História Save me - Capítulo 9


Escrita por: e Mandswtf123

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Araya, Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Deidara, , Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Karui, Kawaki, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Matatabi, Mebuki Haruno, Mei, Menma Uzumaki, Metal Lee, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Mirai Sarutobi, Mito Uzumaki, Moegi, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sari, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Shino Aburame, Shion, Tamaki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yodo
Tags Amizade, Anorexia, Borusara, Bullying, Depressão, Inohima, Inosai, Lgbt, Mitcho, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Sasodei, Sasusaku, Shikatema, Shikayodo, Yuri
Visualizações 58
Palavras 1.962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Little love


Já é difícil respirar

Meus pulmões final preto e azul

Meu coraçã se parte em dois

Acho que tudo que preciso é de um pouco de amor

Apenas um pouco de amor

Estou preso no espaço e no tempo

Vivi uma vida solitária

Estou tentado sobreviver a ajuda de um pouco de amor

Apenas um pouco de amor

Caminhando por essa estrada 

Não sei que será me guiando 

( James Smith - little love) 

Mei

É sábado, finalmente! Obrigado Deus 

Bom, hoje era Bunka-Bunsei ( festival do trevo no Japão) então Tsubaki não perderia isso por nada. Mas eu realmente não estava muito afim de sai e de casa, 

Eu já tinha acordo a um tempo, mas estava com preguiça de realmente levantar e fazer algo da vida, tipo tomar um banho etc etc. Então estava mexendo no Pinterest do meu celular enquanto dizia pra mim mesma para criar vergonha na cara e ir tomar um banho ( não adiantou nada de quer saber). Enquanto mexia do meu celular, algo me veio a cabeça. Odeio publicações tristes, odeio o fato de que elas parecerem ser feitas pra mim. Suspirei, e joguei meu celular em qualquer canto. Ele já estava 5% mesmo.

Passei um tipo fazendo nada, Quando Ouvir a campainha tocar e me lembrei que meus pais não estavam em casa, então eu era a única pessoa que podia atender. Resmunguei algo pra mim mesma e fui até a porta. Mas quando a abrir tive a surpresa de encontrar quem

- Hotaka!? 

- mei. . . Você vai sair assim? - corei quando lembrei que estava com o cabelo bagunçado e vestido um pijama super infantil e curto, cinza e com desenhos de Panda! 

- n-nao, sair? Que? 

- você não viu? Eu te mandei várias mensagens, dai resolver vim Pessoalmente. 

- meu celular ta descarregado. . . 

- ai meu Deus, você nem sequer comeu nada ainda né? 

- Ham. . . 

- bom - ele coçou a nunca - eu imaginei que você iria passar o final de semana fazendo nada, então. . . Estou te convidando pra sair - sair. . . Essa palavra ficou ecoando por um tempo na minha cabeça e devo ter ficando com a maior cara de paisagem. Foi dai que a ficha caíu, ele estava me chamando pra sair? E eu estou aqui de pijama toda desorientada? E porque eu estou me preocupado tanto com isso?

- ehhh. . . Eu. . . Preciso me arrumar então

- ok eu espero - ele pôs as mãos nos bolsos com uma aparência relaxada 

- n-nao! Quer dizer. . . Ai fora não, vem entra - o puxei para dentro de casa. - fica aí, eu já volto ok? - corre para meu quarto e encarei as roupas no meu guarda roupa, sem saber o que vestir. Acho que era uma das primeiras vezes em que eu realmente estava preocupada com o que ia vestir. . . isso ta mesmo acontecendo? Eu? Preocupada com o que vou vestir? Nah. . . Tá! Talvez um pouco. Vestir uma blusa sem manga roxa, um casaco cinza, calça Jens escura, um colar simples dourado e um tênis branco e cinza. Deixei meu cabelo solto com uma mexa dele presa atrás da orelha com uma presilha. - pronto! Espera, pra onde vamos? 

