História A nova Geração Milagrosa - Capítulo 35


Escrita por: e pgk

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Alexandra Garcia, Aomine Daiki, Chihiro Mayuzumi, Eikichi Nebuya, Furihata Koki, Himuro Tatsuya, Hiroshi Yamazaki, Hyuga Junpei, Izuki Shun, Kagami Taiga, Kawahara Koichi, Kazuya Hara, Kensuke Fukui, Kentarou Seto, Kise Ryouta, Kiyoshi Miyaji, Kiyoshi Teppei, Kotarou Hayama, Koujirou Furuhashi, Kousuke Wakamatsu, Kuroko Tetsuya, Makoto Hanamiya, Masako Araki, Masaomi Seijuurou, Midorima Shintarou, Mitobe Rinnosuke, Momoi Satsuki, Murasakibara Atsushi, Nijimura Shuuzou, Personagens Originais, Reo Mibuchi, Riko Aida, Sakurai Ryou, Shigehiro Ogiwara, Shiori Seijuurou, Shoichi Imayoshi, Shougo Haizaki, Takao Kazunari, Tsuchida Satoshi, Wei Liu, Yoshitaka Moriyama, Yukio Kasamatsu
Tags Akafuri, Aokise, Kagakuro, Kuroko No Basket, Midotaka, Momoixriko, Murahimu, Shipp
Visualizações 18
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 35 - Tédio


Pov Hiro 


Hoje é sábado, isso quer dizer encontro do Lucas e da Jhenifer, fico me perguntando Kyoto sabe? Acho que sim, ele é o Melhor Amigo da Jhenifer, me pergunto se vai dar tudo certo, eu mesmo me respondo claro que vai, logo logo os dois vai estar namorando, Rio, nesse momento estou na quadra deitado no colo do Saito, ele tava incomodado com o encontro dos dois Pombinhos, é ciúmes de irmão 

Hiro- sossega um pouco, ela não vai deixar de ser sua irmã

Saito- para você falar é fácil é filho único 

Hiro- eu vou te morde 

Saito- que ameaça é essa ?

Hiro- dúvida? 

Saito- claro 

Me sento no seu colo e mordo sua bochecha 

Saito- Aí Hiro 

Hiro- nunca duvide 

Saito- se continuar a fazer isso não me responsabilizo pelos meu atos 

Hiro- é, sabe não quero se responsabilize 

Rebolo em seu membro 

Saito- Hiro você tá brincando com fogo 

Hiro- então quero que ele me queime 

Coloco minhas mãos ao redor do seu pescoço 

Saito- Hiro 

Sorrio assim que sinto o membro do Saito acordar aos poucos, Saito segura minha cintura e se levanta comigo no colo, ele me leva até o apartamento dele, Jhenifer não estava lá, então ele é todo nosso, Saito né leva para a cama dele e me coloca na cama, vai até a porta e a tranca, depois sobe em cima de mim e me beija com desejo, um beijo que não sou retardado em recusar 


Pov Kyoto


Eu estava no tédio, Estava eu e o Daikoi na casa dele, Lucas não estava e não ia voltar tão cedo, eu poderia brincar com o Daikoi, mas não me sinto seguro para isso… quer saber F-O-D-A-S-E eu quero e vou fazer, me sento no colo do Daikoi e beijo seu pescoço, escuto ele arfar com isso, não pude deixar de sorrir contra sua pele, mordi seu ombro, e logo sinto o amiguinho dele despertar, Daikoi segura minha cintura e a aperta me fazendo soltar um gemido baixo em seu ouvido, o que para ele deve ter dado mais incentivo à continuar pois não demorou sem um segundo ele me puxou para um beijo, ele pede passagem e eu cedo, sinto sua língua explorar cada canto da minha boca, ele me deita no sofá e fica por cima, assim que o ar fez presente, ele separa e desabotoa minha blusa e chupa meu pescoço me fazendo soltar um gemido um pouco alto 


Pov Lucas 


Sai de casa cedo, logo fui para um quadra de basquete e fiquei treinando, jogar basquete é uma coisa que me deixa calmo e me faz pensar nas coisas, mas uma coisas estava estranha, sinto que alguém e me observava, paro e fico quicando a bola, olha para o lado e vejo a Jhenifer 

Lucas- Oi Jhenifer 

Jhenifer- Oi Lucas 

Lucas- o que faz aqui 

Ela pega outra bola de basquete e começa a quicar 

Jhenifer- provavelmente o mesmo motivo que você 

Lucas- entendo, não consegue relaxar um pouco 

Jhenifer- sim 

Ficamos em silêncio, eu e ela nos sentamos no chão lado a lado, esse silencia não era incômodo, mas também representava que algo tinha que ser feito, a olho, ela olhava a quadra, como se estivesse imaginando duas pessoas jogando, aproximo minha mão na sua e a coloco em cima, ela entrelaça nossos dedos, sorrio, vejo que não sou o único que não gosto de enrolação, olho para ela e ela também me olha, nos aproximamos e no a beijamos, um beijo lento mas mostrava todo nosso sentimento um pelo outro, quando o ar faltou nos separamos, ela sorri, puta que pariu que sorriso lindo da porra, ela quer me matar assim né? Só pode 

Lucas- Kawai 

Ela cora, gente essa ruiva quer me infartar 

Jhenifer- não sou Kawai 

Lucas- para mim é 

A puxo pela cintura e a beijo, o que foi prontamente correspondido

Lucas- Jhenifer quer namorar comigo?

Jhenifer- quero sim 

Abraço sua cintura, ela abraça meu pescoço, sorrio com isso, ela é incrível, absolutamente incrível, principalmente quando está pensativa, fica tão linda, acho que estou pensando demais nisso, a olho ela possuía um sorriso incrivelmente lindo no rosto

Jhenifer- o que tanto me olha ?

Lucas- como você é absolutamente linda 

Ela ri, que risada boa gente, me apaixonei ainda mais por ela

Jhenifer- Lucas a gente ainda vai na pizzaria ?

Lucas- vamos sim 

Jhenifer- certo 

Sorrio, como eu amo essa ruiva, nós dois ficamos conversando, paramos para jogar um contra o outro, acho que o resultado foi óbvio né? Então não tenho que dizer, depois cada um foi para sua casa, assim que cheguei na minha, fui direto para meu quarto e tomo um banho no banheiro de lá, troco de roupa e escovo meu cabelo, uma coisa que nunca faço, depois pego minha carteira e saio de casa, não tô afim de sabe que o Daikoi e o Kyoto está o fazendo, pelos gemidos já da para saber né? Eles namoraram não posso fazer nada, fui caminhando até a pizzaria não era muito longe, assim que chegou espero um pouco a Jhenifer, o que não demorou nem muito, entramos e fomos para uma mesa pedimos algumas coisas e ficamos conversando, sorrio esse dia foi incrível 


Continua ???



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...