1. Spirit Fanfics >
  2. A nova Guarda Nortuna >
  3. Noite 3: Brincando com a amiga

História A nova Guarda Nortuna - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Nos desculpem pela demora de postar o capítulo, estavamos sem ideias de como continuar a história, alem de sermos um pouco preguiçosos para fazer as coisas hehe
Boa leitura

Capítulo 9 - Noite 3: Brincando com a amiga


Fanfic / Fanfiction A nova Guarda Nortuna - Capítulo 9 - Noite 3: Brincando com a amiga

No caminho até a pizzaria, sinto uma sensação estranha de que alguem está me observando.
Olho para os lados mas não ha ninguem; estava uma noite nublada, e podia escutar o barulho de grilos e insetos nessa noite.
As poucas casas que se encontravam por ali estão escuras, quase parecendo abandonadas(ou realmente estão, porem isso não é muito importante para mim).
Ao chegar no estacionamento do restaurante, cai um raio longe dali, me dando um pequeno susto.
'Vai chover muito essa noite' penso me aproximando da entrada da pizzaria.
Abro a porta sem dificuldades, entro na pizzaria e tranco a porta.
Vou até o salão onde fica o palco, e observo os animatrônics imoveis, encarando o nada.
Meu relógio apita, me falando que era 12:00 da madrugada.
Os animatrônics começam a se mexer um pouco e param, eles olham para mim.
- Oi pessoal - falo
- Ola - diz Freddy e Bonnie
- Oiw - diz Chica com uma voz fofa.
- Está animada, aconteceu algo bom? - pergunto para ela
Ela balança a cabeça acentindo.
- Hoje eu tenho algo para lhe mostrar - diz Chica descendo do palco.
Fico com dúvida, mas ela faz um gesto com a mão para seguir ela.
Eu sigo ela pela pizzaria, olhando para a cabana, Foxy observava tudo com um olhar de gavião, me encarando.
'Espere um pouco, ja estarei ai' falo com a boca.
'É melhor não demorar muito senão te pego com força' ele fala com a boca, irritado.
Chica me leva até o banheiro feminino, encostando a porta. Ela me encara meia sombria.
Olho para ela com dúvida, me perguntando o que ela irá fazer.
Ela se aproxima de mim com a boca entre aberta olhando para meus labios.
A cada passo dela eu recuo, sentindo um pouco de medo.
- O que você vai fazer Chica? - pergunto assustada.
- Nada de mais, só quero brincar um pouco com a minha amiga - diz ela me empurrando na parede.
Ela segura meus braços contra a parede, com o rosto dela a um palmo da minha cara.
- Mas o que...- ela me da um beijo de lingua.
Supresa, encaro ela enquanto a beijo, sentindo meu corpo ficar mais quente. Queria afastar-la, mas meu corpo se rendeu a sensação, e aos poucos paro de pensar em resistir, aproveitando o momento.
Ela solta um dos meus braços e começa a apertar um dos meus seios, arrancando gemidos de mim.
Por me sinto tão bem sendo tocada desse jeito? Coloco minha mão na bochecha dela. Ela apoia a cabeça na minha mão, soltando meu outro braço.
Ela para de me beijar, se afastando um pouco para respirarmos. Recuperamos o folego sem sincronia, nos encarando.
Ela sorria com safadeza, como quem dissesse 'Ainda tem mais'.
Ela abaixa minhas calças junto com a calcinha, se agacha e começa a lamber meu clitoris, fazendo eu revirar os olhos de prazer.
Meu corpo estremecia a cada lambida, enquanto gemia baixo para ninguem escutar.
Parecia tudo uma grande irônia, eu mal conheci esse lugar e ja estava me sentindo em casa. Mesmo sendo um pouco assustador eu não quero sair daqui, é como se algo prendesse meu espirito nesse lugar.
Ela entra com a lingua dela dentro de mim, arrepiando todo o meu corpo.
Nem acreditava que aquilo era real, como tinha conseguido chegar até aqui.
Ela me olhava por baixo enquanto me chupava; estou quase no meu limite.
Ela para e me olha com um sorriso, me vendo ofegar com a lingua para fora da boca, mais um pouco e eu iria gozar na boca dela.
Sinto minhas pernas tremerem, fazendo eu cair de joelhos no chão, Chica me observava enquanto se acariciava, soltando alguns gemidos abafados pela mão na sua boca.
- Deixe...ajuda-la - falo me agachando até a vagina dela que estava bem molhada.
Ela para de ser mastubar, e me olha com prazer:
- Não me deixe esperando, vá em frente - diz ela.
A obedecendo, começo a lamber a sua vagina, fazendo ela gemer.
Nunca tinha feito isso antes então estava preocupada por está fazendo errado, mas ela parece está aproveitando então acho que estou no caminho certo.
Ela coloca uma das mãos dela atrás de minha cabeça, me empurrando mais perto da sua vagina. Eu entendi o que ela queria.
Entro dentro dela, a fazendo gemer mais alto, e aos poucos aumento a velocidade.
Algumas vezes eu podia sentir seu corpo tremer enquanto ela delirava, e isso me fazia querer lamber mais ela.
Eu não conseguia parar, ver-la gemer e delirar de prazer me fazia ir mais rapido e fundo.
Ela empurra minha cabeça contra a sua vagina, gemendo enquanto gozava em minha boca. Tem um gosto doce, e ao engolir era como se tudo parasse e cada segundo de espera tenha valido a pena.
Ela ofegante me encara com um sorriso no rosto.
- Isso....Foi....Divertido - ela fala ofegante.
Alguem bate forte na porta.
- Vocês vão passar a noite inteira trancadas ai? - grita Foxy nervoso.
Me desperto do transe me levantando, vestindo minhas calças.
Chica se levanta colocando o dedo em sua vagina e o levando para a boca.
- Faz um tempo que não me divertia assim - diz ela dando um sorriso.
Forço um sorriso, me indagando se tudo aquilo era real.....eu só queria que eu parasse de pensar muito, ja estava me enchendo o saco.
Eu penso demais nas coisas e isso faz com que eu não aproveite por completo o que eu estou fazendo....é uma tortura para mim.
Chica abre a porta encarando o Foxy, o mesmo olha para mim e logo em seguida para ela.
- O que vocês estavam fazendo? - pergunta ele.
- Nada que te interesse - diz Chica saindo do banheiro.
Saio do banheiro com o Foxy me fritando enquanto eu ando pela sala, até a cabana dele.
- O que vocês estavam fazendo esse tempo todo no banheiro Loby? - pergunta ele sério.
- Nada de mas, apenas coisa de mulher - falo mordendo meu lábio, disfaçando um sorriso.


Notas Finais


Nada a comentar....
Bom dia, tarde, noite ou madrugada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...