- é uma surpresa - ele piscou um olho e colocou o dedo em frente a boca - mas você vai gostar 

- ok. . . - entramos que estava estacionado em frente a minha casa. Hotala cochichou para o motorista onde íamos e eu não pode ouvir nada. Esse é o motorista dele? Provavelmente sim. Ao longo do caminho me pergunta porque estava ali, porque eu estava saindo com um quase desconhecido famoso, estrangeiro, rico e bonito e estou levando isso como se fosse a coisa mais normal do mundo? Sinceramente, eu não sei, mas pra falar a verdade não estava muito afim de descobrir. 

Encarei o anel dourado que hotaka tinha me dadono meu dedo anelar, havia esquecido de tira-lo ontem. Depois olhei para a mão do garoto, elas não estavam mais machucadas, o que me lembrou de Luka

- ei Você é o Luka não. . . não brigaram né? - ele demorou um pouco pra responder 

- de onde eu venho à um ditado "con la medida que mides te han de medir" Significa que devemos tratar os outros como gostaríamos de ser tratados, aquele cara só teve o que merecia 

- mas você - ele me interrompeu 

- chegamos! - era um restaurante chamando Amaterasu. O olhei de cima a baixo e observei que era um 5 estrelas. Hotaka entrou no mesmo como se fosse lá todo dia. Ele me contou que seus pais eram amigos dos donos, Karui e chouji Akimichi

E agora,aqui estamos nós, conversando por horas. À umas dias semanas atrás, eu nunca imaginaria que estaria agora rindo e conversando com Hotaka Edwards, um modelo e ator conhecido mundialmente como se fossemos melhores amigos desde sempre. 

- sim! E dai ela simplesmente pegou uma tesoura e cortou um pedaço do meu cabelo! Hahaha

- hahaha que guria doida! 

- ehhh as vezes algumas fãs exageram um pouco. . . Eu realmente entrei em desespero na hora, tipo, a minina era uma doida e estava segurando um tesoura na direção da minha cabeça, vai saber ne? - eun ao conseguia parar de imaginar a cena. É meu Deus, na minha cabeça a cara de desespero do Hotaka era incrível, eu não conseguia parar de gargalhar, fazia tempo que não irá assim 

- hahahaha m-minha barriga ta até doendo haha - ele apoiou o rosto em uma das mãos na mesa e ficou me observando sorrindo - o que foi? 

- nada, só acabei de perceber que nunca te vi rindo 

- b-bom, acabou de ver. . . - quando terminamos de comer ele pegou o celular no bolso - fiz uma lista de coisas que vamos fazer 

- ohh tudo isso? 

- não é só de hoje! São algumas coisas que eu pensei que você tem que fazer antes de completar o ensino médio, minha irmã Maki me ajudou um pouco 

- hm. . . Ei, Hotaka? - ele me olhou -. . . O-o brigada. . . por tudo que você tá fazendo por mim. . . Realmente não precisava. . . Eu. . . 

- ei! Eu to fazendo isso porque EU quero. . . - ele falava numa intensidade tão verídica que não conseguia parar de olha - lo, e ele fazia o mesmo, até que desviou o olhar para algo atrás de mim - O que ta rolando ali atrás? - ei olhei para trás onde tinha uma janela de vidro transparente, de la dava pasa ver moitas pessoas com roupas tradicionais, havia música, dança e muita risada. Isso, meus amigos, era Bunka-busei

- vamos até la! - antes que eu pudesse responder, ele puxou minha mão e correu até lá. 

- ai meu Deus, porque você tá correndo? É só do outro lado da rua! 

- ah sei lá, pra ficar mais empolgante! - ele parou no meio de todo mundo, segurou minhas duas mãos e começou a girar.

- isso nem é dança de verdade! 

- que se foda! - é verdade, nem estávamos dançando de verdade. Apenas nos mechendo r rindo como dias hienas retardadas passando muita vergonha em público, mas mesmo assim. - hahaha essa dança me lembra o carnaval no México!  

- sente a falta do seu país? - ele deu de ombros 

- sim, mas eu vou sobreviver

1 - dançar em público

- e. . . um item da lista riscado - hotaka falou sorrindo marcando algumas coisa no celular. 

- MEU DEUS! eu quero morrer, sério, por favor que ninguém tenha gravado isso - sentei na calçada enquanto ele comprava um sorvete. 

