nova Cinderela >
  3. Busca

História A Nova Cinderela - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Penúltimo capítulo da fic!
Boa leitura!

Capítulo 12 - Busca


Fanfic / Fanfiction A Nova Cinderela - Capítulo 12 - Busca

Narração

Soluço e seu pai Stoico,general do exército real,partiram com alguns soldados,em busca da garota misteriosa que dançou com Jack no baile.

O príncipe quis ir nas buscas,mas seu pai não permitiu.

Durante dois dias,várias moças do reino experimentaram o sapato de cristal,mas não coube em nenhuma delas.

Até que a tropa real,chegou em uma certa fazenda.

Pov's Toothiana

Eu e Julianne corremos até a janela.

-AH MEU DEUS!-gritei eufórica.

-MAMÃE!ELES CHEGARAM!-berrou Julianne feliz antes de sair correndo.

Pov's Elsa

Escutei sons fortes de cavalgada e gritos eufóricos de Julianne e Toothiana do andar de baixo.

Quem era?Não me importava.

Fechei os olhos,deixando mais lágrimas descerem pelo meu rosto.

Pov's Gothel

-É um prazer conhecê-lo,General Strondus-sorri educada-Admiro muito a sua família.

-Obrigado-agradeceu ele rapidamente-Qual das moças irá primeiro?

Quando Julianne iria levantar o braço,Tooth o agarrou e ergueu a mão livre,dando um sorriso.

-Eu-declarou.

Pov's Elsa

Soltei um suspiro e enxuguei minhas lágrimas.

Me levantei calmamente da cama e caminhei pelo quarto.

Pov's Gothel

-Não coube,que pena-lamentou Stoico.

-Mas...mas...-Tooth ameaçou chorar.

-Menos Toothiana,menos-pedi-Vamos Julianne,é sua vez.

Pov's Elsa

Fechei os olhos e respirei fundo.

Comecei a me lembrar da minha infância com Anna,da minha noite com Jack no baile,do sorriso do meu pai,da canção que a minha mãe cantava pra mim e para minha irmã...

Abri meus olhos e um pequeno sorriso cresceu em rosto.

Nunca esqueci aquela canção.Ela era muito linda.

Caminhei até a janela e a abri.

Pov's Soluço

Eu e meu pai passamos da porta.

-Obrigado pelo seu tempo madame-disse ele para Gothel-Tenha um bom dia.

Quando começamos a descer as escadas,uma doce voz soou:

-"Há memórias,num lugar...Onde o vento encontra o mar...Durma logo e verá...O rio te leva a se encontrar..."

Me virei para encarar Gothel novamente,que estava mais pálida que o normal.

-Achei que tivesse apenas duas moças nessa casa-comentei arqueando uma sobrancelha.

-E...tem-gaguejou.

-Sério isso?-me aborreci-Queremos vê-la.

-Mas eu...

-É melhor obedecer madame.

Virei-me surpreso vendo um dos soldados retirar o capacete,revelando Jack.

-O que está fazendo aqui?-ri.

-O que acha?Vim atrás da minha garota-respondeu descendo do cavalo e se aproximou-Então...onde ela está?

Pov's Elsa

-"Não deixe o medo atrapalhar,a enfrentar o que o rio trouxer"-cantarolei.

Ouvi a porta se abrir e virei minha cabeça,vendo Gothel e um rapaz de cabelo moreno de olhos verdes na porta.

-Elsa?-perguntou com um sorriso.

Assenti,meio receosa.

-Me chamo Soluço e preciso que venha comigo-relatou.

-Nunca deixará de ser uma criada imunda!-afirmou Gothel irritada.

Caminhei até ela e parei na sua frente,encarando-a bem nos olhos.

-E você nunca substituirá o lugar da minha mãe-rebati fazendo-a arrregalar os olhos-Nem na minha vida,nem na vida do meu pai e muito menos nessa casa.Passar bem...madrasta.

Passei por ela e acompanhei Soluço até às escadas.

Após chegar na sala,avistei Jack de costas e meu coração acelerou.

Foi então que ele se virou,revelando o sapato de cristal nas mãos.

-Oi...-sorriu.

Sorri boba.

-Oi...-eu disse me aproximando-Acho que isso é meu...

-É,acho que sim-comentou risonho-Porque fugiu de mim naquele dia?

Suspirei.

-Porque aquele meu visual foi feito por magia,que durava até meia noite-expliquei-Quando o relógio bateu...

-Você teve que ir-completou-Entendo.

Engoli o seco.

-Sei que...não pareço uma bela garota de vestido deslumbrante agora,mas...

-Pera...-pediu franzindo a testa-Tá brincando né?

Ele deu passos,ficando bem na minha frente.

-Eu me apaixonei por você antes de colocar aquele vestido,Elsa-confessou.

Arregalei os olhos,corando violentamente.

-Bom...que tal você calçar esse sapato para eu poder te levar pra apresentar para minha família?-sugeriu sorridente.

Ri,concordando com a cabeça.

Me sentei na poltrona e Jack se pôs em um joelho só na minha frente.

Ele tirou minha sapatilha velha e surrada,e então,calçou o belo sapato de cristal em um dos meus pés.

Nós dois sorrimos.Ambos sabíamos que nossas vidas nunca mais seriam as mesmas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...