- que? Você estava ótima! - ele riu enquanto me entregava uma casquinha de sorvete de chocolate - não sei o povo, mas EU gravei - ele balançou o celular 

- ah não! Hotaka apaga isso!

- nah! Você estava perfeita olha!- sentir meu rosto esquentar quando ele me mostrou um vídeo de nos dois dançando, que ele provavelmente tinha gravado quando deixou o ceular gravando na calçada. ( ainda bem que não estão no Brasil) 

- Hotaka Edwards eu te odeio, apaga isso pro amor de Deus - tentei pegar o celular da mão dele mas ele erguer a mesma, estando muito alto pra mim alcançar, mas o mesmo deixou sei sorvete pingar no meu rosto. 

Ela riu, e então se aproximou mais de mim e lambeu minha bochecha onde estava com seu sorvete de baunilha. 

- hahaha 

Eu pareço um tomate? Acho que to parecendo um. 

- Ham. . . Ehhh pra onde vamos agora? - tentei mudar de assunto

- ué - ele ergueu uma sobrancelha - me diga você, onde quer ir? Temos o final de semana inteiro! E ainda são. . . 15:30

- hm. . . não sei - parei pra pensar mas não conseguia lembrar de algo que quisesse fazer, ultimamente, além de ler mangá yaoi, óbvio 

- uma coisa que você nunca tenha feito na vida

- Ham. . . Eu nunca andei de montanha Russa, mas parece meio perigoso. . . 

- perigo? Há! Eu rio na cara do perigo! Vamos agora pra um parque de diversões

- agora? 

- sim! - ele sorriu de orelha a orelha, estava Alegre como uma criança que acabara de ganhar o brinquedo que mais queria. Era tão fofo. Corei mais ainda quando ele pegou minha mão e saiu puxando. 

( . . .)  

Bom, ele realmente não estava brincando quando falou "vamos agora". Messe exato momento estou só lado de hotaka encarando uma imensa montanha russa na fila quilométrica dela, perdendo s conta de quantas pessoas nos pararam para falar com o garoto. Engolir o seco quando o carrinho do brinquedo meu mais uma grande volta e ouvir as pessoas gritando eufóricas. Céus o que eu to fazendo aqui? 

- wow é. . . Realmente grande ne? - hotaka coçou a nunca meio inseguro 

- n-não precisamos ir se você nao quiser! 

- eu vou sobreviver, relaxa! Nos vamos nesse brinquedo nem que seja a última coisa que façamos 

- e eu espero que não seja. . .- senti ele colocar a mão no meu ombro 

- vamos, e se der medo, vai com medo mesmo, aquilo que dar um frio na barriga é o que vale a pena - o carrinho parou na nossa frente, entramos e colocamos o sinto de segurança. Começou devagar, uma subida lenta, vagarosa e aterrorizante. Quando chegamos no alto, prestes a descer a toda velocidade, fechei os olhos com força e apertei a mão de Hotakaa, ele deu um sorriso de lado 

- fica tranquila, eu - ele não terminou de falar porque o carrinho começou a descer, muito rápido, meu Deus acho que vou vomitar! 

- HAAAAAAA - segurei com força a barra de segurança 

- UHUUUUU - hotaka gritava com as mãos pra cima - LEVANTA AS MÃOS! 

- NÃO! É MUITO ALTO! HAAAA - quando a última curva enfim acabou, sentir que até meu último fio de cabelo estava tremendo. Desci do carrinho com as pernas bambas, teria caído no chão se hotaka não tivesss segurado meus braços 

- você esta bem?  

- ah s-sim. . . Só um pouco tonta - ri - nota mental: nunca mais chegar perto de uma montanha russa na vida 

- haha 

- o que esta fazendo? - o vi digitar algo no celular 

- só acrescentando a montanha russa na minha lista. . . - me inclinei para poder ler o que estava escrito mas ele não deixou - se você ver tudo que esta nela, não vai ser mais uma surpresa! 

2 - fazer algo que nunca tenha feito antes

Feito! 


Notas Finais


Meu Deus povo
Mei é de peixes
Hotaka é de escorpião
Peixes e escorpião super combinam! Não tem como mano, até a astrologia conspira a favor desses dois


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...